Fora de casa, Flu vence de virada

Com uma importante vitória fora de casa, de virada, o Fluminense assumiu a primeira posição do Grupo 8 da Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira, 27, em Talcahuano, o time derrotou o atual campeão chileno, o Huachipato, por 2 a 1, e chegou aos seis pontos em três jogos na competição. O time da casa saiu na frente, com Rodríguez, mas Wellington Nem e Wagner, no segundo tempo, fizeram os gols da vitória tricolor. O próximo confronto na competição será na próxima quarta-feira, dia 6 de março, também contra o Huachipato, no Engenhão.

“Graças a Deus, tive a felicidade de fazer um gol no segundo tempo e ajudar o clube a conseguir essa importante vitória” disse Wellington Nem após a partida.

A partida

A primeira chance tricolor foi aos oito minutos. Thiago Neves tocou para Wellington Nem dentro da área. O atacante cruzou para Fred, que chutou por cima. Aos 18, Jean levantou na área, o goleiro Nery Veloso saiu mal, tentou cortar a bola com um chute e furou. Thiago Neves não conseguiu ficar com a sobra e a zaga chilena cortou.

O Flu voltou a criar chances a partir dos 30 minutos. Aos 34, Fred recebeu em posição legal, ajeitou para Thiago Neves, que chutou forte para defesa de Veloso. A arbitragem, porém, paralisou o lance alegando impedimento do capitão tricolor. Dois minutos depois, a melhor chance da equipe: Jean lançou Thiago Neves na área, que rolou para Wellington Nem. O atacante, na pequena área e com o gol aberto a sua frente, chutou na trave. Aos 37, Deco arriscou da entrada da área e Veloso defendeu.

No último minuto do primeiro tempo, o time chileno abriu o placar na sua única jogada de perigo. Rodríguez recebeu cruzamento de Crovetto e tocou na saída de Cavalieri.

Pressão tricolor

O segundo tempo foi quase todo de pressão tricolor. Com um minuto, Thiago Neves recebeu na área e chutou para fora. Aos 14, Nem rolou para Fred e Veloso se atirou aos pés do atacante para salvar. Aos 18, Gum cruzou da direita e Fred, pressionado pela zaga, cabeceou para fora.

De tanto pressionar, o Fluminense marcou seu gol, numa linda jogada de ataque. Com toques de primeira, Thiago Neves tocou para Wellington Nem, que abriu para Carlinhos. Também de primeira, o lateral cruzou para Fred, que ajeitou com o peito para Nem, que chutou forte, no meio do gol, sem defesa para Veloso.

Com o gol, o time chileno teve de buscar o ataque. Aos 27, após falha da defesa tricolor, Núñez ficou com a sobra e chutou por cima. O lance motivou o time chileno, que passou a jogar em busca do gol, mas deixou espaços na sua defesa. E aos 31, em boa jogada de contra-ataque, Wagner, que entrara há 24 segundos, virou para o Fluminense. Jean iniciou a jogada e tocou para Wellington Nem. O atacante tentou o toque para Fred, a defesa chilena se atrapalhou no corte e a bola sobrou para Wagner, dentro da área, que chutou cruzado para desempatar.

Após o segundo gol tricolor, o jogo ficou ainda mais movimentado. O time chileno tentava chegar com bolas alçadas sobre a área e o time de Abel Braga tocava a bola. Aos 40, Wagner cobrou escanteio, Rhayner emendou de voleio e a bola bateu na trave. Daí até o fim, o Fluminense segurou a pressão e garantiu a vitória fora de casa.

Ficha Técnica
Huachipato 1 x 2 Fluminense
LOCAL: Arena CAP, Talcahuano (Chile)
ÁRBITRO: Saúl Laverni (ARG)
ASSISTENTES: Juan Belatti e Iván Núnez (ARG)
Público: 4.167 presentes
Cartões Amarelos: Labrín e Reyes (HUA) / Deco e Carlinho (FLU)
Cartões Vermelhos:
GOLS: Rodríguez (46′/1ºT) / Wellington Nem (21′/2ºT) / Wagner (31′/2ºT)

HUACHIPATO: Nery Veloso, José Contreras, Carlos Labrin, Claudio Muñoz, Nicolas Crovetto; Núñez (Reynero – 30′/2ºT), Reyes, Sandoval, Arrué (González – 20′/1ºT); Rodríguez e Falcone (Llanos – 23′/2ºT). Técnico: Jorge Pellicer

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio, Carlinhos; Edinho, Jean, Deco (Wagner – 30′/2ºT), Thiago Neves (Anderson – 33′/2ºT); Wellington Nem e Fred. Técnico: Abel Braga.

Texto: Site oficial do Fluminense

Este post tem 2 comentários

Deixe seu comentário