Jogão no Mineiro de Futsal: veja melhores momentos de Tupi 2 x 2 NAC Muriaé

   Em partida bastante disputada e decidida apenas nos minutos finais, Tupi Futsal e Nacional de Muriaé empataram em 2 a 2 neste domingo, dia 30, no ginásio da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Juiz de Fora e garantiram vaga na próxima fase do Campeonato Mineiro de Futsal do Interior.

   Após empatar a primeira partida em 1 a 1, diante do Clarear- Santos Dumont, o Carijó fez o necessário para avançar de fase e empatou com o Nacional. Como o NAC venceu o Clarear por 8 a 2, o time de Muriaé classificou-se em primeiro. Já o Tupi Futsal somou dois pontos e se garantiu na segunda colocação do grupo.

 Veja vídeo com os melhores momentos de Tupi Futsal 2 x 2 NAC

Cobertura do Portal  de Notícias Toque de Bola, com apoio de Plasc, Prefeitura de Juiz de Fora, Torcedor Esporte Clube e Hiperroll Embalagens

 

   O jogo

   Após o Nacional vencer o Clarear por 8 a 2 e o Tupi Futsal conseguir apenas um empate, a expectativa era de um jogo em que o NAC ditasse o ritmo da partida e o Carijó buscasse os contra-ataques. Porém com a bola rolando, o que se viu foram duas equipes buscando o gol e explorando os chutes de fora da área. O primeiro gol surgiu apenas na parte final da primeira etapa. Em uma blitz do ataque do Nacional, Bruno Campos finalizou e o defensor Carijó, Karlo Correa, acabou colocando o braço na bola, pênalti para os visitantes. Na batida, Rodrigo Gonçalves usou a força e abriu o marcador.

 

Tupi chegou a estar vencendo na segunda etapa

 Tupi reage

     No segundo tempo, o Tupi voltou mais agressivo e chegou a desperdiçar algumas oportunidades claras. O gol de empate Carijó veio com boa jogada de André Luis, que pela ala-direita se livrou da marcação e achou Matheus Macedo livre para empatar a partida. Em seguida, a dupla fez boa jogada novamente. Desta vez Matheus desarmou o adversário e achou André, que bateu cruzado e acertou a trave.

   O Carijó tomou conta da partida, e chegava com muita intensidade. Cabeça teve a chance de virar o jogo, mas desperdiçou uma penalidade para o Carijó. A virada não demorou muito e saiu dos pés de Thiago Inácio. Em jogada individual pelo lado esquerdo, o camisa 13 finalizou com estilo e contou com a falha do goleiro Mário Lucas para deixar o Tupi em vantagem.

   Novo empate

   No fim, o Nacional aproveitou a superioridade numérica, com a expulsão de Thiago Inácio e chegou ao empate com Rodrigo Gonçalves, que marcou seu segundo gol na partida.

 

Treinador Carijó, Henrique Biaggi

 Biaggi:  “Temos que evoluir”

   Henrique Biaggi, treinador do Tupi valoriza a classificação e vê evolução em relação ao primeiro jogo: “Nossa equipe nesta partida teve maturidade suficiente para jogar diante de uma equipe qualificada. Acho que na primeira partida nós nos perdemos psicologicamente. Tivemos as chances de fazer o gol e não aproveitamos. Hoje (domingo) tivemos mais concentração, era um jogo que pedia muita paciência e conseguimos fazer uma partida mais consistente”

   Sobre a próxima fase, o treinador disse que o time tem muito o que evoluir: “Temos que melhorar bastante coisa. Na fase seguinte, com certeza, vamos pegar equipes mais qualificadas e temos boas perspectivas para o restante da competição. Valeu esses dois pontos que fizemos no campeonato, mas temos que evoluir para buscar algo mais no Campeonato Mineiro”.

  Autor de primeiro gol do Tupi no jogo, Matheus Macedo concorda que a atuação de domingo foi superior a de sexta-feira: “Nessa partida nosso time se comportou melhor. Diante da adversidade de ter um jogador expulso, nosso time mandou bem e o empate acabou sendo um bom resultado”.

Treinador do Nacional, Flávio Rebel

  Rebel: “Sonhos maiores”

   Já o treinador do Nacional, Flávio Rebel, destacou que o projeto é novo e que o Campeonato Mineiro é apenas o começo: “Estamos nesse projeto há três meses. Encontramos algumas deficiências e buscamos resolvê-las com reforços. O time treinava duas vezes na semana, e hoje está treinando todos os dias. Antes éramos Muriaé, agora migramos para Nacional, porque nós sonhamos em coisa maiores além de disputar o Campeonato Mineiro. Para começar esse sonho, temos que nos classificar nesta competição”.

   Rodrigo Gonçalves, autor dos gols do Nacional, reforça que o primeiro objetivo foi alcançado: passar de fase. “Sabíamos das dificuldades que encontraríamos diante do Tupi, viemos com o pensamento de fazer o nosso jogo que treinamos. Apesar de todas as adversidades, fizemos uma boa partida e empatamos. O principal objetivo foi alcançado, que era se classificar”

   Entenda o regulamento

  Participam da competição na fase do interior 12 equipes, sendo divididas em quatro grupos:

 A – Associação Futsal Clarear, Nacional de Muriaé e Tupi Football Club.  

 B – Prefeitura Municipal de Itabira, Prefeitura Municipal de Três Corações e Sociedade Esportiva Amigos.

 C – Montes Claros Tênis Clube, Praia Clube e Taguatinga Esporte Clube.

 D – Prefeitura Municipal de Cachoeira de Pajeu, Prefeitura Municipal de Comercinho e Prefeitura Municipal de Padre Paraíso.

 Classificam-se à próxima fase os dois melhores colocados de cada grupo.

Fase semifinal

Serão formados dois grupos, com quatro equipes cada, seguindo a classificação da primeira fase

Chave E: 1º Colocado da Chave A, 1º Colocado da Chave B, 2º Colocado da Chave C e 2º Colocado da Chave D.

Chave F: 1º Colocado da Chave C, 1º Colocado da Chave D, 2º Colocado da Chave A e 2º Colocado da Chave B.

As 2 (duas) equipes classificadas em cada Chave – E e F – formam a Chave G, para disputa da fase final, em sede única a ser definida.

   Classificam para o Estadual os quatro melhores, mais o melhor colocado em índice técnico. Além dos três melhores da fase metropolitana, que conta com: Minas Tênis Clube, Boa Futsal, Minas Náutico, Ferrolho Futsal, Brumadinho, Olympico/Contagem e Prefeitura de Nova Lima.

Veja algumas fotos nos bastidores de Tupi 2 x 2 NAC, jogo disputado domingo, no ginásio da Faefid – UFJF. Se preferir, clique sobre a imagem para ampliar

Texto: Ayupe Júnior, estagiário do Toque de Bola, com supervisão de Ivan Elias, Toque de Bola

Vídeo e fotos: Toque de Bola

 

 

 

Deixe seu comentário