Surian aposta em equipe “bem mesclada”

Com uma equipe muito diferente da última temporada, o treinador Felipe Surian se mostra otimista com o grupo montado para a disputa do Estadual.

O Tupi faz sua estreia diante da torcida, neste sábado, 16, contra a Caldense, 17h, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, com cobertura da rádio web do Toque de Bola (e som retransmitido pela Rádio Solar AM 1010), a partir de 16h.

  A pedido do Toque de Bola, o treinador traçou um panorama das características principais de algumas das novidades do time:

“Genalvo é um volante já experiente, sempre esteve em grandes clubes, disputando Série A, vai trazer muita qualidade no meio-campo, junto com o (Rafael) Toledo, que tem responsabilidade de resguardar a frente da defesa. Ygor, lateral-esquerdo, é muito rápido, com boa técnica também, muita velocidade. Já o meio-campo Paulinho é um jogador de extrema qualidade técnica, não tem tanta velocidade, mas é aquele meia de armação, de ligação, chute de meia distância muito bom, e também vai ser um diferencial.”

“Os demais que vão entrar a torcida já conhece. O Adriano Lobinho já está conosco desde o primeiro dia, e fará a composição com o Fabrício Soares. Dois jogadores muito experientes, técnicos e também rápidos”, analisa o treinador.

Conclusão? “Temos uma equipe bem mesclada, jogadores experientes, porém com alguns atletas jovens, porém com certa experiência.”

Mesmo com mistério, o treinador já dá pistas de como montará a equipe para o jogo diante da Caldense. O time deve ir a campo com: Jordan; Maguinho (Ryan), Adriano Lobinho (Artur), Fabricio Soares e Ygor; Genalvo,  Toledo, Hugo e Paulinho; Cassiano e Ademílson (Wesley).

 “Nação Carijó”

No programa “Nação Carijó”, que vai ao neste sábado, 16h, pela rádio web do Toque de Bola, Surian comenta, com exclusividade, a diferença da situação em que comandou o time na Série C de 2012 e agora, quando participou da formação do grupo que disputa o Estadual.  Veja um trecho sobre sua efetivação em 2012: “Ninguém me perguntou se eu queria sair, mas a diretoria tentou fazer o que achava melhor”.E agora? “Temos um time forte, experiente mas também aguerrido e veloz. Acredito que conseguiremos fazer um bom Campeonato Mineiro.”

  Olho no adversário

Eu vi dois jogos da Caldense, um oficial e um amistoso. Uma equipe rápida, jogam com três meias muito velozes, um atacante mais centralizado, jogadores baixos e muito velozes. Eles usam muito o contra-ataque,  trabalhamos durante a semana em função disso. Para neutralizar esse contra-ataque,e explorar aquilo que vi onde falta um pouco de qualidade na equipe deles, as brechas. Trabalhamos muito em proteção e armação ofensiva, contra-ataque, inversão rápida de jogada, para alcançarmos o espaço vazio e o gol.”

 

 

 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário