UFJF: vitória e derrota contra o Voltaço. RJX é próximo desafio

UFJF e Volta Redonda tiveram uma vitória, cada, nos amistosos de sexta-feira, 19, à noite, e sábado, 20, pela manhã, ambos na Arena UFJF (ginásio da Faefid), preparatórios para a Superliga Masculina 2012/13. O time local venceu por 4 sets a 0 no primeiro encontro. No segundo, a equipe fluminense fez 3 sets a 1, vencendo os três primeiros sets.

Nesta segunda-feira, 22, o RJX anunciou, pelo facebook, que vem a Juiz de Fora para jogos-treinos contra a equipe local. A informação foi confirmada pelo técnico da UFJF, Maurício Bara. Segundo ele, será realizado um amistoso na quinta-feira, 25, às 19h, na Arena UFJF. Na sexta, pela manhã, ainda sem horário definido, haverá um treinamento conjunto para os atletas das duas equipes. Bara destaca que os portões da Arena UFJF ficarão abertos para que o público juiz-forano possa acompanhar as duas atividades. Na outra semana, nos dias 1º e 2 de novembro, respectivamente quinta e sexta-feira, as partidas serão no Rio de Janeiro, no mesmo modelo de Juiz de Fora, com horário e local a serem definidos.

O RJX contratou os vice-campeões olímpicos Bruninho e Thiago Alves, que se juntaram aos também medalhistas Dante e Lucão. Além dos dois primeiros, chegaram também Mário Jr e Rafael (líberos), Manius (ponteiro), Athos (central) e Bernardo Roese (levantador). Os jogadores se juntam aos opostos Théo e Da Silva, aos centrais Riad e Ualas, ao levantador Guilherme, e aos ponteiros Thiago Sens e Renan, base da equipe semifinalista da última Superliga.

“Com esses amistosos fechamos um ciclo de seis jogos de preparação”, explica o técnico. O pensamento para as partidas é o mesmo de contra o Voltaço: “Iremos continuar variando a equipe e buscando a evolução jogo a jogo”, afirma Bara. O time carioca será o primeiro adversário da UFJF na Superliga, jogo marcado para 24 de novembro.

Clique, abaixo, para ampliar o arquivo com a arte da tabela da UFJF na Superliga Masculina 2012/13:

  Quatro a zero

A UFJF  fez 4 sets a 0 sobre o Volta Redonda, em amistoso realizado na noite de sexta-feira, 19. Nos três primeiros parciais, quando a equipe juiz-forana utilizou sua formação considerada titular, os números foram: 25/18, 25/19 e 25/17. No quarto, com o time que estava no banco, o placar foi de 25 a 23.

O treinador Maurício Bara disse ao Toque de Bola que gostou do rendimento da UFJF nos 4 sets a 0 sobre o Volta Redonda. “Mas amanhã (sábado, 20), é outra coisa, eles não vão engolir essa fácil”, antecipava, com justificada preocupação.

O levantador Gelinski sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda e foi substituído por Ricardinho. “É importante contarmos com mais um levantador no elenco, estamos em busca deste nome, para ficar com três. O jogo de hoje foi um exemplo da importância de ter mais uma opção. O Gelinski se machucou no primeiro set e ficamos só com a opção do Ricardinho”, avaliou o treinador.

Ricardinho disse que foi bom ter atuado quase o tempo inteiro, “para ganhar ritmo. Vinha jogando, o Gelinski entrou bem no Mineiro e tive a oportunidade hoje. Nosso elenco é muito homogêneo, todos têm condição de entrar e jogar”, observa Ricardinho. Sobre seu desempenho, mostra que é exigente: “Foi bom, mas pode ser melhor”.

No primeiro set, a UFJF começou com Gelinski, Wanderson, Japa, Juninho, Robinho, Aureliano e o líbero Fábio Paes. No quarto parcial, só Ricardinho, que entrou logo no início na vaga de Gelinski, permaneceu, e foi a vez de jogadores como Clinty, Luan, Tatinha mostrarem também  sua força.

Volta Redonda vence no sábado

O cansaço da vitória da sexta-feira parece ter abatido o time de vôlei da UFJF, que não conseguiu repetir a boa apresentação na partida deste sábado e perdeu por 3 sets a 1 (23×25 / 21×25 / 21×25 / 25×21). Os próximos amistosos da UFJF acontecem na próxima semana, com data e horário ainda a serem definidos.

O capitão da UFJF, Aureliano, afirmou que faltou paciência no time e ressaltou a expectativa para a Superliga: “Temos que ter mais calma para tomar as decisões certas. Estamos com boa expectativa para a Superliga. Estamos preparados para ser melhores do que no ano passado, pois estamos todos com o mesmo foco”. Para o técnico Maurício Bara, esses dois amistosos mostraram o equilíbrio entre as equipes: “Nó jogamos bem ontem e mal hoje e o Volta Redonda não jogou bem ontem e jogou bem hoje. Foi mérito deles que conseguiram corrigir rapidamente os erros que cometeram ontem”. Bara destacou ainda que a partir de agora os treinamentos vão ser focados na parte tática.

 O jogo

A Federal entrou em quadra neste sábado com apenas uma alteração em comparação com o jogo de sexta-feira: a entrada de Ricardinho no lugar de Danilo Gelinski, lesionado com um estiramento de grau 1, que deve afastar o atleta, de 5 a 7 dias, dos treinos. Wanderson, Japa, Juninho, Aureliano, Robinho e Fábio Paes completaram o time.

A UFJF entrou com o mesmo ritmo da última partida. Com bons saques de Ricardinho, abriu logo de cara 3 a 0 no placar. Entretanto, os visitantes não desanimaram e chegaram ao empate no 6º ponto. Na primeira parada técnica, com ace de Wanderson, a UFJF fez 8 a 6. Com pontos de ataque e bloqueio de Aureliano, a Universidade chegou ao segundo tempo técnico com 16 a 15 no placar. Quando o Voltaço virou em 19 a 18, Bara parou o jogo e pediu tempo. O time tentou, mas no final foram os visitantes que levaram a melhor: 25 a 23.

O segundo set começou com Luan e Clinty no lugar de Wanderson e Japa. Mesmo assim o Volta Redonda se aproveitou de alguns erros dos juiz-foranos e chegou no primeiro tempo técnico ma frente: 8 a 6. Os visitantes chegaram a abrir 15 a 10, mas a Universidade não desistiu e encostou no placar – 13 a 15. Mesmo assim, os cariocas chegaram ao segundo tempo técnico com 16 a 13. O set era ponto lá, ponto cá. A UFJF não conseguia emplacar o bom jogo do dia anterior e mesmo com os pontos de Luan os visitantes fecharam em 25 a 21.

No terceiro set os visitantes também começaram na frente e chegaram ao primeiro tempo técnico com 8 a 4 no placar. Bara organizou a casa e a Federal encostou – UFJF 9 x 10 Volta Redonda. No entanto os cariocas acertaram seu jogo novamente e chegaram à segunda parada técnica com 16 a 14 no placar. A torcida sentiu o bom momento e cantou o nome do time, que lutou até o último momento, mas não conseguiu vencer. Final de set: UFJF 21 x 25 Volta Redonda.

Ricardinho, Luan, Hugo, Clinty, Filipe, Lucão e Tatinho (líbero) iniciaram o quarto e último set, que começou com 5 a 0 para a UFJF. A diferença aumentou e na primeira parada técnica o placar marcava 8 a 2 para os guerreiros da Universidade. Com bons saques de Hugo, a Federal chegou ao segundo tempo técnico com 16 a 6. O Volta Redonda tentou reagir e encostar no placar – UFJF 21 x 15 VR. A Federal acordou e não deu chances para o azar: UFJF 25 x 21 Volta Redonda.

Texto e informações segundo jogo: assessoria 

Foto: Toque de Bola

Deixe seu comentário