Cruzeiro “alternativo” supera Tupi. Tombense bate Boa e toma 6° lugar do Carijó

O Cruzeiro derrotou o Tupi por 3 a 0 nesse sábado, 28, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio em Juiz de Fora, com transmissão da web rádio Toque de Bola. A partida válida pela quinta rodada do Campeonato Mineiro foi marcada pela escalação de um time alternativo dos visitantes e pelo início avassalador da equipe celeste que abriu dois gols de vantagem antes dos 15 minutos iniciais. Henrique Dourado, Maílson (contra) e Neilton foram os autores dos gols que deram a vitória e a liderança do Estadual para os atuais bicampeões brasileiros.

Também no sábado, mais três partidas foram realizadas, e os resultados do dia não mudavam a classificação carijó, que seguia na sexta colocação. Os resultados foram: Mamoré 1 x 2 Villa Nova, América 0 x 0 Caldense e Democrata-GV 1 x 0 URT. Destaque-se a primeira vitória do Democrata “Pantera” e mais um bom resultado do “leão do Bonfim” Villa Nova, que conta com os ex-carijós Wellington Fajardo, treinador, e Raphael Toledo, jogador.

Na tarde de domingo, dia 1º, o Atlético bateu o Guarani por 2 a 0, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O complemento da rodada ocorreu nesta segunda, 2, às 20h, com uma partida em Varginha entre Boa e Tombense, que terminou com a vitória por 2 a 1 dos visitantes. Esse resultado colocou a equipe de Tombos na sexta colocação com sete pontos, um a mais que o Tupi, que caiu para o sétimo lugar.

Torcida do Cruzeiro compareceu em bom número ao Estádio Municipal Radialista Mário Helênio e viu de  perto os dois gols marcados em apenas 11 minutos de jogo
Torcida do Cruzeiro compareceu em bom número ao Estádio Municipal Radialista Mário Helênio e viu de perto os dois gols marcados em apenas 11 minutos de jogo

  Começo intenso garante vitória celeste

Os 8.307 presentes no Estádio Mário Helênio na tarde de sábado, 28, tinham a expectativa de um bom espetáculo. Durante toda a semana, o Cruzeiro, focado na Libertadores, era esperado com uma equipe mista para o jogo pela quinta rodada do estadual. Na quinta-feira, 26, o treinador Marcelo Oliveira confirmou a equipe alternativa. Com jogadores como o lateral direito Mayke, o zagueiro Bruno Rodrigo e o vice-artilheiro do Brasileirão 2014, atacante Henrique Dourado, o time celeste iniciou o confronto com tudo. Logo aos sete minutos, Bruno Edgar cruzou da direita na cabeça do centroavante celeste. Ele subiu mais que Maílson e se antecipou a Silvio, cabeceando sem chances para Glaysson para marcar seu primeiro gol com a camisa azul: 1 a 0.

Sentindo o bom momento, o Cruzeiro continuou pressionando o Tupi, empurrando o Carijó contra sua meta com passes rápidos e jogadas pelas pontas. Aos 12, Joel dominou na ponta esquerda, foi à linha de fundo e cruzou. Henrique e Mailson disputaram a bola dentro da pequena área e o zagueiro alvinegro acabou tocando contra o próprio patrimônio. Gol contra do time juiz-forano e vantagem de 2 a 0 para a equipe de Belo Horizonte. Aos 15, Judivan fez bonita jogada, driblou o goleiro Glaysson e só não fez o terceiro porque acabou tropeçando na hora de finalizar.

Com o forte calor, o árbitro Flávio Henrique Teixeira optou por fazer uma parada técnica aos 20 minutos e o treinador carijó Felipe Surian aproveitou para passar instruções aos seus atletas. O Cruzeiro diminuiu o ritmo frenético do começo de jogo e o Tupi conseguiu igualar as ações. O zagueiro Silvio se lançou ao ataque e arriscou um chute colocado de fora da área que assustou o goleiro Rafael. Osmar passou a ser mais acionado na lateral direita e numa das chegadas cruzou para Daniel Morais, que recebeu de costas para o gol dentro da grande área, girou e chutou para fora. Com os visitantes administrando mais o resultado e os donos da casa tentando se recuperar, o primeiro tempo chegou ao fim.

  Neilton entra e desequilibra. Mailson é expulso

Surian lançou logo duas substituições para o início da segunda etapa. Mandou a campo o volante Bruno Arrabal e o atacante Rafael Assis nas vagas de Noé e Ygor. O Carijó tentando se recuperar começou pressionado. Daniel Morais arriscou de fora da área e obrigou Rafael a fazer uma bonita defesa. Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro, sacou o lateral Mayke, que estava voltando de lesão, e colocou Fabiano em seu lugar.

Marcelo também mandou a campo o atacante Neilton na vaga de Joel, e logo em sua primeira jogada o ex-Santos tabelou com Judivan pela esquerda em bonita jogada trabalhada, recebeu dentro da área e mandou para as redes, assinalando o seu primeiro gol pelo time celeste e terceiro da partida.  Pouco depois de servir Neilton, o jovem Judivan saiu para a entrada de Gabriel Xavier. Surian “queimou” sua última substituição mandando a campo o meia Marcinho no lugar de Danilo. Os juiz-foranos melhoraram na partida, até que aos 37 minutos, o zagueiro Mailson saiu da defesa e cometeu uma falta dura no meio de campo sobre o lateral esquedo Pará. Cartão vermelho direto para o defensor alvinegro e fim de jogo melancólico para o alvinegro.

  Tupi lamenta erros defensivos

Após a partida, o lateral-direito do Tupi, Osmar, explicou que, em confrontos assim, os detalhes são o que definem o placar e pediu para que os seus companheiros já pensem no próximo adversário: “Em jogo contra time grande, como o Cruzeiro, você não pode errar. São os detalhes que definem o jogo. Mas não tem nada perdido, agora é desligar do Mineiro e se ligar na Copa do Brasil porque quarta temos outra batalha”, declarou, referindo-se ao jogo de quarta-feira, fora de casa, contra o Alecrim (RN), pela primeira fase da competição nacional.

O goleiro Glaysson cobrou mais atenção no setor defensivo e mais atitude com a bola no pé: “Poderíamos ter ganho, mas não conseguimos marcar o time deles. Demos muito espaço e tomamos os gols.Tem que querer jogar, marcar mais de perto, não dar espaço, e com a bola procurar jogar e buscar o gol”, disse.

   Jovens da Raposa esperam ter aproveitado oportunidade

Marcelo Oliveira elogiou a atuação de Henrique Dourado e garantiu que o lateral Mayke será o titular na partida de terça, 3, pela Libertadores diante do Hurácan da Argentina, no Mineirão. Os jovens jogadores que tiveram a oportunidade de atuar revelaram estarem satisfeitos com suas atuações e esperam ter correspondido a confiança depositada:  “Estou procurando aproveitar da melhor forma possível as oportunidades que me são dadas”, disse Judivan.  Neilton reforçou o discurso: “Fico feliz por ter marcado o gol porque trabalhei para ganhar a confiança do Marcelo quando tivesse a oportunidade”.

Com o resultado, o Cruzeiro se tornou o líder isolado do Campeonato Mineiro com 13 pontos. O Tupi está em sexto com seis pontos ganhos.

Confira a classificação (se preferir, clique na imagem para ampliar)

Classificação após a quinta rodada. (Site: Central Brasileirão)
Classificação após a quinta rodada. (Site: Central Brasileirão)

Campeonato Mineiro 5ª rodada

Fichas Técnicas (fonte: site da Federação Mineira de Futebol)

Tupi 0x3 Cruzeiro – Sábado – 28/02 – Mário Helênio – 16h
Árbitro: Flávio Henrique C. Teixeira (CBF/FMF)
Assistente1: Celso Luiz da Silva (CBF/FMF), Assistente 2: Magno Arantes Lira (CBF/FMF)
Quarto Árbitro: Leonardo Rotondo Pinto (FMF), Assessor: Juliano Lopes Lobato

Gols: Henrique Dourado aos 7’1T, Maílson aos 11’1T(Contra), Neilton aos 15’2T (Cruzeiro)

Público: 7.570
Renda: R$ 169.860,00

Tupi: 1-Glaysson, 2-Osmar, 3-Silvio, 4-Maílson, 5-Genalvo, 6-Fabrício Soares, 7-Ygor (19-Rafael Assis no intervalo), 8-Noé (15-Bruno no intervalo), 9-Daniel Morais, 10-Marcos Goiano, 11-Danilo (22-Marcinho aos 24’2T). Técnico: Felipe Surian

Cruzeiro: 12-Rafael, 22-Mayke (23-Fabiano aos 11’2T), 27-Manoel, 4-Bruno Rodrigo, 29-Pará, 15-Willian Farias, 14-Eurico, 31-Bruno Edgar, 16-Judivan (18-Gabriel Xavier aos 22’2T), 7-Joel (35-Neílton aos 14’2T), 19-Henrique Dourado. Técnico: Marcelo Oliveira

Cartões Amarelos:

Tupi: 5 Genavlo

Cruzeiro: 22, 19, 29

Cartão Vermelho

Tupi: 4 Mailson

Atlético 2×0 Guarani
Domingo – 01/03 – Independência – 16h
Árbitro: Jerferson Antônio da Costa (FMF)
Assistente1: Pablo Almeida Costa (Aspirante FIFA/MG), Assistente 2: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)
Quarto Árbitro: Adílio Ribeiro da Silva (FMF), Assessor: Rogério Pereira da Costa

Gols: Jemerson aos 37’1T, Lucas Candido aos 22’2T (Atlético)

Público: 5.216
Renda: R$ 97.915,00

Atlético: 1-Victor, 2-Patrick, 3-Edcarlos, 4-Jemerson, 5-Rafael Carioca, 6-Lucas Candido, 7-Luan, 8-Leandro Donizete, 9-Dodõ, 10-Cárdenas (17-Cesinha no intervalo), 11-Carlos. Técnico Levir Culpi

Guarani: 1-George, 2-Jailson, 3-Marx, 4-Tiago Papel, 5-Jataí (22-João Carlos aos 34’2T), 6-Iago, 7-Fábio Júnior (18-Walterson aos 27’2T), 8-Leandro Ferreira, 9-Marcinho, 10-Michel Cury, 11-Carlos Renato (19-Tardelli aos 13’2T). Técnico: Gian Rodrigues

Cartões Amarelos:  Atlético: 6

Mamoré 1×2 Villa Nova – Sábado – 28/02 – Bernardo Queiroz – 16h

Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel (FMF)
Assistente 1: Frederico Soares Vilarinho (CBF/FMF), Assistente 2: Douglas Almeida costa (FMF)
Quarto Árbitro: Hudson Fernandes da Silva (FMF), Assessor: Antônio William Gomes

Gols: Toledo aos 8’2T e Gabriel Davis aos 39’2T(Villa Nova); Radar aos 34’2T (Mamoré)

Público: 1.030
Renda: R$ 22.560,00

Mamoré: 1-Rafael Boretto, 2-Rodrigo Dias (16-Bruninho no intervalo), 3-Pablo, 4-André Alves, 5-Maxsuel, 6-Bruno Limão, 7-Radar, 8-Charles, 9-Diego Sales (19-João Willians aos 19’2T), 10-Jonatan Reis, 11-Esquerdinha (18-Robertinho aos 40’2T). Técnico: Márcio Pereira

Villa Nova: 1-Thiago Braga, 2-Edvan, 3-Danilo Costa, 4-Cleyton, 5-João Paulo, 6-Toledo (13-Lídio aos 41’2T), 7-Humberto (18-Paulinho aos 36’2T), 8-Michel Eloi, 9-Michel Douglas (17-Rafael Gomes aos 26’2T), 10-Gabriel Davis, 11-Diego Clementino. Técnico: Wellington Fajardo

 

América 0x0 Caldense – Sábado – 28/02

Independência – 18h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG), Assistente1: Marcus Vinicius Gomes (CBF/FMF)
Assistente 2: Marciano Pires de Lima (FMF), Quarto Árbitro: Francielli da Costa Bento (FMF)
Assessor: Rogério Pereira da Costa

Público: 1.876

Renda: R$ 39.445,00

América: 1-João Ricardo, 2-Robertinho, 3-Wesley Matos, 4-Anderson Conceição, 5-Thiago Santos, 6-Bryan, 7-Felipe Amorim, 8-Diego Lorenzi (16-Douglas Dopó aos 33’2T), 9-Rodrigo Silva (18-Rubens aos 23’2T), 10-Mancini (20-Pedrinho aos 12’1T), 11-Sávio. Técnico: Givanildo Oliveira

Caldense: 1-Rodrigo, 2-Jeferson Feijão (14-Feijão aos 36’2T), 3-Marcelo, 4-Plínio, 5-Serginho, 6-Rafael Estevam, 7-Tiago Azulão, 8-Yuri, 90-Luiz Eduardo (19-Cristiano aos 26’2T), 10-Ewerton Maradona (20-Zambi aos 44’1T), 11-Nadson. Técnico: Leonardo Condé

 

Democrata 1×0 U.R.T – Sábado – 28/02 – Mamudão – 19h
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF), Assistente 1: Márcio Eustáquio Souza Santiago (CBF/Especial 1), Assistente 2: Filipe Ramos Santana (FMF), Quarto Árbitro: Márcio Tavares da Silva (FMF), Assessor: Luiz Carlos da Silva

Gol: Paulinho aos 44’2T (Democrata)

Público: 1.042
Renda: R$ 14.892,50

Democrata: 1-Fábio Noronha (12-Eduardo no intervalo), 2-Osvaldir, 3-Ricardo Duarte, 4-Jadson (19-Rodrigão aos 22’2T), 5-Marcel, 6-Júlio César Salvino, 7-Leandro Alves (20-Amilton no intervalo), 8-

Júlio César, 9-João Paulo, 10-Kaio Wilker, 11-Paulinho. Técnico: Gilmar Estevam

U.R.T.: 12-Giulliano, 2-Rafinha, 3-Marcus Vinícius, 4-Martines, 5-Marzagão, 6-Edú Pina (14-Marcel aos 34’2T), 7-Bruno Formigoni (18-Polako aos 19’2T), 8-Dudu, 9-Leandro Love, 10-Júnior Paraíba, 11-Wellington (17-Ramon aos 17’1T). Técnico: Vilson Tadei

Boa Esporte 1×2 Tombense – Segunda-feira – 02/03 – Dílzon Melo – 20h
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (CBF/FMF)
Assistente1: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG)
Assistente 2: Júnior Antônio da Silva (FMF)
Quarto Árbitro: Denisson Eufrásio Domingues
Assessor: Ângelo Antônio Ferrari

 

Gols: Gedeílson aos 3’1T e Betinho aos 37’2T (Tombense); Vini aos 6’2T (Boa Esporte)
Público: 775
Renda: R$ 7.560,00
Boa Esporte: 1-Fernando, 2-Hiltinho, 3-Thiago Carvalho, 4-Everton Sena, 5-Diego Teles, 6-Marinho Donizete (14-Arlan aos 29’1T), 7-Gilson, 8-Leonardo, 9-Daivison (19-Vini no intervalo), 10-Ualisson Pikachu (21-Everaldo aos 27’2T), 11-Natan. Técnico: Ney da Mata

 

Tombense: 1-Darley, 2-Gedeilson, 3-Heitor, 4-Alexandre, 5-Coutinho, 6-Mazinho, 7-Betinho (14-Dejair aos 39’2T), 8-Joilson, 9-Mateus, 10-Luiz Fernando (18-Rafael aos 14’2T), 11-Jean (17-Jonathan aos 11’2T). Técnico: Júnior Lopes

 Veja quais serão os jogos da 6ª rodada ( se preferir clique para ampliar)

Rodada com clássico entre Cruzeiro e Atlético. (Foto: Site Central Brasileirão)
Rodada com clássico entre Cruzeiro e Atlético. (Foto: Site Central Brasileirão)

Texto jogo Tupi: Toque de Bola

Foto: Toque de Bola

Informações e dados sobre o Estadual: portal da Federação Mineira de Futebol

Deixe seu comentário