Decisão em casa! Confira o “pacotão da rodada”

Haja emoção na reta final do Campeonato Mineiro 2013. Com cinco jogos encerrados, válidos pela décima rodada do estadual, ainda restam duas vagas no G4 para serem decididas. Cruzeiro e Nacional encerram a rodada, na terça-feira, 16, podendo decidir a liderança e rebaixamento com antecedência.

Mesmo sem entrar em campo, o Cruzeiro viu sua situação ficar ainda melhor, com a derrota do rival Atlético-MG, para a Caldense, de virada, por 2 a 1. Com isso, o Cruzeiro pode garantir a liderança antecipada do Mineiro com uma simples vitória diante do Nacional, no Mineirão.  De olho no G4, Villa Nova e América-MG se enfrentaram no Castor Ciufentes e a equipe de Nova Lima deu um passo gigante para a classificação, após a vitória por 2 a 0 diante do adversário direto. O Villa agora é terceiro colocado, com 18 pontos, enquanto o Coelho dá adeus às semifinais.

O Tupi precisava da vitória, fora de casa, contra o Tombense, para encostar no G4 e ainda sonhar com a classificação. Em um jogo que teve de tudo, até apagão, o Galo Carijó venceu, por 1 a 0, com gol de Wesley, deixando a decisão para Juiz de Fora, contra o Cruzeiro. O alvinegro está na quinta posição, com 15 pontos, um a menos que o time de Tombos, que ocupa o quarto lugar.

Na parte debaixo da tabela os desesperados se complicaram ainda mais. Araxá e América-TO perderam e permanecem em situação de risco, respirando por aparelhos na competição. O Ganso Alvinegro lutou, mas não segurou o Guarani, que foi visitante indigesto e venceu por 3 a 2. Já o América-TO permanece na lanterna, com os mesmos 6 pontos do Araxá, após derrota para o Boa Esporta, por 3 a 0, no Melão.

Fichas técnicas dos jogos da décima rodada

Caldense 2 x 1 Atlético
Ronaldão – 16h
A: Renato Cardoso Conceição (CBF/FMF)
A1: Marconi Helberth Vieira (CBF/FMF)
A2: Pedro Araújo Dias Cotta (CBF/FMF)
4ºA: Rogério Alexandre Barbosa (Liga Local)

Gols: 9-Nena, aos 19’2T e 17-Chimba, aos 36’2T (Caldense); 10-Guilherme, aos 45’1T (Atlético)

Público: 5.588 pagantes
Renda: R$ 124.675,00

Caldense: 1-Glaysson, 2-Rodrigo Paulista, 3-Plínio, 4-Paulão, 5-Edmilson (15-Simião, aos 9’2T), 6-Cris, 7-Maxsuel, 8-Rossini, 9-Nena, 10-Ewerton Maradona (13-Alexandre, aos 43’2T) e 11-Djavan (17-Chimba, aos 9’2T). Técnico: Tarcísio Pugliese

Atlético: 1-Giovanni, 2-Carlos César, 3-Gilberto Silva, 4-Rafael Marques, 5-Josué, 6-Junior César, 7-Serginho (14-Michel, aos 40’2T), 8-Rossini (15-Morais, aos 33’2T), 9-Alecsandro, 10-Guilherme e 11-Araújo. Técnico: Cuca

Cartões Amarelos:
Caldense: 3-Plínio, 6-Cris, 7-Maxsuel, 8-Rossini e 9-Nena
Atlético: 2-Carlos César (2), 5-Josué e 8-Rosinei

Cartão Vermelho:
Atlético: 2-Carlos César

___________________________________________________________________________________________

Tombense 0 x 1 Tupi
Adriano G. Almeida – 16h
A: Igor Junio Benevenuto (CBF/FMF)
A1: Wesley Moreira de Carvalho (CBF/FMF)
A2: Pablo Almeida Costa (CBF/FMF)
4º: Antônio Márcio Teixeira (FMF)

Gol: 9-Wesley, aos 15’2T (Tupi)

Público: 2.805 pagantes
Renda: R$ 47.790,00

Tombense: 1-Glaycon, 2-Ari (14-Leo, aos 19’2T), 3-André, 4-Alexandre (17-Tiago Azulão, aos 40’2T), 5-Serginho, 6-Guilherme Lazaroni, 7-Mateus (18-Alex, aos 19’2T), 8-Joilson, 9-Júnior Negão, 10-Betinho e 11-Adeilson. Técnico: Marcelo Cabo

Tupi: 1-Jordan, 2-Thiago Ryan, 3-Thales, 4-Dieguinho, 5-Genalvo, 6-Fabrício Soares, 7-Rafael Assis (13-Arthur, aos 41’2T), 8-Maicon Douglas, 9-Wesley (16-Ygor, aos 35’2T), 10-Vinicius e 11-Maguinho (15-Felipe Lima, aos 30’2T). Técnico: Felipe Surian

Cartões Amarelos:
Tombense: 5-Serginho
Tupi: 1-Jordan, 2-Thiago Ryan, 5-Genalvo (2), 6-Fabrício Soares, 10-Vinicius e 15-Felipe Lima

Cartão Vermellho
:
5-Genalvo

____________________________________________________________________________________________

Villa Nova 2 x 0 América
Castor Cifuentes – 16h
A: Wanderson Alves de Souza (CBF/FMF)
A1: Marcus Vinicius Gomes (CBF/FMF)
A2: Ricardo Vieira Rodrigues (CBF/FMF)
4ºA: Flávio Henrique Coutinho Teixeira (CBF/FMF)

Gols: 4-Marco Tiago, aos 6’2T e 9-Eraldo, aos 25’2T(Villa Nova)

Público: 2.153 pagantes
Renda: R$ 27.210,00

Villa Nova: 1-Thiago Braga, 2-Rodrigo Dias, 3-Heitor, 4-Marco Tiago, 5-Cleber Monteiro (15-Éber, aos 8’2T), 6-Hyago, 7-Max Carrasco, 8-Marcelo Rosa, 9-Eraldo (14-Michel, aos 39’2T), 10-Tchô e 11-Rafael Gomes (13-Maurim, aos 36’2T). Técnico: Alexandre Barroso

América: 1-Neneca, 2-Doriva, 3-Everton Luis, 4-Cesar Lucena, 5-Claudinei, 6-Wanderson, 7-Fábio Júnior (13-Patrick, aos 13’2T), 8-Juninho, 9-Nikão, 10-Rodriguinho (18-Felipe, aos 35’2T) e 11-Willians (17-Laércio, aos 27’2T). Técnico: Paulo Comelli

Cartões Amarelos:
Villa Nova: 3-Heitor e 4-Marco Tiago (2)
América: 2-Doriva, 5-Claudinei, 7-Fábio Júnior, 8-Juninho, 9-Nikão e 13-Patrick

Cartão Vermelho:
Villa Nova: 4-Marco Tiago

____________________________________________________________________________________________

Boa 3 x 0 América-TO
Melão – 16h
A: Emerson de Almeida Ferreira (CBF/FMF)
A1: Márcio Eustáquio Souza Santiago (FIFA/MG)
A2: Frederico Soares Vilarinho (CBF/FMF)
4ºA: Adriano Alves de Oliveira (FMF)

Gols: 3-Leandro Kamilo, aos 9’1T, 11-Fernando Karanga, aos 40’1T e 10-Marcelinho Paraíba, aos 5’2T (Boa)

Público: 795 pagantes
Renda: R$ 4.810,00

Boa: 1-Douglas, 2-Neilson, 3-Leandro Kamilo, 4-André Luiz, 5-Jair, 6-Lucas Pavone, 7-Marabá, 8-Carlos Magno, 9-Betinho (18-Henrique, aos 15’2T), 10-Marcelinho Paraíba (15-Airton, aos 33’2T) e 11-Fernando Karanga (17-Wendel, aos 40’2T). Técnico: Sidney Moraes

América-TO: 1-Raphael Barrios, 2-Flávio Lopes (15-Daniel, no intervalo), 3-Rancharia, 4-Rodrigo Sena, 5-Matheus Gonzaga, 6-Iran (18-Anderson Grafite, no intervalo), 7-Leandrinho, 8-Felipe Dias, 9-Hyago (17-Celinho, aos 7’2T), 10-Luciano Mourão e 11-Tiago. Técnico: Gilmar Estevam

Cartões Amarelos:
Boa: 3-Leandro Kamilo, 6-Lucas Pavone e 8-Carlos Magno (2)
América-TO: 3-Rancharia (2), 5-Matheus Gonzaga, 7-Leandrinho e 10-Luciano Mourão

Cartões Vermelhos:
Boa: 8-Carlos Magno
América-TO: 3-Rancharia

____________________________________________________________________________________________

Araxá 2 x 3 Guarani
Fausto Alvim – 16h
A: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)
A1: Celso Luix da Silva (CBF/FMF)
A2: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)
4ºA: Amilton Marcos Moreira (Liga Local)

Gols: 13-Vágner (contra), aos 22’2T e 16-Breitner, aos 35’2T (Araxá); 3-Adalberto, aos 7’1T, 7-Nando, aos 27’1T e 17-Fabrício Carvalho (contra), aos 37’2T (Guarani)

Público: 3.527 pagantes
Renda: R$ 42.910,00

Araxá: 1-Fernando Pompeu, 2-Osvaldir, 3-Rodrigão Paulista, 4-Carlão, 5-Balduíno (17-Fabrício Carvalho, aos 31’1T), 6-Ceará, 7-Roberto Jacaré (15-Evandro, no intervalo), 8-George, 9-Serginho, 10-Michel Cury (18-Leandrinho, aos 21’2T) e 11-Cesar Romero. Técnico: João Martins

Guarani: 1-Leandro, 2-Henrique Choco, 3-Adalberto, 4-Thiago Papel, 5-André Silva, 6-Rafael Estevam, 7-Nando (14-Éder Silva, aos 29’2T), 8-Rafael Pulga (13-Vágner, aos 6’2T), 9-Lucas (16-Sillas, aos 40’2T), 10-Jouberth e 11-Faísca. Técnico: Leston Júnior

Cartões Amarelos:
Araxá: 4-Carlão, 7-Roberto Jacaré e 11-Cesar Romero
Guarani: 7-Nando

Cartão Vermelho
:
Guarani: 11-Faísca

Texto: Igor Rodrigues

Informações: Federação Mineira de Futebol

[wpfootball id_league=8 id_template=2]

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Este post tem 3 comentários

  1. Marcelo rizzato

    É isso. Acreditar e trabalhar sempre nos leva ao sucesso. O TUPI está sabendo dar a volta por cima. Esperamos que após o término do jogo de domingo se classifique entre as quatro melhores equipes de Minas, e o empate para o américa e a derrota para o araxá, que já garantiria a classificação hoje, não faça falta e sim se mantenha o tabu do GALO de nunca serem fáceis suas conquistas.
    Como é bom ver o sucesso do toque de bola através da crescente audiência a cada transmissão isso é trabalho de qualidade e competência. Parebéns a toda a euipe. E DÁ-LHE GALOOOOOOOOO

Deixe seu comentário