Boa Esporte, com vitória fora, e ABC, com goleada, estão mais perto da final da Série C

A vitória por 2 a 1 sobre o Juventude, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, deixou o Boa Esporte em boas condições de chegar à final da Série C. O time gaúcho teve sete titulares poupados. A vantagem foi construída logo no início. Felipe Mateus abriu o placar com um minuto de jogo. Logo aos cinco, Daniel Cruz ampliou. O Boa soube administrar bem a vantagem até Sananduva diminuir e dar esperanças de classificação à torcida.

O confronto de volta será no sábado, 22, às 21h em Varginha. Antes disso, o Juventude recebe o Atlético-MG na quarta, 19, às 19h30 no Alfredo Jaconi. A partida é válida pelas quartas de final da Copa do Brasil. No primeiro jogo, o Atlético venceu por 1 a 0 no Mineirão.

Após a partida, o técnico do Juventude, Antônio Carlos Zago, falou sobre a partida: “Foi um péssimo início de jogo e fomos punidos por isso. Depois dos primeiros minutos, conseguimos encaixar melhor o nosso jogo e especialmente no segundo tempo criamos oportunidades para marcar. Descontamos e merecíamos o empate, que infelizmente não veio. Agora, é concentrar para o jogo contra o Atlético e depois voltar a pensar no jogo da volta contra o Boa”, disse em entrevista ao site oficial do Juventude.

Boa pode até perder por 1 a 0 em Varginha que se classifica (Foto: Futura Press/Arthur Dallengrave)
Boa pode até perder por 1 a 0 em Varginha que se classifica (Foto: Futura Press/Arthur Dallengrave)

ABC 4×0 Guarani

Na outra semifinal, o ABC goleou o Guarani em Natal por 4 a 0. A vantagem é excelente e o Bugre tentará revertê-la em casa. O desafio é bem maior do que reverter os 3 a 1 sofridos contra o ASA, no primeiro jogo das quartas de final, quando o time de Campinas venceu por 3 a  0 em casa e ficou com a vaga. Jones Carioca e Lúcio Flávio marcaram duas vezes cada e deixaram o ABC bem próximo da final da Série C. A partida de volta será no domingo, 23, às 21h no Brinco de Ouro, em Campinas.

Geninho, técnico do ABC, comemorou a vitória, mas lembrou que o confronto não está resolvido: “Acho que é uma vitória que não se pode contestar e uma vitória a se comemorar, mas apenas a vitória de hoje. A eliminatória ainda não está definida, pois já vi muita coisa no futebol e temos que ter muito cuidado. Claro que conseguimos uma boa vantagem, não vou ser falso de negar isso, mas temos o exemplo do ASA contra o mesmo Guarani na fase passada. Se tivemos cuidado essa semana, teremos que ter ainda mais para o segundo jogo”, disse o treinador em entrevista ao site oficial do ABC.

Lucio Flávio marcou dois gols pelo ABC (Foto: Divulgação ABC)
Lucio Flávio marcou dois gols pelo ABC (Foto: Divulgação ABC)

 

Texto: Toque de Bola, com informações complementares das assessorias dos clubes.

Fotos: Futura Press/Arthur Dallengrave e Divulgação ABC

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário