22 fev 2015

Tupi suporta pressão e vence Democrata-GV por 1 a 0 fora de casa no Mineiro



Com gol do atacante Danilo na etapa inicial e atuação defensiva consistente, o Tupi derrotou o Democrata de Governador Valadares na tarde deste domingo, 22, no Estádio José Mammoud Abbas, por 1 a 0, e voltou a subir na tabela de classificação do Campeonato Mineiro. Foi a primeira vitória fora de casa do Galo Carijó no Estadual, que pulou da 8ª para a 6ª colocação na tabela, com seis pontos ganhos. A Pantera segue na lanterna ainda sem pontuar.

O atacante Daniel Morais ressaltou a importância da vitória no leste mineiro, após resistência juizforana da pressão dos mandantes na etapa final: “Tinha que ser um jogo de total entrega, jogando nessa intensidade. Ficamos felizes com a vitória em um jogo muito difícil porque é sempre complicado derrotar o Democrata aqui. Sabemos que para conseguir a classificação temos que somar pontos em casa e mesmo que seja contra o Cruzeiro temos que buscar pontuar nesse jogo”, avaliou o centroavante, projetando o duelo contra o Cruzeiro pela próxima rodada do campeonato regional, no sábado, 28, em Juiz de Fora, com transmissão da web rádio do Toque de Bola.

Estreante pelo Tupi e substituindo o experiente Genalvo, o volante Bruno Arrabal participou ativamente do gol carijó e comemorou o início promissor com a camisa alvinegra: “Sabemos que a equipe deles viria para o tudo ou nada, mas graças a Deus conseguimos o resultado positivo. Agora é deixar com o professor sobre a vaga e quem ele escolher para jogar vai estar defendendo bem o Tupi”, relatou, com os pés no chão.

Carijó aproveitou adversário pressionado pela situação na tabela e resistiu ao sufoco na segunda etapa

Carijó aproveitou adversário pressionado pela situação na tabela e resistiu ao sufoco na segunda etapa

Felipe Surian colocou o Tupi em campo com Glaysson; Osmar, Sílvio, Mailson e Fabrício Soares; Bruno Arrabal, Noé, Ygor (Paulo Roberto), Ulisses e Danilo (Marcinho); Daniel Morais (Ademilson).

O jogo

As duas equipes não chegaram a finalizar com perigo nos dez minutos iniciais de partida. O goleiro dos mandantes, Fábio Noronha, foi o primeiro a trabalhar, espalmando forte chute do meia-atacante carijó, Ygor, para escanteio, aos 15 minutos. Enquanto a Pantera desperdiçava a posse de bola com muitos erros, o Tupi buscava crescer em campo e aproveitar o nervosismo dos donos da casa, por conta da situação na tabela. Não demorou, no entanto, para Glaysson começar a agir. Em dois lances seguidos, aos 20 minutos, o arqueiro salvou a equipe juizforana de levar o primeiro gol do embate em duas grandes defesas, espalmando para escanteio.
Melhor com a bola nos pés, a Pantera parava as investidas do Tupi com faltas. O árbitro, no entanto, apenas advertia os jogadores verbalmente, sem aplicar cartões. Em jogada bem trabalhada pelos juizforanos, aos 33 minutos, a bola parou em Danilo, que finalizou direto para o fundo das redes, com participação de Bruno Arrabal, abrindo o placar: 1 a 0 Tupi.
O segundo tempo começou com os mandantes mais ofensivos por mudanças efetuadas na equipe, enquanto o Tupi buscava segurar a vitória, sem alterações no time. Empurrado por cantos do torcedor, o Demô ameaçava pressionar e o Carijó recuava, aos poucos, tentando respostas com Daniel Morais nos contra-ataques, sem perigo. A partir dos 20 minutos do segundo tempo, só um time parecia jogar. Enquanto os donos da casa finalizavam sem sucesso, o Galo, sufocado, não articulava jogadas.
Aos 33, Surian promoveu a primeira substituição na equipe, colocando o defensor Paulo Roberto Jr. no lugar do meia-atacante Ygor. Marcinho e Ademilson também entraram no jogo, nos lugares de Danilo e Daniel Morais. Bem postado defensivamente, o Carijó não deixou a equipe mandante se aproximar com constância do gol de Glaysson, outro destaque na partida. Segurando o sufoco, o Tupi chegou ao seu primeiro triunfo fora de casa pelo Mineiro, subindo na tabela e ganhando confiança para o confronto contra a Raposa, em Juiz de Fora, no próximo sábado, 28.

Democrata/GV 0x1 Tupi
Domingo – 22/02
Mamudão – 16h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG)
Assistente 1: Pablo Almeida Costa (Aspirante FIFA/MG)
Assistente 2: Felipe Souza Leal (CBF/FMF)
Quarto Árbitro: Wilson do Carmo (FMF)
Assessor: Luiz Carlos da Silva

Gols: Danilo aos 31’1T (Tupi)

Democrata: 1-Fábio Noronha, 2-Osvaldir, 3-Ricardo Duarte, 4-Leomar, 5-Marcel, 6-Denilson, 7-Júlio Cézar ( 17-Kaio Wilker, no Intervalo), 8-Wanderson (20-Amilton, no Intervalo),9-João Paulo, 10-Paulinho (19-Marcus Vinicius aos 22’2T) 11-Rodrigão Técnico: Gilmar Estevam

Tupi: 1-Glaysson, 2-Osmar, 3-Silvio, 4-Mailson, 5-Bruno, 6-Fabrício Soares, 7-Ulisses, 8-Noé, 9-Daniel Morais (18-Ademilson aos 44’2T), 10-Ygor (13-Paulo Roberto aos 33’2T), 11-Danilo (16-Marcinho aos 38’2T) Técnico: Felipe Surian

Cartões Amarelos:
Democrata: 2
Tupi: 10, 2, 8, 7

Classificação, resultados e próxima rodada (FMF):

class pos jogo

Tupi foi ao sexto lugar na tabela de classificação com seis pontos ganhos

Carijó enfrenta o líder Cruzeiro na quinta rodada do Estadual

Carijó enfrenta o líder Cruzeiro na quinta rodada do Estadual

Além da vitória do Tupi sobre o Democrata, o América venceu o Atlético de virada na Arena Independência e a URT empatou sem gols com o Villa Nova em Patos de Minas.

América 2×1 Atlético
Domingo – 22/02
Independência – 16h
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (CBF/FMF)
Assistente 1: Marconi Helbert Vieria (CBF/FMF)
Assistente 2: Felipe Alan Costa de Oliveira (CBF/FMF)
Quarto Árbitro: Rodrigo Gomes Lúcio (FMF)
Quinto Árbitro: Marciano Pires de Lima (FMF)
Assessor: Giulliano Bozzano

Gols: André aos 13’2T (Atlético); Bryan aos 19’2T e Mancini aos 31’2T (América)

Público: 10.140
Renda: R$ 273.615,00

América: 1-João Ricardo, 2-Patrick, 3-Alisson, 4-Anderson Conceição (13-André aos 41’2T), 5-Thiago Santos, 6-Bryan, 7-Felipe Amorim, 8-Diego Lorenzi, 9-Rodrigo Silva (16-Douglas Dopô aos 36’2T), 10-Mancini, 11-Henrique (14-Robertinho aos 14’2T). Técnico: Givanildo Oliveira

Atlético: 1-Victor, 2-Carlos César, 3-Tiago, 4-Edcarlos, 5-Pierre, 6-Emerson Conceição, 7-Cesinha, 8-Josué (17-Danilo Pires aos 34’2T), 9-André, 10-Cárdenas (18-Dodô aos 23’2T), 11-Carlos. Técnico: Levir Culpi

Cartões Amarelos
América: 2, 6, 9, 5
Atlético: 8, 11, 3, 2, 4, 6

URT 0x0 Villa Nova
Domingo – 22/02
Zama Maciel – 16h
Árbitro: Ronei Cândido Alves (FMF)
Assistente 1: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)
Assistente 2: Leonardo Henrique Pereira (FMF)
Quarto Árbitro: Francielli da Costa Bento (FMF)
Assessor: Juliano Lopes Lobato

Público: 1.734
Renda: R$ 19.720,00

URT: 1-Mateus, 2-Rafinha (14-Iran aos 25’2T), 3-Marcus Vinícius, 4-Martinês, 5-Marzagão, 6-Edú Pina, 7-Bruno Formigoni, 8-Ramon (19-Robson aos 28’2T), 9-Leandro Love, 10-Júnior Paraíba (18-Polako aos 20’2T), 11-Wellington. Técnico: Vilson Tadei

Villa Nova: 1-Thiago Brava, 2-Edvan, 3-Danilo Costa, 4-Cleyton, 5-João Paulo, 6-Toledo, 7-Marcelo Rosa (18-Paulinho aos 24’2T), 8-Michel Eloi, 9-Michel Douglas (19-Rafael aos 27’2T), 10-Gabriel Davis (16-Humberto aos 39’2T), 11-Diego Clementino. Técnico: Welington Fajardo

Cartões Amarelos
URT: 10, 6, 4
Villa Nova: 8, 5, 11, 7

 

Texto: Bruno Kaehler com informações da FMF, CBN Juiz de Fora e Rádio Globo Juiz de Fora

Foto: Ricardo Wagner


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


09 nov 2018
Cesta! Encontro na Faefid e semifinal da Liga agitam basquete em JF

09 nov 2018
Pedido de ajuda! Tupi Futsal faz evento para levantar fundos

08 nov 2018
Em quadra! Pautando o Esporte traz Tupi Futsal e tradição da modalidade

08 nov 2018
Centenária! Liga de Futebol de JF é destaque no Pautando o Esporte

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse