Toque de Bola presente na festa do Vôlei nacional!

Foi realizada, na manhã desta quarta-feira, 21, no Espaço Villa Lobos, em São Paulo, a festa de lançamento da Superliga de Vôlei 2012/2013. Um evento repleto de estrelas do melhor voleibol do mundo. O Toque de Bola fez uma cobertura para lá de especial com o jornalista Ivan Elias. Entre os entrevistados, grandes nomes da modalidade, como José Roberto Guimarães, Giovane, Murilo, Jaqueline, Serginho, André Heller, Ricardinho e o presidente da Federação Internacional de Vôlei, Ary Graça. O técnico Maurício Bara e o oposto Wanderson representaram a UFJF, que disputa a competição nacional pelo segundo ano consecutivo.

Para o ex-jogador e agora técnico Giovane Gávio, a temporada 2012/2013 tem tudo para ser especial. “O campeonato está crescendo (Superliga). Tem os melhores jogadores brasileiros e alguns estrangeiros. Podemos construir o melhor campeonato de todos os tempos. Estou muito empolgado”, revela o juiz-forano.

No hall de entrada do Espaço Vila Lobos, exposição com as camisas das equipes que vão participar da temporada 2012/2013. A da UFJF chamou a atenção por um motivo especial. O nome que estava escrito era do treinador Maurício. Em entrevista ao Toque de Bola, ele garantiu que não se trata de nenhum lampejo de vaidade. “Acho que foi só uma gentileza do nosso fornecedor de material, o Gerson, da GSport. Nada além disso”, afirma, bem humorado.

O outro representante da UFJF na festa do Vôlei nacional foi o oposto Wanderson, que não esconde a ansiedade pela estreia. “Fico feliz de estar aqui representando a minha equipe, em meio a estes grandes jogadores, ansioso pela estreia. A expectativa é de um bom campeonato, forte, não vai ser fácil para nenhuma equipe, embora algumas tenham o favoritismo. O nível é próximo. O nosso objetivo é ficar entre os oito primeiros colocados e chegar aos playoffs. Esperamos alcançar isso”, destaca.

Ary Graça, eleito recentemente presidente da Federação Internacional de Vôlei, e licenciado da CBV, comentou a presença de Juiz de Fora na principal competição do Vôlei nacional. “Você não tem a menor necessidade de falar de JF para mim, minha mulher é de lá, ainda tenho família lá. Eu jogava no Botafogo com dois terços da cidade torcendo pelo Botafogo, ginásios lotados em JF, de memórias maravilhosas. JF vindo, é meio do caminho Rio de Janeiro – Belo Horizonte, forma-se um corredor maravilhoso. É um esforço da cidade que vale a pena, e nos sentimos satisfeitos e orgulhosos de ver Juiz de Fora participando”, comenta, entusiasmado.

Marcelo Hister chegou na manhã desta quinta-feira a Juiz de Fora

Em seu trabalho, Ivan Elias obteve uma informação em primeira mão: Marcelo Hister é o novo reforço da Federal.

Marcelo Hister, 21 anos, ponteiro, novo reforço do vôlei da UFJF, chegou na manhã desta quinta-feira, 22, a Juiz de Fora. Contou que já trabalhou com o auxiliar técnico do time juiz-forano Chiquita, e conhece vários jogadores da equipe. Ele estava no Chapecó e disputou a Superliga B pelo Santo André (SP).

O Toque de Bola vai transmitir, via web, todas as partidas da UFJF em Juiz de Fora na primeira fase da competição nacional. Em breve, mais informações sobre a cobertura da Superliga Masculina.

30 medalhistas olímpicos em ação

Vai começar um dos campeonatos mais fortes do mundo: a Superliga. E para provar que a 19ª edição da principal competição do voleibol brasileiro será muito acirrada, nada menos do que 30 brasileiros medalhistas olímpicos desfilarão pelas quadras a partir da próxima sexta-feira, 23.

Na Superliga Feminina serão 17 atletas que já subiram no pódio em Jogos Olímpicos, divididas em quatro equipes. O Sesi-SP é o time que conta com o maior número delas. Ao todo, são seis medalhistas. O atual campeão Sollys/Nestlé vem logo depois, com cinco atletas. Unilever (4) e o estreante Vôlei Amil (2) surgem em seguida.

“O assédio e o tratamento mudam quando você conquista uma medalha olímpica. A responsabilidade também é maior, mas nosso grupo é experiente e temos tudo para fazer uma grande competição”, comentou a oposto Tandara, atleta do Sesi-SP e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, este ano.

Entre os homens, o número de brasileiros medalhistas olímpicos chega a 13, distribuídos em sete times. O RJX, que vai disputar a competição pela segunda vez, é a equipe que tem o maior número deles: quatro. O Sesi-SP conta com três; a Vivo/Minas, com dois; e Canoas, Medley/Campinas, Vôlei Futuro e o atual campeão Sada Cruzeiro têm um cada em seus elencos.

“É motivo de muito orgulho fazer parte deste seleto grupo de medalhistas olímpicos. E também de participar de mais uma Superliga. É gostoso ver tantas feras reunidas aqui no Brasil. Há o desejo de todos de fazer o melhor campeonato do mundo. Não é de hoje que estão lapidando a Superliga para virar uma pedra preciosa”, afirmou o levantador Ricardinho, do Vôlei Futuro (SP), ouro em Atenas/2004 e prata em Londres/2012.

Confira todos os brasileiros medalhistas olímpicos que disputarão a Superliga 12/13:

SUPERLIGA FEMININA

Sesi-SP
1 – Carolina Demartini Albuquerque – ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008
2 – Danielle Rodrigues Lins – ouro nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
3 – Elisângela Almeida de Oliveira – bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney/2000
4 – Fabiana Marcelino Claudino – ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e Londres/2012
5 – Tandara Alves Caixeta – ouro nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
6 – Wélissa de Souza Gonzaga (Sassá) – ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008

Sollys/Nestlé
7 – Adenizia Ferreira da Silva – ouro nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
8 – Fernanda Garay Rodrigues – ouro nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
9 – Jaqueline Maria Pereira de Carvalho – ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e Londres/2012
10 – Sheilla Tavares de Castro – ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e Londres/2012
11 – Thaisa Daher de Menezes – ouros nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e Londres/2012

Unilever
12 – Fabiana Alvim de Oliveira (FABÍ) – ouros nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e Londres/2012
13 – Hélia Rogério de Souza (Fofão) – bronze nos Jogos Olímpicos de Atlanta/1996, bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney/2000 e ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008
14 – Natália Zilio Pereira – ouro nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
15 – Valeska dos Santos Menezes (Valeskinha) – ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008

Vôlei Amil
16 – Fernanda Cristina Ferreira – ouro nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
17 – Walewska Moreira de Oliveira – bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney/2000 e ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008

SUPERLIGA MASCULINA

RJX
18 – Bruno Mossa de Resende – prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
19 – Dante Guimarães Santos do Amaral – ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas/2004, prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
20 – Lucas Saatkamp – prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
21 – Thiago Soares Alves – prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012

Sesi-SP
22 – Murilo Endres – prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
23 – Sérgio Dutra dos Santos – ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas/2004, prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012
24 – Sidnei dos Santos Junior (Sidão) – prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012

Vivo/Minas
25 – Marcelo Elgarten – prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008
26 – Samuel Fuchs – prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008

Canoas
27 – Gustavo Endres – ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas/2004 e prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008

Medley/Campinas
28 – André Heller – ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas/2004 e prata nos Jogos Olímpicos de Pequim/2008

Sada Cruzeiro
29 – Wallace Leandro de Souza – prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012

Vôlei Futuro
30 – Ricardo Bermudez Garcia – ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas/2004 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres/2012

Breve, mais informações. 

Deixe seu comentário