Jogos Intercolegiais: chegou a vez das disputas de vôlei e basquete. Veja tabelas

   Conhecida pela tradição de revelar talentos no esporte, Juiz de Fora anuncia para esta semana o início de mais duas modalidades para os alunos que disputam os Jogos Intercolegiais. Na quarta-feira, 18, a bola vai subir para o vôlei e o basquete.

  Vôlei

    O voleibol terá seu jogo de estreia às 19 horas, na quadra do Colégio dos Jesuítas. O time da casa enfrentará a Escola Estadual (E.E.) Antônio Carlos, pela categoria juvenil feminina, em disputa pela chave C.

 

 

Clique aqui e veja  tabela de vôlei dos Jogos Intercolegiais de Juiz de Fora (fonte: SEL)

 Basquete

  Já o basquete terá sua primeira rodada mais cheia. No ginásio do Tupynambás serão disputados cinco jogos nesta quarta:

13h30 – Infantil feminino – Colégio dos Santos Anjos x E.E. “Ali Halfeld”
14h15 – Infantil masculino – Colégio Militar de Juiz de Fora x E.E. “Ali Halfeld”
15 horas – Juvenil masculino – Escola Municipal (E.M.) “Cecília Meireles” x E.E. “Francisco Bernardino”
15h45 – Juvenil feminino – E.E. “Ali Halfeld” x Colégio Militar de Juiz de Fora
16h30 – Juvenil masculino – Colégio Militar de Juiz de Fora x E.E. “Gov. Juscelino Kubitschek”

Clique aqui e veja  tabela de basquete dos Jogos Intercolegiais de Juiz de Fora (fonte: SEL) 

 

  Os Jogos Intercolegiais são promovidos pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), sob coordenação do Departamento de Iniciação, Formação e Rendimento Esportivo. 

 Veja aqui como foram as finais do futsal dos Intercolegiais Juiz de Fora 2017

 Veja aqui como foram as finais da queimada dos Intercolegiais Juiz de Fora 2017

 

Texto com informações e foto enviados ao Toque de Bola pela assessoria da SEL

Edição: Toque de Bola

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário