Pouco ou muito? O futuro dirá

Dieguinho acerta o ângulo e decide o jogo para o Tupi: golaço, para pouca gente no estádio, mas para muitos ouvintes da rádio web do Toque de Bola
Dieguinho acerta o ângulo e decide o jogo para o Tupi: golaço, para pouca gente no estádio, mas para muitos ouvintes da rádio web do Toque de Bola

O Tupi afastou a má impressão deixada na última rodada do Campeonato Mineiro, virou a página do Estadual e começou a sua terceira participação na Copa do Brasil com vitória: 1 a 0 no Luverdense (MT), em partida disputada na noite desta quarta-feira (10/abril), no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. O gol único foi de Dieguinho, aos 12 minutos do primeiro tempo, depois de um passe de Rafael Assis. Na próxima quarta-feira (17/abril), no jogo de volta, o Galo joga pelo empate (ou derrota por um gol, desde que balance as redes adversárias) para seguir adiante na competição.

Se valeu pelo placar e pela importância de começar um torneio importante com vitória, a qualidade do jogo e a irregularidade do time preocuparam a torcida. Na primeira metade do primeiro tempo, além do gol, uma chance de Wesley, que tentou o drible final no goleiro; e no início da segunda etapa, uma cobrança de falta de Vinicius, quando a bola acertou a trave – e mais nada.

   A partida foi transmitida ao vivo pela rádio web do Toque de Bola, registrando a maior audiência (número de acessos e páginas visualizadas) entre os jogos do Tupi em Juiz de Fora. 

A cobertura dos jogos ao vivo do carijó conta com a parceria de Prefeitura de Juiz de Fora, Plasc, Lâmpadas Golden, ACI Equipamentos Hospitalares, G-Sport e Santa Casa de Juiz de Fora

Veja o resumo do jogo, lance a lance

Primeiro tempo

7 MINUTOS

Pequeno susto

Rafael Tavares arrisca pela primeira vez, à esquerda de Jordan

12 MINUTOS

CARTÃO DE VISITA E GOL

Na primeira avançada do Galo, Wesley tenta. o goleiro defende, Rafael Assis pegou a sobra e rolou para Dieguinho que acertou o ângulo. TUPI 1 A 0

16 MINUTOS

QUASE COM BOLA E TUDO

Vinicius deixou Wesley na cara do Gol, o atacante do Galo tentou o drible sobre o goleiro mas não conseguiu

AMARELOU

Zé Roberto faz falta violenta em Rafael Assis e leva o amarelo

AMARELOU, DE NOVO

Vinicius, do Galo, por reclamação, também é “premiado”

46 minutos

SÓ RASPOU

Cruzamento de Ryan, Wesley só trisca na bola que não chega a ir em direção do gol

SEGUNDO TEMPO

TRÊS MINUTOS

NA TRAVE !!!

Vinicius bate falta com perfeição, no travessão

TREINOU O GOLEIRO

11 minutos

Maicon Douglas bate falta, mas chute fraco nas mãos do goleiro Gabriel Leite

13 minutos

BOA, JORDAN

Bola cruzada na área Carijó, Rafael Tavares chuta e Jordan põe a escanteio

NA RUA

Terceirinho faz falta violenta e é expulso

48 minutos

ÚLTIMA CHANCE

Bola sobra na entrada da área para Flávio, que chuta fraco para fora, na última oportunidade Carijó

O Tupi jogou com Jordan, Ryan (Ygor), Thales, Fabrício Soares e Dieguinho; Genalvo, Maicon Douglas, Maguinho (Felipe Lima) e Vinícius (Flávio); Rafael Assis e Wesley. Técnico: Felipe Surian

O Luverdense, com Gabriel Leite, Raul Prata, Zé Roberto, Braga e Edinho; Terceirinho, Gilson, Marcelo Maciel (Vevê), Leandrinho (Tatu) e Rafael Tavares; Tozin (Jairo). Técnico Roberto Davino

Árbitro: Felipe Duarte, auxiliado por Edson Glicério Santos e Fábio Santos

Cartões amarelos: Dieguinho, Maguinho, Vinicius (Tupi) Zé Roberto, Braga, Leandrinho e Marcelo Maciel (Luverdense)

Cartão vermelho: Terceirinho (Luverdense)

Renda e público: R$ 7.510,00 (554 pagantes – 889 presentes no Estádio)

Texto: Ailton Alves

Fotos: Carlos Mendonça PJF (enviadas assessoria carijó)

Acesse aqui para conferir a sequência de fotos do gol e uma animação exclusiva a partir das fotos, feita pelo Toque de Bola

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário