Sem Ademilson e com reforços já integrados, Tupi treina e marca amistoso em Lima Duarte

A semana carijó segue repleta de novidades. Nesta quinta-feira, 16, o Alvinegro juizforano iniciou a intertemporada em Lima Duarte com treinamento em dois períodos comandado pelo técnico Leston Junior sem a presença de Ademilson e com as últimas contratações. Antes disso, na quarta, 15, foi realizada a apresentação de cinco jogadores, um reforço na comissão técnica foi anunciado e o adversário da segunda fase da Copa do Brasil enfim foi conhecido: o Atlético Paranaense.

Intertemporada com amistoso

A delegação carijó ficará hospedada em Lima Duarte até o próximo dia 25. Em meio aos treinamentos programados no estádio José Caldas Pacheco, o Tupi confirmou amistoso contra os donos da casa, a Associação Atlética Lima Duarte (AALD), no domingo, 19, às 10h.

Anúncio de amistoso entre AALD e Tupi no domingo: primeiro jogo-treino carijó mirando a sequência da temporada
Anúncio de amistoso entre AALD e Tupi no domingo: primeiro jogo-treino carijó mirando a sequência da temporada

Furacão na Copa do Brasil

Na noite desta quarta o Alvinegro de Santa Terezinha conheceu o próximo adversário em partida oficial. Pela Copa do Brasil, o Atlético Paranaense passou pelo Remo após empate em 1 a 1 no tempo normal, mesmo placar do confronto de ida, e derrotar os paraenses por 5 a 4 nas cobranças de pênaltis.

O primeiro confronto será em Juiz de Fora e ainda não possui data definida. De acordo com a direção do Tupi, por informações enviadas pela CBF, o clube trabalha com as datas de 22 ou 29 de abril ou ainda 6 de maio para a realização do embate.

Reforço: currículo de peso

O Galo juizforano anunciou na noite da quarta um reforço para a comissão técnica alvinegra de forte currículo. Indicado pelo treinador Leston Junior, o auxiliar técnico Ricardo Leão compõe a lista de profissionais do clube para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro.

Ricardo Leão foto enviada Tupi

Ricardo Leão Andrade tem 32 anos e possui Bacharelado em Educação Física e Mestrado em Ciências do Esporte pela UFMG. É treinador de futebol com Licença A pela CBF, EBF PUC-¬‐MG, e Professor do Curso de Treinadores da CBF -¬‐ Licença C. Foi ainda coordenador de atendimento à Seleção Brasileira de Futebol (Team Liaison Officer ¬‐ Brazil) no Comitê Organizador Local da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

     Como treinador, trabalhou no América de Teófilo Otoni (MG), Uberaba (MG), EC Pelotas (RS) e América (MG). A apresentação do novo auxiliar técnico está marcada para 5 de maio, pois Andrade está a serviço da CBF como administrador da Seleção Brasileira Sub-15 para o torneio das Nações na Itália no período entre 16 de abril à 4 de maio.

 

 

Com o anúncio, a comissão técnica do Tupi fica composta pelos seguintes membros:

Técnico: Leston Junior
Auxiliares Técnicos: Ricardo Leão e Leonardo Devanir
Analista de desempenho: Júlio Cirico
Prep. Físico: Luís Augusto Alvim
Prep. Goleiro: Walker Campos
Fisioterapeuta: Renato Guerra
Médico: José Roberto Maranhas
Massagistas: Créso Cordeiro e Adeil Souza
Mordomo: Celso Boró

Cinco dentro e Noé fora. Silvio deve ser o próximo

Anunciados pelo Toque de Bola como reforços do Tupi para a Série C, cinco atletas foram oficialmente apresentados para a imprensa antes da ida à Lima Duarte. O meia Gabriel Davis, os volantes Rafael Jataí e Vinícius Kiss e os laterais Bruno Ré e Carlos Renato

Novas caras no Tupi (esq. para a dir.): Gabriel Davis, Rafael Jataí, Bruno Ré, Carlos Renato e Vinícius Kiss
Novas caras no Tupi (esq. para a dir.): Gabriel Davis, Rafael Jataí, Bruno Ré, Carlos Renato e Vinícius Kiss

Quem não seguiu com a delegação para a intertemporada e teve saída oficializada foi o volante Noé. Titular com Felipe Surian no início do Campeonato Mineiro, o jogador perdeu espaço com a chegada de Bruno Arrabal e não defende mais as cores do Carijó. Quem está com um pé longe de Santa Terezinha é o zagueiro Silvio. Com propostas, o defensor também não foi para Lima Duarte e deve encerrar sua quinta passagem pelo Tupi.

O lateral-direito Henrique segue concentrado com os atletas do Galo, mas o futuro do jogador, cobiçado após atuações no Carioca pelo Volta Redonda, permanece indefinido.

Ademilson fica em JF

O maior artilheiro do Estádio Radialista Mário Helênio e ídolo carijó, Ademilson, não foi para Lima Duarte. O Toque de Bola entrou em contato com a assessoria do clube que não oficializou o motivo da permanência do atleta em Juiz de Fora, afirmando que a diretoria se manifestará em breve.

 

Texto: Bruno Kaehler

Fotos enviadas pelo Tupi/Divulgação

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário