Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

Equipe do CRIA-UFJF: destaque e reconhecimento nacional

  Atletas do projeto Centro Regional de Atletismo da Universidade Federal de Juiz de Fora (CRIA-UFJF) alcançaram excelentes resultados e marcas no Campeonato Brasileiro Estudantil, em Brasília.

Luiz Maurício da Silva (Escola Municipal Presidente Tancredo Neves): ouro no dardo, 66,68, recorde do campeonato, 2° melhor marca da América do Sul e terceiro lugar no disco, 56,40, marca que o coloca como 28° lugar no Ranking mundial sub 18.

 “Deu tudo certo. É ter a certeza que vai vencer que dá certo. Consegui o recorde no meu último ano. Essa marca – 66 88 – passa a ser a primeira marca do ranking. Todos vinham me cobrando e eu também. Agora é treinar para o Mundial Sub-20. Dedico aos treinadores, à minha família e ao pessoal de Minas, que me cobrou muito e acabou servindo de incentivo. Não pode sentir a pressão dos adversários. Um abraço ao pessoal do Tancredão”, afirma Luiz Maurício, em entrevista concedida ainda em Brasília, pouco depois da conquista.

Raphaela Diesse (Escola Estadual Fernando Lobo): Campeã do dardo, 52,85, recorde Brasileiro, segunda melhor marca da América do Sul, 29° marca do mundo.

 “Não esperava. Fiquei bastante emocionada. A única palavra que posso dizer agora é gratidão. Quero agradecer aos meus técnicos, meus amigos, direção do meu colégio e as minhas companheiras na prova também, que sempre me apoiaram. Já vinha treinando bastante. Os resultados foram importantes para a gente seguir em busca de novas conquistas”, revela Raphaela, pouco depois da conquista, ainda em Brasília.

 Pedro Henrique de Oliveira: segundo lugar nos 3000m rasos, tempo de 9’08”.

Noemi Alves da Cruz: sétimo nos 3000m rasos, tempo de 11’41”.

João Victor Macedo: terceiro nos 110m c/ barreira, tempo de 14″30

Lucas Dias Pinheiro: quinto lugar nos 100m rasos, tempo de 11:16

Vivian Cristina: quinto lugar no Heptatlo, marca de 4111 pontos

João Victor, Vivian, Noemi, Pedro e Lucas são alunos do Colégio Apogeu.

  “Melhores marcas da vida deles”

 Para o treinador Pablo Ramon Domingos, treinador da UFJF que esteve acompanhado do também técnico da UFJF, Carlos Caetano, na capital federal, “a competição não era o alvo principal da maioria dos nossos atletas, mas  todo mundo acabou melhorando suas marcas. Saldo é bastante positivo e dá para esperar bastante ponto positivo para as primeiras competições da próxima temporada”.

  Pablo reforça: “João Victor, Lucas Pinheiro, Vivian, Raphaela, Pedro Henrique e Luiz Maurício tiveram as melhores marcas da temporada e da vida deles”.

Texto: Ivan Elias – Toque de Bola, com informações de Eric Chaves e da página da CRIA-UFJF no facebook

Veja mais fotos. Clique sobre a imagem para ampliar

s

Deixe seu comentário