Na estreia de Ricardinho, Tupi recebe Brasil e busca novamente iniciar reação contra o rebaixamento na Série B

A tão esperada reação do Tupi poderá ter início contra o Brasil de Pelotas neste sábado, 24, às 18h30, no Mário Helênio, pela 27ª rodada da Série B. O Carijó precisa conquistar mais 21 pontos para atingir os 46 previstos para que um time permaneça na Série B. Dentro dos 12 jogos que faltam, a equipe precisaria de um aproveitamento de 58,33%. O adversário busca permanecer no G4, mas está há três jogos sem vencer e tem campanha razoável fora de casa.

 

tupi-x-pelotas_arte-destacada

Cobertura

O Toque de Bola vai acompanhar o jogo e os bastidores da  partida nas redes  sociais, com apoio de Plasc e Hiperroll Embalagens. Acesse aqui a nossa fanpage (Toque de Bola – Juiz de Fora) ou o Twitter toquedebolajf ou o Instagram toquedebolajf.

   Ricardinho já comandará a equipe

Acreditando na possibilidade de escapar, Ricardinho chegou ao clube na quinta, 22, e já comandou seu primeiro treino, que teve muito mais conversas do que bola rolando. Num coletivo em campo reduzido, o treinador parou muito para dar instruções e corrigir posicionamentos. A novidade foi Renan treinando um pouco mais recuado, quase como um terceiro zagueiro.

O time que iniciou o treinou como titular tinha Rafael, Henrique, Gabriel Santos, Thiago Sales e Luiz Paulo; Renan, Marcos Serrato e Recife; Jonathan, Hiroshi e Otávio. Durante a atividade o técnico colocou Pedrinho e Yago nos lugares de Recife e Otávio. O Tupi ainda tentaria um efeito suspensivo para contar com Giancarlo, suspenso pelo STJD pela expulsão contra o Bragantino. Por isso, Giancarlo entrou no time titular na parte final, no lugar de Pedrinho.

Ricardinho também acredita no início de uma reação já neste sábado: “Expectativa é sempre a melhor possível. Uma estreia numa equipe nova sempre é diferente. Cada clube tem seu ambiente, vive o seu momento. A sua história. Mas nosso grupo é de jogadores que está consciente do que tem que realizar para sair dessa situação. Tem responsabilidade. É um grupo responsável, capaz. Quando você tem isso, você vê trabalho, a possibilidade de ter uma reversão, êxito, aumenta muito. A expectativa é de começar bem no sábado”.

Ricardinho conversou muito com os jogadores durante o treino (Foto: Felipe Couri / Tupi)
Ricardinho conversou muito com os jogadores durante o treino (Foto: Felipe Couri / Tupi)

No primeiro turno

Em 11 de junho, Brasil e Tupi se enfrentaram no estádio Bento de Freitas. O Xavante venceu por 1 a 0 com gol de Felipe Garcia, aos 45 minutos do segundo tempo. A partida marcou a estreia de Estevam Soares no comando do Carijó. A passagem do técnico se encerrou após o empate com o Oeste em 0 a 0 no último sábado, 17.

O adversário

Atualmente na terceira posição com 40 pontos, o Brasil de Pelotas é conhecido por sua força jogando dentro de casa, no estádio Bento Freitas. O Brasil tem a sétima melhor campanha como visitante com 13 pontos em 13 jogos (3V, 4E, 6D), número bem distante das campanhas de alguns dos seus concorrentes diretos pelo G4.

Artilheiro decisivo

O destaque da equipe é o atacante Felipe Garcia, que divide a artilharia da Série B com Nenê, do Vasco, com 12 gols marcados. Essa marca equivale a 41% dos 29 gols marcados pelo Xavante no campeonato. No entanto, já são três jogos sem o artilheiro balançar as redes.

   Momento

A equipe gaúcha já está há três jogos sem vencer: empate contra o Paysandu em Belém, derrota para o Luverdense no Mato Grosso e derrota em casa, de virada, para o Criciúma por 2 a 1. Mesmo assim é o quarto time que mais somou pontos nas últimas dez rodadas, com 17. Para o jogo contra o Tupi, Leandro Leite e Diogo Oliveira estão suspensos.

Apesar do jejum de vitórias, o momento dentro do G4 é considerado bom pelo treinador Rogério Zimmermann: “Sempre digo para os jogadores aproveitarem o dia de hoje. Torço para que as semanas demorem, gosto de curtir os treinos, o campeonato. É importante o objetivo final, mas gosto de aproveitar o caminho, porque se não você fica sempre pensando lá adiante e nunca no presente. É preciso estar preparado”, disse em entrevista ao site oficial do Brasil de Pelotas.

O lateral Weldinho comentou para o site oficial do clube sobre as dificuldades do Xavante não só no jogo anterior, mas em toda a competição: “Desde o começo da Série B foi assim e vai ser até o final, os detalhes definem quem está na ponta de cima ou na ponta de baixo. Não tem partida fácil”.

Juntos na Primeira Liga

Assim como o Tupi, o Brasil de Pelotas é um dos seis novos integrantes da Primeira Liga, junto a Atlético-GO, Ceará, Luverdense e Londrina. O clube busca crescer no cenário do futebol nacional.

Arbitragem

Tupi x Brasil (RS) terá arbitragem de Wagner do Nascimento Magalhães (RJ), auxiliado por Michael Correia (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque.

Veja os jogos da 27ª rodada da Série B, que começou na terça, 20:
27a-rodada_tupi-campeonato-brasileiro-serie-b-instagram

 

Confira a classificação da Série B:

classificacao-campeonato-brasileiro-serie-b

 

Texto: Toque de Bola, com informações do site oficial do Brasil de Pelotas e do site da CBF.

Artes: Toque de Bola

Foto: Felipe Couri/Tupi

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 

Deixe seu comentário