Tupi arranca empate contra o Volta Redonda e mantém vice-liderança

O Tupi foi até o interior do Rio de Janeiro e em partida muito disputada empatou em 2 a 2 com o Volta Redonda, na noite desta segunda-feira, no estádio Raulino de Oliveira.

 Já classificado, o time de Santa Terezinha foi para o intervalo perdendo por 2 a 0, gols marcados por David Batista e Marcelo. Na segunda etapa, o Carijó reagiu. Primeiro Rafael e depois Fernando deixaram tudo igual.

Clique sobre as artes para ampliar a imagem

  Como ficou

  Com o empate, o Carijó se manteve  na segunda colocação, com 28 pontos (mesma pontuação do líder São Bento) e o Volta Redonda  está na terceira, com 25.

  O Tupi encerra sua participação na fase de grupos diante do Bragantino, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Já o Volta Redonda visita o São Bento. Ambas as partidas ocorrem no sábado, às 17h (jogos do grupo carijó seriam 17h30, mas foram antecipados para meia hora antes).

JOGO

A partida começou com as equipes se estudando bastante. A primeira chance foi do Tupi aos 9 minutos. Diego Luis cobrou escanteio e Patrick desviou, mudando a trajetória da bola, e tirando a possibilidade de Bruno Santos, melhor colocado na área finalizar.

Aos 14´ o time da casa chegou pela primeira vez à meta de Paulo Henrique.  Em jogada individual pelo lado esquerdo, Dija Baiano fintou o lateral Lucas e arriscou o arremate, que foi defendido pelo arqueiro carijó sem perigo.

Já classificado, o Tupi se mostrava muito seguro em campo. Apesar de estar atuando fora de casa, o Carijó se postava melhor  e ficava mais tempo com a bola nos primeiro 25 minutos. Diego Luis, Andrey , Bruno Santos e Leandro Brasília eram os principais responsáveis pela boa posse. O Volta Redonda  subiu a marcação e começou a pressionar a saída dos zagueiros do time de Juiz de Fora.

Aos 30´ a equipe do técnico Felipe Surian chegou com perigo. Em cobrança de escanteio, Luiz Gustavo  tentou surpreender  Paulo Henrique com uma cabeçada de fora da área. A bola acabou sendo defendida pelo goleiro.

O time fluminense melhorou e dominou a segunda parte do tempo inicial. Aos 32` lance polêmico. Dija Baiano driblou Patrick e foi derrubado dentro da área. O árbitro Caio Max não teve dúvidas e marcou pênalti.  Na cobrança,  David Batista bateu forte no meio gol, deslocando Paulo Henrique, que optou pelo lado direito.

 Os mandantes continuaram chegando com mais intensidade e o Tupi recuou.  Aos 39` em cruzamento  de Marcelo, a bola cruzou toda a área do Tupi e obrigou Paulo Henrique a fazer boa defesa. Em seguida, no escanteio gerado pelo lance anterior, o mesmo Marcelo subiu mais alto que a defesa Carijó e ampliou para o Esquadrão de Aço.

Em partida bastante “pegada” Tupi e Volta Redonda ficaram no empate

Segundo tempo

Apesar de estar perdendo por dois gols de diferença, o técnico Aílton Ferraz não mexeu na equipe no intervalo. Já Felipe Surian, treinador do Volta Redonda, colocou o volante Pablo no lugar do atacante Luã.

Aos 4´ por pouco o Volta Redonda não ampliou o placar. Em disputa aérea, o zagueiro Luan testou firme e tirou tinta da trave do Tupi. Após o lance, imediatamente Aílton Ferraz colocou os reservas para o aquecimento, e esse mudaria o rumo do confronto.

Mesmo com um volante no lugar de um atacante, o Esquadrão de Aço continuou melhor e com mais intensidade quando tinha o domínio da bola. Aos 13, Aílton Ferraz mudou a postura do Tupi em campo. Sacou os atacantes Marcinho e Ítalo, colocando Johnathan e Rafael. A dupla entrou com gás. Logo no primeiro toque de ambos, Johnathan cruzou e Rafael de cabeça descontou. O Tupi voltou ao jogo.

Aos 18, Pablo, que havia entrado no intervalo, perdeu a cabeça e fez dura falta em Diego Luis. O árbitro não pensou duas vezes e expulsou o marcador. O enredo ficou ainda mais dramático para os mandantes. Aos 23, após cobrança de falta, Fernando subiu mais alto que a defesa do Volta Redonda e empatou a partida.  

Com um a mais, o Galo de Juiz de Fora teve novamente o domínio absoluto da partida. Aílton sacou Marcel e colocou Juninho, deixando o visitante ainda mais ofensivo.

Aos 34, o clima esquentou. Após bola ao chão, Luis Gustavo devolveu a bola para a defesa do Tupi, o atacante Gustavo não entendeu assim: pegou a bola e quase marcou. O clima esquentou entre os treinadores e jogadores.  No lance, Brasília e Diego Luis(Tupi) e Luan e Gustavo (Volta Redonda) levaram cartão amarelo.

Após o ocorrido, o Volta Redonda voltou ao jogo e Dija Baiano teve duas oportunidades de marcar, mas acabou desperdiçando.  

No fim, em contra-ataque, Juninho e Lucas saíram contra apenas um defensor do time da casa. Mas Lucas acabou se atrapalhando na finalização e perdeu a chance do Tupi sair com os três pontos.

Desfecho 

Com o resultado, o Tupi depende apenas de um empate na última rodada diante do Bragantino para garantir a primeira ou segunda  colocação do grupo, o que dá direito de decidir em casa. O Volta Redonda ainda precisa pontuar visando a vaga nas quartas de final. Se empatar, só deixa o G-4 em caso de vitória do Ypiranga por quatro gols de diferença sobre o Botafogo-SP

Entrevista

Após o jogo o técnico Aílton Ferraz falou sobre o  lance polemico do fair-play:

“O que a gente mais trabalha. Nós não temos um psicólogo, mas a gente estuda e o que eu vivi dentro do futebol ajuda bastante. Eu falei para eles na palestra: não vamos perder o equilíbrio. Eu boto 100% em atuar bem está dentro da mente e se você perde o equilíbrio, você perde a razão. Eu vou acertar com alguns que eu acho que passaram do limite, para que a gente não possa mais entrar em uma situação como essa. O atleta deles que fez isso sabe que errou e eu no lugar dele não faria mais isso”

Aílton falou também sobre os volantes. Marcel e Brasília levaram cartões amarelos e entram “zerados” no mata-mata

“Nós não queríamos, porque entramos sem volante nessa última rodada. Vamos ter o Kalu e o Bonilha, que está voltando de contusão. Acho que acabou sendo melhor, porque na próxima fase eles vão entrar zerados e são jogadores que podem fazer falta no mata-mata. Mas nós temos um grupo e ele vai ser testado nessa partida. Muda alguns detalhes, mas não muda a consistência”.

O Tupi voltou

Aílton analisa o desempenho e considerou que o Tupi jogou melhor que nos últimos dois jogos:

“Hoje foi satisfatório. Erramos alguns detalhes que na filmagem eu vou mostrar para eles  e posso dizer que o Tupi voltou. Esse é o time que treinamos desde o começo e fico feliz por isso”

Ficha técnica 

Volta Redonda: Andrey, Luiz Gustavo, Luan, Daniel, João Cleriston, Michel Loures, Djavan, Marcelo, David, Rafael(Gustavo) e Luã(Pablo).

Tupi: Paulo Henrique, Lucas, Patrick, Fernando e Bruno Santos, Marcel(Juninho), Leandro Brasília, Andrey, Diego Luis, Marcinho(Rafael) e Ítalo(Johnatan)

Local: Estádio Raulino de Oliveira-RJ

Gols:  Volta Redonda: David Batista 33  e Marcelo 40° do primeiro tempo

 Tupi: Rafael 15°  e 23° Fernando do segundo tempo

Data: 04/09/2017

Horário:21h

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por: Flávio Gomes Barroca e Vinicius Melo de Lima.

17° rodada da Série C

Público presente: 2.298 (1.898 pagantes)

Renda: R$ 19.295,00

Grupo A

Pela 17ª rodada da Série C, o CSA complicou a situação do Salgueiro na luta pela classificação. Já classificado, o Azulão venceu por 2 a 0 em Maceió, nesta segunda-feira (4), e manteve o Carcará fora do G-4. Na sétima posição com 21 pontos, a um da zona de classificação, a equipe pernambucana terá o confronto direto com o Remo, quarto colocado, na última rodada da fase de grupos. Com 31, o CSA é o vice-líder do Grupo A.

No estádio Rei Pelé, os gols da vitória alagoana saíram ainda no primeiro tempo. Aos 16 minutos, Michel aproveitou bola levantada na área para, de cabeça, abrir o placar, 1 a 0. Aproveitando o bom momento, os donos da casa foram para cima e ampliaram aos 30 minutos. Thales levou vantagem sobre os defensores e tocou na saída do goleiro Mondragon para dar números finais ao jogo, 2 a 0.

 

 

Texto: Ayupe Júnior, estagiário do Toque de Bola, com informações do Esporte Interativo, da Rádio Globo Juiz de Fora e do site da CBF e supervisão e edição Ivan Elias, Toque de Bola

Fotos: globo esporte.com

 

Deixe seu comentário