Deu Cruzeiro na reabertura do Mineirão: 2 a 1

Depois de mais de dois anos de espera, as torcidas de Cruzeiro e Atlético-MG se reencontraram no maior palco do futebol mineiro. Quem se deu melhor foi o time celeste, que derrotou o arqui-rival por 2 a1, em jogo antecipado da terceira rodada do Campeonato Mineiro. Os gols da Raposa foram marcados por Marcos Rocha (contra), aos 22min do primeiro tempo; e Dagoberto, aos 16min da segunda etapa. Araújo, que estreava com a camisa do Galo, marcou para sua equipe aos 27minutos do primeiro tempo.

O Cruzeiro jogou com um jogador a menos desde os 17min do segundo tempo, quando Leandro Guerreiro recebeu o cartão vermelho. A equipe cruzeirense volta a campo na quarta-feira, 6, novamente no Mineirão, quando vai receber o América-TO, às 22h, pela 1ª rodada do Campeonato Mineiro. No mesmo dia, o Atlético-MG vai a Tombos enfrentar a Tombense. A partida tem início às 19h30.

O jogo

A partida começou muito disputada, com algumas faltas e muita marcação. Para se ter uma ideia, em menos de dez minutos, a arbitragem já havia assinalado três faltas do meia Ronaldinho Gaúcho. A primeira grande chance de gol aconteceu aos 11min. Ceará disparou com a bola, atravessou a linha que divide o campo, deu um corte no adversário e tocou para Everton Ribeiro. O meia tabelou com Anselmo Ramon, recebeu na frente, pelo lado direito e chutou cruzado. O goleiro Victor defendeu em dois tempos.

Aos 14, Anselmo Ramon fez jogada individual e passou a bola entre as pernas do volante Pierre. A defesa adversária afastou de qualquer maneira e cedeu escanteio. No minuto seguinte, o Cruzeiro emplacou um contra-ataque e Egídio foi derrubado na intermediária. Nilton encheu o pé, a bola desviou na barreira e foi por cima do gol, em escanteio.

No minuto 18, Anselmo Ramon recebeu a bola no ataque, foi até a bandeira de escanteio do lado direito e recebe um soco nas costas do zagueiro Leonardo Silva. Falta. Três minutos depois, Ricardo Goulart dominou no meio-campo, esperou Anselmo Ramon sair do impedimento, e lançou Everton Ribeiro. Na corrida, o goleiro Victor chegou primeiro e deu um chutão para longe.

Aos 22min, o Cruzeiro, que já criava as melhores chances, abriu o placar. Ceará foi lançado na direita e cruzou na medida para Anselmo Ramon ganhar da marcação e, de cabeça, mandar para a rede do Atlético-MG: 1 a 0. No intervalo, informado pelo repórter da TV que o desvio de cabeça foi do lateral-direito Marcos Rocha, o árbitro Cleisson Veloso Pereira alterou o autor do gol, que ficou sendo o jogador do Atlético-MG, ou seja, gol contra.

O primeiro cartão amarelo do jogo saiu aos 24min, para o zagueiro Leonardo Silva, após falta em Anselmo Ramon. Aos 27min, Araújo aproveitou uma sobra de bola na área e empatou a partida no Mineirão. Aos 35, Leandro Donizete chegou forte em Everton Ribeiro, fez a falta e levou cartão amarelo.

Segundo tempo

A equipe cruzeirense voltou com a mesma formação da etapa inicial. Aos seis minutos, Egídio sofreu falta de Bernard pelo lado esquerdo, melhor que um escanteio. Ceará cobrou direto, com curva, e Victor mandou para escanteio. Aos 13min, o técnico Marcelo Oliveira promoveu duas mudanças: entraram Alisson e Dagoberto, e saíram Everton e Ricardo Goulart.

Aos 16min, um ataque fatal. Everton Ribeiro faz outro lançamento primoroso para Anselmo Ramon, que, pelo lado esquerdo, como um ponta, cruzou na cabeça de Dagoberto, que mandou para a rede, mostrando estrela em sua primeira jogada, já que havia acabado de entrar: 2 a 1.

No minuto seguinte, Leandro Guerreiro cometeu falta em Ronaldinho Gaúcho e recebeu cartão vermelho. Aos 21min, Marcelo Oliveira fez a última mudança no time estrelado, colocando Tinga em lugar de Everton Ribeiro. Aos 23, Anselmo Ramon encheu o pé de fora da área, Victor defendeu. No rebote, a arbitragem acertou ao marcar impedimento do ataque cruzeirense.

Aos 39min, Nilton arrancou do campo de defesa, passou por todo mundo, invadiu a área do Atlético-MG e bateu no canto, mas Victor desviou para escanteio, evitando o terceiro gol. Na cobrança, o jovem Alisson foi lançado e dividiu com Victor, que cedeu novo escanteio. Aos 44, Dagoberto lança Nilton, que bate cruzado e acerta o pé da trave.

CRUZEIRO 2 X 1 ATLÉTICO-MG

Data: 03/02/2013 (domingo)
Motivo: 3ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 52.989
Renda: R$ 3.677.635
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF)
Gols: Marcos Rocha (contra), aos 22min, Araújo, aos 27min do primeiro tempo; Dagoberto, aos 16min do segundo tempo

CRUZEIRO
Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulão e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton; Everton Ribeiro (Tinga), Ricardo Goulart (Dagoberto) e Everton (Alisson); Anselmo Ramon
Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Júnior César; Pierre (Gilberto Silva), Leandro Donizete (Serginho); Araújo (Alecsandro), Ronaldinho e Bernard; Jô
Técnico: Cuca

Cartões amarelos: Anselmo Ramon (Cruzeiro); Leonardo Silva, Júnior César, Leandro Donizete (Atlético-MG)

Cartão vermelho: Leandro Guerreiro (Cruzeiro)

Texto: Site oficial do Cruzeiro

[wpfootball id_league=8 id_template=2]

Deixe seu comentário