Tupi volta aos treinos com reforço apresentado

Após terminar o Campeonato Mineiro na quinta colocação, o Tupi iniciou nesta segunda-feira, 6, a preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. A estreia na competição nacional será em 2 de junho. A equipe que vai tentar o bicampeonato está sendo formada com base no time do Mineiro, mas, segundo os dirigentes do Carijó, a expectativa é de ter em campo um time ainda mais forte.

Dos 33 jogadores que defenderam o Galo no Estadual, nove estiveram no centro de treinamento nesta tarde. São eles: o zagueiro Adriano; o lateral-esquerdo Thiago Espíndola; os volantes Maguinho, Felipe Lima e Maicon Douglas; o meia Renan; e os atacantes Wesley, Cassiano e Ademílson. A única cara nova, mas nem tão nova assim, foi a do lateral-esquerdo Rafael Estevam, de 25 anos, que defendeu o Alvinegro em 2009. Os atletas conversaram com a comissão técnica e depois correram no gramado do Salles Oliveira.

Mais bagagem

Rafael é formado nas divisões de base do América-MG, mas jogou no Guarani-MG no Campeonato Mineiro deste ano. Jogou também pelo Francana (SP). Ele tem 1,78m de altura e pesa 79 kg. “Disputei a Série D pelo Tupi em 2009. O que me trouxe aqui novamente é a seriedade com que os profissionais tratam esta competição. O clube sempre entra com o intuito de conseguir algo, no mínimo o acesso. Isso que me motivou a retornar”, disse o jogador.

Ele acredita que chega ao clube juiz-forano em um melhor momento do que há quatro anos. “Fizemos um bom campeonato naquela oportunidade. Hoje, me sinto mais experiente, mais maduro,já passei por vários clubes depois do Tupi. Estou com uma bagagem maior e podendo acrescentar. Sabemos que a Série D é uma competição difícil, mas ao mesmo tempo curta. Precisamos estar totalmente focados para conseguir o nosso objetivo”.

Texto e Fotos: Assessoria Tupi F.C.

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Este post tem 6 comentários

Deixe seu comentário