Baeta estreia no Módulo II em casa, contra o Social, em 19 de fevereiro. Confira tabela completa

   A Diretoria de Competições da Federação Mineira de Futebol divulgou, na tarde desta quinta-feira, 15, a tabela de jogos e o Regulamento Específico da Competição (REC) do Campeonato Mineiro 2017 – Módulo II. Com a manutenção do sistema de disputa adotado na temporada passada, as 12 equipes participantes foram divididas em dois grupos.
 
Grupo A: Guarani, Nacional (Muriaé), Betinense, Social (Coronel Fabriciano), Tupynambás e Formiga.
 
Grupo B: Boa, Uberaba, Araxá, CAP Uberlândia, CAP Patrocinense e Mamoré.
   
   Estreia em casa
   
   De acordo com a tabela divulgada, o primeiro compromisso do representante juiz-forano será diante da torcida,  em 19 de fevereiro, contra o Social. Os outros quatro jogos programados no primeiro turno envolvendo o Baeta são:
 23/2: contra Formiga, em Formiga ***
1º/3: diante do Betinense, em Sete Lagoas
 5/3: recebe o Guarani, no Estádio Mário Helênio
 12/3: visita o Nacional, em Muriaé.
 
*** Depois que a tabela  da compeetiçãao foi divulgada, o  Formiga informou que não tem disponbilidade financeira para fazeer parte do Módulo II. Até a tarde desta segunda-feira, 19, a Federação Mineira ainda não se pronunciou sobre o tema. 
 
Returno
  No returno, os  jogos são os seguintes:
15/3: Nacional, em Juiz de Fora
18/3:  Guarani, em Dvinópolis
22/3: Betinense, em Juiz de  Fora
26/3: Formiga, em Juiz de Fora ***
1º/4: Social, em Coronel Fabriciano.
 
 
Confira como será a 1ª rodada de jogos do torneio.
 
SÁBADO (18/2)
Betinense x Guarani – 10h – Arena do Jacaré, Sete Lagoas
Araxá x Mamoré – 16h – Fausto Alvim, Araxá
CAP Patrocinense x Uberaba – 16h – Júlio Aguiar, Patrocínio
CAP Uberlândia x Boa – 16h – Parque do Sabiá, Uberlândia
 
DOMINGO (19/2)
Nacional x Formiga – 10h – Soares de Azevedo, Muriaé***
Tupynambás x Social – 11h – Mário Helênio, Juiz de Fora
 
Confira, abaixo, a tabela  divulgada pela entidade:
 
Regulamento
 
   No conselho técnnico ocorrido no último dia 6, estiveram presentes representantes dos doze clubes que disputarão o torneio. São eles: Araxá, Boa, CAP Uberlândia, Mamoré, Formiga, Betinense, Guarani, CAP Patrocinense, Nacional, Social, Tupynambás e Uberaba. 
 
   De acordo com a FMF, o Minas Boca encaminhou documento, informando decisão de não participar da edição do próximo ano. A entidade alega critério técnico por ter convocado o Patrocinense para participar da reunião e integrar o torneio.
 
   O sistema de disputa adotado será o mesmo que foi utilizado no Módulo II de 2016. Na primeira fase, as equipes serão dividas em dois grupos regionalizados, cada um com seis integrantes, realizando jogos de ida e volta.
 
  Classificam-se para o hexagonal final os três melhores clubes de cada chave. O último colocado de cada grupo será rebaixado à segunda divisão mineira.
 
   Na etapa decisiva da disputa, os dois times de melhor campanha sobem para o Módulo I do Campeonato Mineiro.
 
   Base sub-24
 
   Conforme informações da Federação, a competição será disputada na categoria sub-24, com atletas nascidos até 1993. Será permitido que cada equipe registre sete atletas com idade superior a definida no arbitral. Os clubes têm até a data que antecede a primeira rodada do hexagonal final para registrarem novos jogadores, com o limite de 30 atletas inscritos por equipe.
 
   O Módulo II começa em 18 de fevereiro. No dia 20 de maio será conhecido o campeão de 2017 e quem serão as duas equipes que farão parte da elite do mineiro em 2018.
 
Baeta anuncia renovação de contrato do preparador de goleiros Luiz Carlos Laudiosa

  Laudiosa fica

   O Departamento de Futebol confirmou, via assessoria, a primeira renovação visando o Campeonato Mineiro do Módulo II 2017. Trata-se do preparador de goleiros Luiz Carlos Laudiosa, de 31 anos.

   Formado na Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e com pós-graduação no curso Especialização em Futebol, pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). 

  De acordo com informações do Baeta, Laudiosa começou no futebol em 2008, no Sport Club Juiz de Fora. Logo em seguida, foi para o Haiti, onde esteve na Seleção Feminina, Pérolas Negras e Seleção Sub-17. Antes de chegar ao Tupyambás, esteve no projeto do futebol da UFJF e na Ronaldo Academy, em Dubai. 

  – O que pesou em minha renovação foi o sério projeto apresentado pela diretoria do clube, tanto que conquistamos o título logo em nosso retorno ao futebol profissional. Montaram um excelente grupo para a disputa da Segundona Mineira e a expectativa para o Módulo II é ainda melhor. O clube vem dando uma excelente estrutura, que também conta para a renovação – disse Laudiosa.

  

Texto com informações da Federação Mineira de Futebol e da assessoria do Tupynambás

Foto:  Tupynambás/Divulgação

Edição: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

Deixe seu comentário