Uberabinha-UFJF comemora dois acessos e um título no Campeonato Mineiro de Base

Enfim, campeões! Na última rodada da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro de base, o time sub-15 do Uberabinha/UFJF venceu, fora de casa, e sagrou-se campeão do estadual. Na categoria Infantil, os atletas fizeram o que podiam e ficaram com o vice-campeonato.

Ambas as equipes estão classificadas para a elite do futebol mineiro em 2017. O feito é inédito para Juiz de Fora.

Equipe Sub-15 do Uberabinha-UFJF: comemoração em dose dupla - título e acesso
Equipe Sub-15 do Uberabinha-UFJF: comemoração em dose dupla – título e acesso

Quem subiu

Além de Uberabinha/UFJF e Desportivo Minas, de Contagem, o Nacional de Muriaé também garantiu vaga na elite do ano que vem.  CGP, Coimbra e Villa Nova foram rebaixados e disputarão a divisão de acesso.

Classificação conjunta é utilizada para definir acessos e rebaixamentos.
Classificação conjunta é utilizada para definir acessos e rebaixamentos.

Azarão

O Uberabinha/UFJF chegou ao último jogo na terceira posição no hexagonal final e com uma difícil missão para ficar com a taça: além de vencer o Athletic, precisava contar com tropeço do Nacional de Muriaé, que jogava em casa contra o Desportivo Minas. E para esses meninos, missão dada é missão cumprida. Vitória por 1 a 0, em São João Del Rei, com gol do artilheiro Max. Ligados às informações do jogo em Muriaé, comemoraram ao saber do empate entre Nacional e Desportivo em 1 a 1.

Sérgio Eduardo, treinador da equipe sub-15, se diz orgulho pela conquista. Ele já trabalha com o futebol de base da cidade há vários anos. “Estou muito feliz e me emocionei ao final da partida. Esse título é fruto de muito trabalho. Treinamos forte desde o início e o resultado veio. Queremos dar continuidade ao projeto e ajudar mais garotos de Juiz de Fora”, contou o técnico campeão.

Uberabinha/UFJF chegou à liderança na última e decisiva rodada.
Uberabinha/UFJF chegou à liderança na última e decisiva rodada.

Por pouco

Antes de começar a rodada, o sub-17 parecia ter maiores chances de chegar ao título. A diferença de um ponto para o líder, todavia, foi mantida. Contra o Athletic, Pedrin marcou duas vezes, ajudou o time a virar a partida e vencer por 2 a 1. Entretanto, em Muriaé o Desportivo não teve dificuldades contra o Nacional e conquistou o troféu após o triunfo por 3 a 1.

Mesmo sem o título, Alex Nascif, treinador do sub-17, está satisfeito com o desempenho do seu time. “Infelizmente não conseguimos a taça, mas a campanha foi muito boa. Terminamos com 70% de aproveitamento e um ponto a menos que o campeão. Vamos continuar trabalhando para ter bons resultados no ano que vem”, avalia.

Por apenas um ponto a equipe sub-17 não ficou com o título do estadual.
Por apenas um ponto a equipe sub-17 não ficou com o título do estadual.

Sequência

O técnico acrescentou que 2016 ainda reserva mais trabalho para o Uberabinha/UFJF. “Nossa ideia é participar de campeonatos regionais e fazer amistosos contra grandes clubes do cenário nacional. Temos alguns contatos com times de Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Assim, pretendemos fazer, ao menos, dois jogos por mês”, explica.

 

Texto: Cérix Ramon, do Toque de Bola, com supervisão de Ivan Elias, do Toque de Bola

Fotos: Divulgação Uberabinha/UFJF

Classificação: Federação Mineira de Futebol

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

Deixe seu comentário