Desfile de abertura da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal lota ginásio do Colégio dos Jesuítas. Veja galeria de fotos

O desfile de abertura da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal foi um sucesso. Com início por volta das 14h deste sábado, 11, no ginásio do Colégio dos Jesuítas, aproximadamente 500 jovens atletas acompanhados de pais e professores se divertiram em cerca de uma hora de evento que contou com a presença de membros da Prefeitura da cidade, como o Secretário de Esportes, Pastor Carlos Bonifácio. O desfile era obrigatório para as escolas participantes nas categorias iniciante e pré-mirim. Para alegrar ainda mais as crianças, o Power Ranger Verde e palhaços descontraíram a abertura.

Clique aqui para acessar galeria exclusiva de fotos do desfile de abertura da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal feitas pelo portal Toque de Bola.

100_1072
Ginásio do Colégio dos Jesuítas foi todo ocupado por pais, organizadores e equipes participantes da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal

 

Professor ressalta relação entre bairros

Xará do portal, a Escola Toque de Bola, estreante na Copa, foi representada pelo professor Vagner Ivanir Mendes ao lado de seus alunos. Para Mendes, o fundamental nas primeiras experiências esportivas de seus alunos é a construção de uma relação saudável entre crianças de bairros diferentes:  “O mais importante é a socialização entre as crianças principalmente entre os bairros. Hoje vivemos uma violência crescente em Juiz de Fora entre bairros vizinhos e jogando eles conseguem se entender e criar amizades”, pontuou o professor, que ainda resumiu o projeto realizado:

“Procuramos trabalhar a socialização da criança através do futebol. Nossa escola chama Toque de Bola e funciona no bairro Monte Castelo. Temos aulas todos os dias em faixa etárias diferentes, sempre no contraturno da escola. É a primeira vez que participamos e acho a iniciativa da Prefeitura muito importante, porque sabemos que o esporte educa, responsabiliza e a criança tem que estar inserida neste projeto”.

Equipe da Escola Toque de Bola, do bairro Monte Castelo
Equipe da Escola Toque de Bola, do bairro Monte Castelo

Sem videogame e celular

Pais do jovem Paulo Henrique, de 9 anos, Paulo Cesar Barbosa e Mel Rodrigues mostravam, de longe, a animação em poder apoiar o filho na abertura da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal, oportunidade em que o jovem se distanciava do celular e videogame: “Ele já participou no ano passado e sempre acompanho ele nas escolinhas, assim como a mãe dele. Além de estudar bastante, é muito importante que o aluno tenha no esporte uma parte da formação física dele, até porque hoje as crianças têm ficado muito paradas por conta de videogame e celular, por exemplo”, contou Barbosa.

Para o pai de Paulo Henrique, o avanço tecnológico e novas opções de entretenimento dos jovens faz com que a prática de esportes se torne ainda mais indispensável: “Mudou muito da minha época para hoje. A gente vem de uma infância em que não tínhamos nem bola para brincar, fazíamos uma de meia, mas sempre pratiquei esporte. Então temos que dar força para que ele jogue o futebol”, opinou.

Concordando com Barbosa, outro pai presente na abertura da Copa, Márcio da Silveira reiterou ainda a chance do filho, Márcio da Silveira Júnior, de 10 naos, poder jogar bola sem maiores responsabilidades: “Na minha época não pude jogar muito porque tinha que trabalhar, mas graças a Deus posso dar essa oportunidade ao meu filho hoje, que participa pela quinta vez da Copa Bahamas e desde os 5 anos treina no Sport. Hoje em dia a criança tem que estar inteirada no esporte, então temos que incentivar e cuidar dos nossos filhos”, avaliou Márcio da Silveira, que teve seu suporte elogiado pelo filho, que ainda assumiu gostar de jogar em áreas maiores do que as encontradas nas quadras: “Gosto que meu pai venha porque ele me apoia. Prefiro jogar no campo porque tem mais espaço. Sou lateral-esquerdo lá e na quadra gosto de ficar no ataque”.

Da esquerda para a direita: Paulo Cesar, Mel Rodrigues, Paulo Henrique, Marcio da Silveira Júnior e Marcio da Silveira
Da esquerda para a direita: Paulo Cesar, Mel Rodrigues, Paulo Henrique, Marcio da Silveira Júnior e Marcio da Silveira

Campo ou quadra?

Quem também assumiu preferir o futebol de campo ao futsal foram os jovens Pedro Neto e Gustavo Gomes: “Sou lateral-direito e também gosto mais de jogar futebol de campo, mas aqui na Bahamas gosto da torcida que vai nos jogos e dos times diferentes”, relatou Pedro.

Mais contido, Pedro gosta da presença nas arquibancadas nos jogos da Copa
Mais contido, Pedro gosta da presença nas arquibancadas nos jogos da Copa

 

Questionando se apareceria na TV, Gustavo mostrou personalidade perto dos amigos: “Sou meio-campo, gosto de fazer gols e passar a bola para os atacantes. Já participei três vezes e no futsal prefiro jogar na defesa”, descreveu sem rodeios.

Gustavo mostrou personalidade na rápida entrevista
Gustavo mostrou personalidade na rápida entrevista

 

Texto: Bruno Kaehler

Fotos: Toque de Bola

Deixe um comentário