Sem perder há três jogos, Taubaté quer vaga no G8

Demorou cinco rodadas para que o Funvic/Taubaté fizesse os seus primeiros pontos na Superliga. Para quem não lembra, foi no dia nove de novembro, no Ginásio do Abaeté, na vitória de virada por 3 a 1 sobre o time da UFJF. Agora, em situações diferentes na tabela, as duas equipes voltam a se enfrentar, neste sábado, 1º, às 18h, na Arena UFJF. O Taubaté ocupa a décima posição com 12 pontos, seis a menos que o oitavo São Bernardo. Já a Federal é lanterna com 10.

 A rádio web do Toque de Bola anuncia super cobertura de UFJF x Taubaté neste sábado, a partir de 17h, direto do ginásio da Faefid, com todas as informações de Tupi x Minas Boca pelo Estadual de Futebol, direto do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

  Link da rádio web: 

http://www.toquedebola.esp.br/wp-content/themes/portal-toque/nas-ondas-do-toque.html

Mudanças no time

Na temporada passada o time representou Pindamonhangaba e neste ano se transferiu para Taubaté, após conquistar o acesso à Superliga. Fora feitas mudanças no grupo e a contratação de alguns novos atletas.

O principal nome contratado foi o do ponteiro Giba. O campeão olímpico estava no Drean Bolívar da Argentina e chegou para ser a referência do time na temporada. Porém, a sua participação no time durou pouco mais de um mês.  No dia 21 de novembro, o ponteiro anunciou que tinha rescindido o seu contrato com o clube do interior de São Paulo e que iria jogar em uma equipe dos Emirados Árabes Unidos. Giba fez apenas cinco partidas pelo Taubaté antes de anunciar sua saída. O ponteiro pouco conseguiu fazer para impedir cinco derrotas na Superliga, para Sesi, Sada/Cruzeiro, RJX, Montes Claros e Moda/Maringá. A equipe até aquele momento só havia vencido quatro sets: um contra o Cruzeiro e três na vitória sobre a UFJF.

Depois da saída de sua principal contratação, o time ainda sofreu mais seis derrotas e somou só um ponto, na derrota por 3 a 2 para o Vôlei Brasil Kirin.

O início da reação

O Taubaté começou a reagir na competição em 28 de dezembro, quando venceu no tie-break o vice-líder Sada/Cruzeiro, no Ginásio do Abaeté. Depois foram mais duas vitórias: contra o em crise RJ Vôlei, fora de casa por 3 a 0, e depois diante do Montes Claros, por 3 a 1.

Entre os destaques nas estatísticas estão o ponteiro Sérgio, em sétimo lugar no fundamento de ataque, o central Thiago Barth em décimo no fundamento de bloqueio, o levantador Jotinha em décimo no levantamento, além de ter o destaque geral no fundamento de recepção com o ponteiro dominicano Contreras.

Elenco atual

Levantadores

Jotinha, 21 anos (ex-Canoas)

Felipe Quaresma, 22 anos (ex-Florianópolis)

Ponteiros

Rolando Jurquin, 26 anos (ex-Campinas)

André Lukianetz, 31 anos (ex-Paris Volley – França)

Ezinho, 34 anos (ex-Volta Redonda)

Sérgio Felix, 23 anos (ex-Pindamonhangaba)

Contreras, 34 anos (Vôleibol de Trinidad e Tobago)

Opostos

Leandrão, 30 anos (ex-Pishgaman Kavir Yazd – Irã)

Rafael Araújo, 32 anos (ex-Florianópolis)

Centrais

Tiago Barth, 25 anos (ex-Sesi-SP)

Bernardo, 22 anos (ex-Florianópolis)

Deivid, 25 anos (ex-Pindamonhangaba)

Renato, 25 anos (ex-Pindamonhangaba)

Líberos

Fábio Paes, 28 anos (ex-UFJF)

Diego, 24 anos (ex-Pindamonhangaba)

Técnico

Cézar Douglas ( Ex Vôlei Futuro e São Bernardo)

Texto com informações de agências

Foto: Facebook Vôlei Taubaté

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário