Para entrar na história, Tupi recebe Paysandu valendo vaga na Série B. Toque transmite

Enfim é hora da partida mais aguardada por torcedores e delegação carijó na temporada. Neste sábado, às 16h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, o Tupi encara o Paysandu precisando vencer para conquistar a tão sonhada vaga na Série B do Campeonato Brasileiro. A primeira partida das quartas de final da Terceirona, em Belém (PA), terminou com vantagem bicolor, placar de 2 a 1.

jogo tem transmissão pela web rádio do Toque de Bola, com informações a partir de 14h direto do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.   O torcedor pode acompanhar em casa, na rua ou no estádio, diretamente pelo Portal. Celular e/ou dispositivo móvel com internet acessam a transmissão com facilidade. Link:  www.toquedebola.esp.br/radio

“É um jogo de decisão onde temos que buscar o gol e ter cuidado no aspecto defensivo. Não avançar de qualquer maneira e ceder espaços, que é o que eles querem por ter um contra-ataque muito forte. Caso a gente consiga marcar logo no início não vamos nos acomodar com 1 a 0, porque é perigoso. Se fizermos no fim, claro que teremos de administrar, mas não podemos deixar de buscar o ataque”, projetou o técnico do Tupi, Léo Condé, após o último treino realizado no palco da decisão do sábado.

Artilheiro do Tupi na Série C com seis gols, Chico é uma das armas carijós para conquistar o acesso
Artilheiro do Tupi na Série C com seis gols, Chico é uma das armas carijós para conquistar o acesso

  Tupi joga por vitória simples

Só a vitória interessa ao time juizforano. Tendo perdido a primeira partida por 2 a 1 em Belém (PA), o Galo Carijó crava o acesso se vencer por 1 a 0, por conta do maior número de gols feitos fora de casa. Qualquer vitória alvinegra por dois ou mais gols de diferença também leva o Tupi à Série B. Se a partida terminar em 2 a 1 para os mineiros, a decisão será definida em cobranças de pênalti. Em caso de vitória do Tupi por um gol de vantagem, mas com o Paysandu balançando as redes duas ou mais vezes (3 a 2 ou 4 a 3, por exemplo), a vaga na Segundona vai para os paraenses

 Prováveis escalações

O comandante carijó, Léo Condé, não confirmou a escalação do Tupi, tendo fechado, inclusive, treino para a imprensa na quinta-feira, 23. O zagueiro Wesley Ladeira se recupera de lesão grau um na panturrilha esquerda e deve estar em campo. Gustavo e Genalvo brigam por vaga no meio e Élder Santana pode dar lugar à Douglas na frente. Desta forma, a formação do Tupi contra o Paysandu deve ter Rodrigo; Henrique, Wesley Ladeira, Fabrício Soares e Raphael Toledo; Genalvo (Gustavo), Léo Salino, Maguinho e Ewerton Maradona; Chico e Élder Santana (Douglas). Já o Paysandu, comandado por Mazola Júnior, sem Augusto Recife e Zé Antônio suspensos, deve entrar em campo com Douglas; Charles, Fernando Lombardi e Pablo; Yago Pikachu, Ricardo Capanema, Lenine, Airton e Heverton; Bruno Veiga e Ruan.

Volante Gustavo pode ser novidade na equipe que entra em campo no sábado
Volante Gustavo pode ser novidade na equipe que entra em campo no sábado

  Mogi Mirim é o primeiro na Série B e aguarda vencedor de confronto do Tupi

Foi conhecido nesta sexta-feira, 24, o primeiro clube a garantir o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. O Mogi Mirim-SP, vice-colocado no grupo do Tupi, carimbou presença na Segundona de 2015 após empatar sem gols, no Romildo Ferreira, partida contra o Salgueiro-PB. O jogo de ida entre as duas equipes terminou em 1 a 0 para os paulistas, garantindo o acesso ao Mogi. Nas semifinais o Sapão enfrenta quem passar do duelo entre Tupi e Paysandu.

  Confira os horários e datas das partidas das quartas de final da Terceirona:

Sexta-feira, 24: 16h – Mogi Mirim-SP 0x0 Salgueiro-PB – Romildo Ferreira (jogo de ida: Salgueor 0x1 Mogi)

Sábado, 25: 16h – Tupi x Paysandu – Mário Helênio (jogo de ida: Paysandu 2×1 Tupi)

19h – Fortaleza-CE x Macaé-RJ – Castelão (jogo de ida: Macaé 0x0 Fortaleza)

21h30 – CRB-AL x Madureira-RJ – Rei Pelé  (jogo de ida: Madureira 1×2 CRB)

 

Texto: Bruno Kaehler

Fotos: Toque de Bola

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário