Com experiência internacional, jovem levantador reforça JF Vôlei no returno da Superliga

   O JF Vôlei conta com um reforço importante para os jogos restantes do returno da Superliga masculina 2016/17: o levantador Rhendrick Resley Rosa, que embora jovem – completará 18 anos  no próximo dia 11 de fevereiro – tem um currículo interessante e com experiência internacional.

   A vinda do atleta é mais um fruto da parceria firmada entre JF Vôlei e Sada, para a disputa da competição nacional.

   Na torcida

    Rhendrick esteve no ginásio da Faefid, da UFJF, na dramática e emocionante vitória do sexteto juiz-forano sobre o São Bernardo por 3 sets a 2, mas ficou na torcida. Não estava entre os relacionados pelo treinador Henrique Furtado. Ele começou a treinar em Juiz de Fora  em janeiro deste ano.

  “É um jogador importante para reforçarmos o grupo. Só não veio antes  porque estava em fase de provas em Belo Horizonte e não queríamos prejudicá-lo”, revela o treinador. 

 

Rhendrick começou em projeto de Bernardinho e tem “bagagem”, mesmo antes de completar 18 anos

 

    Amarelinha nele

    “Eu sou de Curitiba. Iniciei no voleibol no Instituto Compartilhar, que era o projeto do Bernardinho”, conta o jovem levantador.

   “Depois de dois anos, fui convidado a entrar na equipe  AVP-Dental Uni e fiquei lá até 2015. No ano passado, fui convidado a compor a equipe do Sada Cruzeiro para disputar a Superliga B e os campeonatos do ano da categoria”.

    Rhendrick  passou ser convocado para as seleções brasileiras nas categorias de base. “Tive uma passagem na seleção em 2014, com 15 anos, na Seleção Infantil, mas não disputamos o Sul-Americano. Em 2016, com 17 anos, também participei e fui capitão da seleção infanto-juvenil e ficamos em segundo lugar”.

   Agora no JF Vôlei, o levantador cita como companheiros de seleção juvenil o ponteiro Rammé e o central Matheus. Já o oposto Moreno era, na época, adversário, uma vez que defendia a seleção colombiana.

   Três jogos em oito dias

  O JF Vôlei, sexto colocado na Superliga e sério candidato a uma vaga nos playoffs, encara uma sequência de três jogos em oito dias: no sábado, 4, visita Castro (PR),  às 20h; na quarta-feira, 8, recebe Maringá às 19h30;  e no sábado, 11, visita Canoas (RS), às 18h.

Cobertura

 Visite também as nossas redes sociais, com vídeos, entrevistas e conteúdos exclusivos na cobertura diferenciada do esporte local.

 Veja vídeo com Rhendrick, no ginásio da UFJF.

 Acesse aqui a nossa fanpage

Acesse aqui o nosso Instagram

Acesse aqui o nosso Twitter

 

Texto: Toque de Bola

Foto: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 

Deixe seu comentário