‘Fora de casa’, Cruzeiro para na retranca do Guarani: 0 a 0

O Cruzeiro demonstrou novamente um bom futebol, dominou o adversário, criou inúmeras chances para vencer mais um jogo na temporada, mas teve que se contentar com o empate em 0 a 0 com o Guarani, no início da noite deste domingo, 17, na Arena do Calçado, em Nova Serrana, partida válida pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. Apesar do resultado, a Raposa manteve a liderança isolada na competição estadual e volta a campo daqui a duas semanas, no dia 2 de março, contra a Tombense, no Mineirão.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Cruzeiro teve o apoio da grande maioria dos torcedores e, desde o início da partida, procurou o ataque em busca da quarta vitória nos quatro jogos disputados na temporada. O Guarani jogava recuado, exercendo uma forte marcação na intermediária, e apostava nos contra-ataques, que quase não apareceram, devido ao bom posicionamento defensivo da equipe celeste.

Com outra grande atuação, o meia Everton Ribeiro foi mais uma vez o cérebro da Raposa e deu muito trabalho à defesa da equipe de Divinópolis, que teve de se virar para tentar neutralizar as investidas do armador. Logo aos 8 minutos, ele fez ótima jogada individual, driblou três marcadores e chutou forte. O goleiro Leandro fez importante defesa e colocou para escanteio. Pouco tempo depois, Ceará cruzou pela direita e Anselmo Ramon cabeceou para fora, com muito perigo, à direita do gol.

Com a entrada da área adversária congestionada, Everton Ribeiro tentou de longe, de pé esquerdo, mas a bola resvalou no zagueiro Henrique e saiu à linha de fundo. Aos 23, o time de Divinópolis deu trabalho ao goleiro Fábio, que fez excelente defesa em um cabeceio de Asprilla, após escanteio cobrado por Raphael Pulga.

Refeito o susto, o Cruzeiro retomou o comando das ações e passou a pressionar o adversário. Dagoberto e Everton tiveram chances para marcar, mas não conseguiram convertê-las em gols. Na primeira delas, Everton Ribeiro fez outra ótima jogada e tocou na medida para Dagoberto, que perdeu o tempo da bola e, livre de marcação, furou ao tentar chutar.

Na outra oportunidade, Dagoberto tocou para Everton, que tentou encobrir o goleiro, mas Leandro fez outra importante defesa e conseguiu tirar a bola para a linha de fundo. O Cruzeiro manteve o ímpeto e, nos acréscimos do primeiro tempo, teve outra clara oportunidade, mas Paulão, Bruno Rodrigo e Anselmo Ramon não conseguiram finalizar o cruzamento.

Segundo tempo

A Raposa voltou para a segunda etapa com Egídio no lugar de Dagoberto e sufocou ainda mais o Guarani, que lutava bravamente para evitar a derrota. Everton Ribeiro, com muita velocidade e visão de jogo, continuava aprontando. O meia arriscou de longe, com muita força, e Leandro faz outra bela defesa. O mesmo Everton Ribeiro tentou mais uma vez, da entrada da área, colocado, e Leandro segurou mais uma vez.

Aos 15 minutos, o técnico Marcelo Oliveira fez a segunda alteração na equipe e colocou o atacante estreante Luan no lugar do volante Leandro Guerreiro. Na primeira vez que pegou na bola, Luan quase marcou, mas a defesa do Guarani conseguiu aliviar.

De volta ao time, após se recuperar de uma cirurgia no tornozelo direito, realizada em novembro do ano passado, o atacante Borges substituiu Anselmo Ramon aos 19 minutos e deu sangue nova à equipe cinco estrelas, que manteve a enorme pressão sobre o adversário, mas o gol insistia em não sair.

O ex-palmeirense Luan, que fez uma grande estreia, rondava a área adversária e, aos 30, desviou um cruzamento de Everton Ribeiro, mas a bola bateu na trave. Só dava Raposa, que empurrava o Guarani para seu campo de defesa e continuava criando chances para marcar, mas esbarrava nas defesas do goleiro Leandro, que voltou a fazer milagre em um cabeceio de Diego Souza.

O Cruzeiro manteve a pressão até o apito final do árbitro Igor Junio Benevenuto, mas não conseguiu superar a forte marcação do Guarani, que deixou o gramado comemorando o empate.

GUARANI 0 X 0 CRUZEIRO
Data: 17/02/2013 (domingo)
Motivo: 2ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Arena do Calçado, Nova Serrana-MG
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira/MG (CBF/FMF)

GUARANI: Leandro; Adalberto, Henrique e Asprilla; Andre Silva, Eder (Thiago Papel), Jouberth (Eric), Raphael Pulga e Rafael Estevam; Lucas Newton (Nando) e Carlos Júnior
Técnico: Gian Rodrigues

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulão e Everton; Nilton, Leandro Guerreiro (Luan), Everton Ribeiro e Diego Souza; Dagoberto (Egídio) e Anselmo Ramon (Borges)
Técnico: Marcelo Oliveira

Cartões amarelos: Adalberto e Henrique (Guarani); Everton e Diego Souza (Cruzeiro)

Este post tem 2 comentários

Deixe seu comentário