Sport bate o América por 1 a 0

Na manhã deste sábado, 2, o Sport venceu o América-MG, pelo placar de 1 a 0, no Procópio Teixeira, com gol de João Marcus, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro Juvenil 2013. O camisa 9 marcou o gol que definiu o jogo aos 19 minutos da primeira etapa, após assistência de Albert, que aproveitou cochilo da defesa do Coelho.

Com a vitória, o Verdão chegou aos dez pontos e está na quinta colocação na tabela de classificação. Na última rodada do Hexagonal Final, o Sport vai a Contagem, encarar o Atlético, campeão antecipado, no sábado, 9, às 10h30, na Arena Gregorão.

CAMPEONATO MINEIRO JUVENIL – HEXAGONAL FINAL
Sport 1 x 0 América-MG

Sport: João Paulo; Alisson, Felipe, Gustavo e Élder; Lucas de Andrade (Leonardo), Albert, Iago e Wesley Jacaré; João Marcus (Estéfano) e Marcus Vinícius (Jean).
Téc: Ronaldo Augusto

América-MG: Joriwinnyson; Anthierry (Cleyson), Mike, Victor Henrique (Maycown) e Michel; Leandro, Elisson, Wilson (Israel) e Paulo Victor; José Ricardo (Rodrigo) e Pábricio (Mateus).
Téc: Ricardo Evaristo do Carmo

Gol:

SPORT
9 – João Marcus (19′-1T)

Superação

  Com problemas de jogadores suspensos e carente de peças de reposição, o treinador Ronaldo Augusto começou a partida ousando na escalação do Sport. Sem Lucas, titular na zaga ao lado de Felipe durante grande parte da competição, Ronaldo improvisou Gustavo, atacante de ofício, para compor o setor defensivo da equipe. Com a bola rolando, o América tentou pressionar logo no início e quase surpreendeu com um chute de fora da área de Anthierry, que passou triscando a trave esquerda do goleiro João Paulo.

  Aos 15, o Sport começou a entrar no jogo, principalmente com João Marcus. O atacante deu belo passe para Iago, que escorou para Albert chutar, mas sem direção. Quatro minutos depois, João apareceu para definir o lance. Marcus Vinícius girou na esquerda, dentro da grande área e bateu cruzado. O goleiro deu rebote e Albert aproveitou o vacilo da defesa, que parou no lance e rolou para João Marcus. O camisa 9 teve apenas o trabalho de conferir para o fundo da rede, sem marcação: 1 a 0.

Em desvantagem no marcador, o Coelho tentou partir para cima, mas de forma desorganizada, não conseguiu furar o forte bloqueio do time de Juiz de Fora. Em grande partida, o camisa 5, Lucas de Andrade, foi o encarregado de travar a maioria das jogadas de ataque adversárias. Enquanto a equipe da capital encontrava dificuldades, o Sport teve a chance de ampliar no finzinho da etapa inicial. Em cobrança de falta de Wesley Jacaré, por baixo da barreira, a bola quase enganou o goleiro Joriwinnyson, que caiu para salvar.

  No segundo tempo, o América voltou com mudanças e conseguiu ter mais posse de bola, mas sem ser efetivo. Nas duas grandes oportunidades dos visitantes, o goleiro João Paulo apareceu bem para salvar. Na primeira, aos 8 minutos, o atacante Cleyson, que entrou no intervalo, subiu pela esquerda e bateu forte, cruzado. A bola tinha endereço certo, mas foi espalmada pelo arqueiro do Verdão. Na segunda chance, de falta, Paulo Victor bateu já esboçando uma comemoração, mas João Paulo voou para garantir a vitória dos juiz-foranos.

  Busca por investimento

  Mesmo sem chances de brigar por algo significativo no Hexagonal, o treinador Ronaldo Augusto salientou a importância dos jogadores continuarem se empenhando no restante da competição para que possam escrever um futuro vencedor dentro do futebol.

  “Conversamos bastante durante a semana com os meninos, falando da importância não do campeonato, mas do futuro deles como jogadores. O desempenho, a vontade, a vibração são determinantes para obter o resultado de jogo, que eles precisam para conquistar objetivos. Entraram determinados, mesmo com nossa carência de peças, fomos mais na vontade, seguramos e conseguimos o resultado”, explicou Ronaldo.

  No seu quarto ano como treinador da equipe Sub-17 do Verdão, Ronaldo lamenta a falta de investimento na equipe. Segundo ele, com um pouco mais de recursos, o time se credencia para brigar entre os grandes do futebol mineiro na categoria.

  “A gente consegue sempre fazer boa primeira fase, conquistar a vaga para o Hexagonal, mas sentimos a falta de elenco no Hexagonal Final, quando perdemos jogadores por conta de lesão ou cartão. O nosso atacante, que fez gol importante pra gente, teve que se superar como quarto zagueiro. Se fizermos um trabalho com maior investimento, temos a certeza que podemos brigar entre os três primeiros. Dependemos de recurso, a diretoria tem que reunir e buscar isso. No ano que vem, se tivermos mais apoio, vamos conquistar algo maior”, destacou.

  Com relação ao atual elenco que termina a participação no campeonato na próxima semana, diante do Atlético-MG, algumas peças despertaram o interessem de clubes de Belo Horizonte e podem seguir o sonho de se tornarem jogadores longe de Juiz de Fora.

  “Se o trabalho de reposição fosse melhor, oito jogadores nossos teriam condição de sair. Mas com essa dificuldade e também resultados negativos, o interesse cai um pouco. Com isso, quatro jogadores nossos são especulados em outras equipes. O nosso artilheiro, Wesley, o Iago e o zagueiro Felipe tem conversas com times da capital e também o João Paulo, que veio do próprio América-MG, que já está querendo o retorno do jogador”, revelou.

Resultados da nona rodada:

 02/11      11:00 AMDH 0  X  0 Cruzeiro  Estádio Municipal de Juat  Juatuba
 02/11      11:00 Sport JF 1  X  0 América  Campo do Sport  Juiz de Fora
 02/11      11:00 Desportivo Minas 1  X  2 Atlético  Campo do GREMIG  Contagem

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO MINEIRO JUVENIL 2013 – HEXAGONAL FINAL

Chave Pos. Equipe PG J  V  D  E  GP  GC  SG  %AP
Campeonato Mineiro Juvenil 2013 – Hexagonal Final
Chave Única  1 Atlético 23 9  7  0  2  17  5  12  85.19
Chave Única  2 AMDH 16 9  4  1  4  17  9  8  59.26
Chave Única  3 América 14 9  4  3  2  14  8  6  51.85
Chave Única  4 Cruzeiro 10 9  3  5  1  8  12 -4  37.04
Chave Única  5 Sport JF 10 9  3  5  1  7  12 -5  37.04
Chave Única  6 Desportivo Minas  3 9  1  8  0  3  20 -17  11.11

Texto: Igor Rodrigues

Foto: Renato Gomes

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Este post tem 3 comentários

Deixe seu comentário