Pedrinho, “o mito”, e Isabelly são destaques na Corrida Infantil da Saúde Suprema

  Com cobertura do Toque de Bola, a Corrida Infantil da Saúde Suprema trouxe cerca de 200 crianças de seis projetos sociais de Juiz de Fora e região, revelando atletas jovens e talentosos, mas levando consigo uma confiança de gente grande. É o caso de Pedro Henrique de Oliveira e Isabelly Cedrola de Souza, presentes na faculdade da Suprema no sábado, 29, repletos de vontade de correr. As crianças  participaram de provas de acordo com sua faixa etária: 50 metros para crianças de 5 anos; 100 metros para crianças de 6 e 7; 200 metros para crianças de 8 e 9 anos; 300 metros para crianças de 10 e 11 anos; 600 metros para 12 e 13 anos e 800 metros para adolescentes de 14 e 15 anos. 

Veja as fotos da Corrida Infantil e 3ª Corrida da Saúde Suprema/Prefeitura de Juiz de Fora:

Infantil – parte 01 / parte 02 / parte 03

Adulta

Com apenas 12 anos, Pedro surpreende os amigos e quem o acompanha nas provas. De infância humilde, é atleta da equipe do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo da Universidade Federal de Juiz de Fora, o Cria-UFJF. Franzino, corre desde os dez anos e é muito popular entre os amigos, além de não ser batido facilmente na sua categoria, o que lhe fez receber o apelido de  “mito”. Um dos corredores da etapa de abertura do Ranking, Pedrinho mostrou confiança e personalidade antes de sua participação na prova.

“A ideia é correr para ganhar, o percurso é fácil, muito tranquilo”, disse. E a falta de modéstia fez sentido, assim como o apelido foi justificado.  Fim de prova, e Pedrinho, “o mito”, venceu com boa folga na sua categoria e confirmou a fama de imbatível. Com o gosto pelo esporte já adquirido, o menino confirmou que deseja estar presente em todas as etapas do Ranking.

Leia também: Eberth e Amanda vencem 3ª Corrida da Saúde Suprema na abertura do 28º Ranking. Veja resultados

Equipe Super Amigos comemora 24 anos com pódio. Veja todos os campeões do Ranking, desde 1987

Confira os resultados por faixa de idade da 3ª Corrida da Saúde Suprema/Prefeitura de JF

Pedrinho, "o mito", ao lado de um dos treinadores do projeto
Pedrinho, “o mito”, ao lado de um dos treinadores do projeto Cria-UFJF, Phelipe Castro

Corrida é coisa séria

Outro destaque da Corrida Infantil foi Isabelly, de apenas sete anos. Desde os quatro competindo, a brincadeira de corre-corre virou hábito e ganhou um pouco de responsabilidade. Isabelly morava com a mãe nos Estados Unidos e afirmou que pretende participar de todas as provas do Ranking de Corridas Rústicas de Juiz de Fora. Para a pequena atleta, o percurso de 600 metros é muito pequeno, já que está acostumada e queria desafios maiores. Isabelly completou os 100 metros de sua prova em primeiro lugar, com muita folga e estilo, mostrando que está preparada para correr também atrás do sonho: ser uma corredora profissional.

 

Mesmo nova, Isabelly já tem experiência de correr fora do país e também conquistou o primeiro lugar em sua categoria
Isabelly venceu a corrida em sua categoria com folga

Texto de Thiago Amaral com informações complementares da SEL

Fotos: Toque de Bola

 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário