Primeiro Fórum de Futsal de Mulheres: debates, mesa-redonda e até bola rolando

   Falar em futsal, que representa uma paixão nacional, não significa dizer que o acesso ao esporte tem sido igualitário. Para promover a importância da mulher no mercado esportivo e observando equipes juiz-foranas crescendo cada vez mais atuantes dentro do esporte, um time de futsal feminino da cidade de Juiz de Fora, o Tá Joia Futsal Clube, teve a iniciativa de montar o I Fórum de Futsal de Mulheres da UFJF. Com o apoio do Programa de Educação Tutorial PET/Faefid, o evento será realizado nesse sábado, 8 e domingo, 9, de 9h às 20h, na Faculdade de Educação Física e Desporto da UFJF – Faefid.

    Segundo a Diretora de Marketing e Comunicação da equipe Tá Joia, Eveline Amaral, 25, o objetivo do fórum é intercambiar o conhecimento e as experiências dos diversos projetos do futsal de mulheres entre os participantes: “Nós tivemos a ideia do fórum pra ajudar também na visibilidade da mulher no futsal e ser um espaço onde a gente pudesse aliar o conhecimento, aprendizado e integração,” informou Eveline.

   Serão dois dias de integração, palestras, mesas redondas, apresentação de pôsteres, relatos de experiências e, além disso, o fórum ainda conta com a I Copa de Futsal de Mulheres da UFJF, que teve as inscrições encerradas, chegando ao limite máximo de times preenchidos. Seis times foram confirmados nessa primeira edição do fórum. Na Chave A Uldech, Odonto UFJF e Clarear-SD. Na Chave B, Buscapé Sport Club JF, Lastuf e Tá Jóia F.C.  

Acesse aqui a programação completa do Forum

Eveline Amaral e Mariana Novais

Temas diversos

Em entrevista ao Toque de Bola, a Coordenadora Geral do Tá Joia, Mariana Novais, 24, comentou sobre a importância de temas como: Mulheres no esporte, mulheres na arbitragem, preparação geral para o futsal (técnico- tática, físico e psicológico) e os projetos de futsal para mulheres na cidade, serem escolhidos para abordar nas mesas redondas do fórum: “Em Juiz de Fora, a história de que ‘o jogo do homem atrai mais espectadores’ não procede. As mulheres costumam levar mais público aos ginásios. Movimentam torcidas, enfim. E isso deve ser pensado porque infelizmente essas microrrealidades refletem na macro. Enquanto a oferta de campeonatos for maior para homens, mais homens serão vistos, só teremos treinadores, somente os homens terão investimento e então só o futebol/futsal de homens irá crescer,” comentou.

 

As palestras ficarão por conta de:

SELVA BARRETO; Mestre em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

MARIANA NOVAIS; Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora e Coordenadora Geral do Tá Joia Futsal Clube.

LUDMILA MOURÃO; Doutora em Educação Física pela Universidade Gama Filho. Professora do curso de Graduação e Pós-graduação (mestrado) da Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Federal de Juiz de Fora.

BÁRBARA SAAR; Graduanda em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Treinadora Licenciada pela Federação Norte Americana de Futebol e Treinadora do Tá Joia Futsal Clube.

BERNARDO MILOSKI DIAS; Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestrado em Educação Física na área de Controle da Carga de Treinamento pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Doutorado em Educação Física pela Universidade de São Paulo na área de Organização, estruturação, monitoramento e respostas de adaptação do processo de treinamento. Atualmente é professor no Ensino Médio e no Curso de Licenciatura em Educação Física no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus de Barbacena.

MAURÍCIO BARA; Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestrado em Educação Física pela Universidade Gama Filho. Doutorado em Educação Física pela Universidade Gama Filho e Doutorado em Estágio Sanduíche em Psicologia Del Deporte pela Universidade de Las Palmas de Gran Canaria. Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenador do Projeto Voleibol UFJF. Sua linha de pesquisa está direcionada ao treinamento desportivo e ao Controle da Carga de treino.

AUGUSTO LUÍS ARAÚJO; Licenciado e Bacharel em Educação Física pela Universidade Salgado de Oliveira, Universo Juiz de Fora. Pós-graduado em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Treinador de futsal da equipe Sub-20 do Tupi Futsal. Auxiliar técnico da equipe adulta do Tupi Futsal. Professor de Educação Física e Treinador de Futsal na Escola Estadual Professor Teodoro Coelho.  

O I Fórum Futsal de Mulheres da UFJF terá uma mesa redonda destinada aos projetos de futsal de mulheres em Juiz de Fora. Ela será composta por:

Tá Jóia Futsal Clube

Eveline Amaral; Jornalista formada pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora/PUC e estudante de Design Gráfico pelo Centro Universitário Estácio Juiz de Fora. Diretora de Comunicação e Marketing do Tá Joia Futsal Clube.

Marina Loures; Estudante de Educação Física pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). Atleta do Buscapé FC/Sport Club Juiz de Fora Futsal Feminino. Jogou por 2 anos em Pindamonhangaba e 1 ano em São José dos Campos, disputando a Liga Nacional 2011/2012, que é a maior competição de futsal feminino do país. Foi campeã em 2012 do JABS – Jogos Abertos Brasileiros.

Sandra Elizabeth; Bacharel e licenciada em Educação Física pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). Atleta do Clarear / Santos Dumont.

A mesa redonda “Arbitragem de Mulheres no Futsal” será composta por:

Leiliane Gonçalves; Graduada em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Árbitra da Federação Mineira de Futsal desde 2016, formada na Liga Juizforana de Futsal em 2011, formada pela Federação Mineira de Futsal em 2016, com atuação na Copa Bahamas de Futsal entre 2011 e 2015, Copa Orkut e Campeonato SEST SENAT entre 2013 e 2016.

Igor Monteiro; Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora e Bacharel e Licenciado em Educação Física também pela UFJF. Árbitro de futebol 7 pela International Federation of CP Football, árbitro da Liga Juizforana de Futsal e Preparador de goleiras do Tá Joia Futsal Clube.

Karine Godoy; Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora e Bacharel e Licenciada em Educação Física também pela UFJF. Árbitra da Liga Juizforana de Futsal desde 2009, formada na Liga Juizforana de Futsal (2009) com atuação na Copa Bahamas de Futsal entre 2010 e 2016.

Suene Nunes; Graduanda em Educação Física pelo Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais – Campus Rio Pomba. Árbitra de Futsal da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG) desde 2016, formada pela FEEMG em 2016, com atuação nas Ligas de Futsal de Ubá e região.

    

 

Texto:  Toque de  Bola, com reportagem de Elisa ladeira

Fotos: Toque de Bola

Artes:  Divulgação

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário