Veja ônibus extras para o Estádio Mário Helênio

Com o objetivo de garantir maior conforto e rapidez no transporte público para os torcedores que vão acompanhar neste sábado, 16, o jogo do Tupi contra a Caldense, pelo Campeonato Mineiro, a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) vai disponibilizar seis ônibus extras em direção ao Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

A cobertura da rádio web do Toque de Bola de Tupi x Caldense começa às 16h.

O jogo é válido pela segunda rodada do campeonato e será o primeiro do ano realizado em Juiz de Fora. A partida terá início às 17h, mas os portões estarão abertos a partir das 15h. A linha 517 (Estádio) tem previsão de saída da Avenida Presidente Itamar Franco (Centro), em frente ao Colégio Stella Matutina, nos seguintes horários: 14h30 (um ônibus), 15h (dois coletivos) e 15h30 (três ônibus). O último horário no sentido Estádio/Centro será às 19h40.

Além dos ônibus extras, a Settra disponibilizará seis agentes de trânsito, que agirão nas vias de acesso do estádio. Buscando garantir a segurança do público, serão empenhados, ainda, policiais da 3ª Cia. de Missões Especiais (CME) e da 99ª Cia. da PM.

Os ingressos permanecerão com os valores de R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia-entrada) e podem ser adquiridos no centro de treinamento, em Santa Terezinha, na sede social do Tupi e no calçadão da Rua Halfeld, posto da Liga de Futebol, no Centro.

Itinerário

Sentido Centro/Estádio: Avenida Presidente Itamar Franco, Estrada Dom Orione, Avenida Eugênio do Nascimento, Estádio Municipal.

Sentido Estádio/Centro: Estádio Municipal, Avenida Eugênio do Nascimento, Estrada Dom Orione, Avenida Presidente Itamar Franco, Rua Doutor Paulo Frontin, Rua Halfeld, Avenida Getúlio Vargas, Avenida Presidente Itamar Franco.

Texto, foto e informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Transporte e Trânsito 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário