Tupi carimba vaga para mata-mata a dois jogos do final. Veja todos os números da Série C

Aconteceu o que o treinador do Tupi, Aílton Ferraz, e a torcida carijó esperavam: antes mesmo de entrar em campo, na noite desta segunda-feira, 21h, contra o Volta Redonda, na Cidade do Aço, o Galo de Santa Terezinha já garantiu, com a combinação de resultados, a vaga para o mata-mata da Série C do Campeonato Brasileiro.

  Clique sobre as artes caso queira ampliar a imagem

  A confirmação matemática veio com o empate, na tarde deste domingo, dia 3, por 1 a 1, entre Bragantino e Joinville. Como a equipe catarinense não venceu, não alcançará mais o time juiz-forano, mesmo que este perca os dois compromissos restantes. O jogo final nesta fase está marcado para dia 9, 17h30, em Juiz de Fora, diante do Bragantino.

  O Tupi, portanto, entra em campo já com a vaga assegurada e na expectativa do encerramento da fase de classificação para saber quem será o adversário no mata-mata que já leva o vencedor a uma das vagas para a Série B de 2018.

   Cruzamento

   Pelo regulamento, os quatro primeiros colocados de cada chave se enfrentam – primeiro da Chave A x quarto da Chave B, segundo A x terceiro B, primeiro B x quarto A e segundo B x terceiro A em partidas de ida e volta. Quem ficar em primeiro ou segundo na chave pode decidir em casa.

   “Vítima” rebaixada

   Curiosamente, o clube derrotado pelo Tupi no mata-mata de 2015, o ASA, de Arapiraca, foi rebaixado para a Série D em função dos resultados do fim de semana. Pelo grupo do Tupi, o Mogi Mirim, que quase abandonou a competição, também já está rebaixado

   O adversário do Carijó no mata-mata de 2014, o Paysandu, hoje disputa a Série B.

 

 Veja, abaixo, os jogos programados para a última rodada da fase de classificação (partidas do Grupo B começam às 17h30 e do Grupo A, às 19h30)

 

 Com quem será

   Na Chave A, os quatro primeiros colocados, restando um jogo da penúltima rodada e toda a rodada final, são Sampaio Corrêa, CSA, Fortaleza e Remo. 

  Grupo A: Sampaio Corrêa, 32 pontos, CSA 28, Fortaleza 24, Remo, Confiança e Cuiabá 22, Salgueiro 21, Moto Club 20, Botafogo-PB 18 e ASA 13. 

   Grupo B: São Bento 28 pontos, Tupi 27, Tombense 25, Volta Redonda 24, Ypiranga 23, Botafogo e Joinville 22, Macaé e Bragantino 18 e Mogi Mirim 13.

Veja, abaixo, informações sobre todos os jogos da rodada, segundo o site da CBF:

 

  Domingo – Grupo do Tupi

 

Empate em 1 a 1 entre Bragantino e Joinville assegurou a vaga do Tupi para o mata-mata da Série C

 Bragantino 1 x 1 Joinville

Neste domingo (3), pela 17ª rodada da Série C, Bragantino e Joinville empataram em 1 a 1 no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). O resultado não agradou nenhuma das duas equipes. Com 18 pontos, o time paulista desperdiçou a chance de deixar a zona de rebaixamente e vai decidir a permanência na última rodada. Já o Tricolor se livrou da degola, mas segue distante do G-4. Na sétima posição do Grupo B, os catarinenses estão a dois pontos do Volta Redonda, quarto colocado.

No primeiro tempo, o Bragantino ficou muito perto de sair na frente do confronto, aos 21 minutos, em cobrança de pênalti, mas Anderson Ligeiro acertou o travessão. O Joinville foi mais eficiente e, aos 28 minutos, Grampola abriu o placar de cabeça, 1 a 0. Na volta do intervalo, o time paulista chegou ao empate logo aos dois minutos com Gilberto. Apesar do maior volume de jogo, o Bragantino parou no travessão nos acréscimos com Felipe Silva e não alcançou a virada.

Grupo B – Sábado

O sábado (2) de Série C do Campeonato Brasileiro começou com duas partidas válidas pelo Grupo B. 

Tombense faz o dever de casa e segue na briga pela vaga

  Tombense 2 x 1 Botafogo

No Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG), os visitantes saíram na frente logo aos quatro minutos de bola rolando, com Ronaldo. O Tombense não se abateu e, três minutos depois, chegou ao empate, com gol de Wellington Carvalho. A vitória dos mineiros veio já na etapa final. Aos 23 minutos, Max bateu pênalti com perfeição e garantiu o triunfo.

Com este resultado, o Tombense chegou a 25 pontos e agora é o terceiro colocado. 

Mogi Mirim 3 x 0 Macaé

No Vail Chaves, em Mogi Mirim (SP), com todos os gols marcados já no segundo tempo, o Sapo fez 3 a 0 com facilidade diante do Macaé. Ewerton, aos oito, e Edson, aos 24 e aos 48 minutos, anotaram os gols do duelo.  

Apesar do triunfo, o Mogi segue na última colocação do Grupo B, agora com 13 pontos. O clube do interior do Rio de Janeiro tem 18.

 Grupo B – Sexta-feira

Na noite de sexta São Bento consolidou a vaga

Ypiranga 0 x 0 São Bento

  O São Bento/SP foi o primeiro time do Grupo B classificado para a segunda fase da Série C. Na sexta-feira (1), o Azulão ficou no empate sem gols com o Ypiranga/RS no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS), e garantiu a classificação com uma rodada de antecedência. Com 28 pontos, os paulistas seguem na ponta, mas podem ser ultrapassados pelo Tupi/MG, que entra em campo, pela 17ª rodada, na segunda-feira (4). Com 23, o Ypiranga vai brigar pela vaga na última rodada.

Precisando de um ponto para garantir a classificação, o São Bento valorizou a posse de bola desde o início da partida. Na chegada de maior perigo da primeira etapa, a equipe paulista acertou o travessão com Eder. Já o Ypiranga pouco assustou o gol de Rodrigo Viana. Na melhor chance, Parede finalizou cruzado para boa defesa do goleiro. No segundo tempo, tanto Viana quanto Carlão se destacaram na reta final e mantiveram o placar zerado.

   Grupo A – Domingo 

 Confiança 2 x 0 Fortaleza

  Neste domingo, o Confiança emendou a terceira vitória seguida na Série C no confronto direto com o Fortaleza: 2 a 0 em Aracaju. Com a arrancada, o Dragão colou no G-4 do Grupo A e vai entrar na última rodada com chances de classificação. O triunfo colocou o time sergipano com 22.

   No Lourival Baptista, o Confiança dominou as ações da partida desde o início. O time sergipano saiu na frente aos 35 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento de Radar, Everton abriu o placar de cabeça. Na volta do intervalo, os donos da casa ampliaram aos quatro minutos. O Dragão aproveitou a saída de bola equivocada do Fortaleza e Tito não perdoou, 2 a 0.

Grupo A – Sábado

O Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro tem uma briga boa em termos de classificação às quartas de final. No sábado, foram disputados dois jogos da 17ª rodada. O já classificado Sampaio Corrêa-MA bateu o Remo-PA por 2 a 1 e garantiu a liderança por mais uma rodada. No outro duelo, o Moto Club-MA derrotou o Cuiabá-MT por 1 a 0.

   Remo 1 x 2 Sampaio Corrêa

No Mangueirão, em Belém (PA), Fernando Sobral abriu o placar para o Sampaio aos 13 minutos de bola rolando, em cobrança de pênalti. Na marca dos 30, Jayme balançou a rede e deixou tudo igual para o Remo. Já na etapa final, aos 24 minutos, Uillian marcou para o time visitante e garantiu a vitória maranhense. Enquanto o Bolívia chegou a 32 pontos e segue na liderança, o Remo continua  com 22.

  Moto Club 1 x 0 Cuiabá

No Castelão, em São Luís (MA), foram necessários apenas seis minutos para o zero sair do placar. Diego Renan cruzou a bola na área e Vinícius Paquetá apareceu para garantir o triunfo rubro-negro. Com a vitória, o Moto Club foi a 20 pontos e subiu para o sétimo lugar. O Cuiabá tem 21 e é o sexto colocado.

Grupo A – Sexta-feira

Botafogo 0 x 0 ASA 

Um empate ruim para os dois. Nesta sexta-feira (1), Botafogo/PB e ASA/AL não saíram de campo satisfeitos com o empate sem gols no Almeidão, em João Pessoa, pela 17ª rodada da Série C. O resultado decretou o rebaixamento da equipe alagoana. Já o Belo, com 18 pontos, segue ameaçado.

O jogo começou movimentado com uma bola na trave do Botafogo/PB aos oito minutos. O ASA respondeu aos 13 e Jhulliam obrigou o goleiro Edson a fazer grande defesa. Em casa, o Belo criou as principais chances de gol, mas esbarrou na boa atuação de Carlão e as equipes foram para o intervalo empatadas.

Após a confusão na saída do gramado, Alyson e Fernando Lopes foram expulsos e os times voltaram para o segundo tempo com um jogador a menos cada. O Botafogo/PB seguiu pressionando em busca do gol. Aos 11 minutos, Sapé recebeu na área e quase marcou, mas Carlão operou um milagre e salvou o Asa. Aos 35, foi a vez da zaga alagoana evitar o gol de Marcinho e manter o zero no marcador.

 

Texto: Toque de Bola, com informações do site da CBF

Fotos: Beto Lima/Joinville, Rogério Moroti / Agência Botafogo e Jesus Vicente/São Bento

Edição: Toque de Bola

 

 

Deixe seu comentário