Cross Country movimenta Campus da UFJF domingo

Com o objetivo de incentivar a prática de uma modalidade tradicional do atletismo pouca conhecida na região, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) realizará, neste domingo, 3, sua primeira corrida em terreno acidentado, a I Cross Country. A largada será às 8h, na Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da UFJF. Os corredores sairão da pista de atletismo, percorrerão o terreno acidentado em torno dela e das quadras e retornarão ao ponto de partida.

Em parceria com a Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Juiz de Fora e com a Consultoria Hyperion Eventos, a Faefid dá ao corredor duas opções de provas: 2.500m e 5.000m, sendo uma e duas voltas completas pelo percurso, respectivamente. Há, também, uma prova de 2.50 m exclusiva para crianças até 15 anos.

O professor da Faefid, Jorge Perrout, destaca a importância de voltar à natureza, principalmente em uma época de urbanização e sedentarismo. “Temos como meta incentivar a prática esportiva e já realizamos a Corrida da UFJF, que é um grande sucesso. Agora, queremos despertar as pessoas para a prática, também, da corrida integrada à natureza, que desafia obstáculos naturais.”

Diferente das outras corridas de aventura que acontecem na cidade, a Cross Coutry é mais leve, com menores distâncias e grau de dificuldade mais baixo, como ressalta Perrout. As inscrições já estão encerradas, mas a competição é aberta à população, para quem quiser assistir.

Texto e informações enviados ao Toque de Bola pela Secretaria de Comunicação (Secom) da UFJF

 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário