Pior ataque, Tupi treina em dois períodos

A terça-feira, 9, foi de muito trabalho em Santa Terezinha. O técnico Antônio Carlos Roy parece decidido a fazer o ataque carijó desencantar na Série C. Afinal, a equipe juiz-forana tem a pior marca de toda a Terceirona ao lado do Madureira, com 12 gols marcados em 15 jogos, média de 0,8. Para que a bola volte a entrar, treinou insistentemente chutes a gol e outras jogadas ofensivas.

Ele comandou atividades em dois períodos. Pela manhã, os jogadores carijós treinaram finalizações por mais de hora. À tarde, dois toques em meio campo, onde três equipes se alternavam. O objetivo deste treinamento é privilegiar o raciocínio rápido e conclusões. A cada chute de longe, um elogio, dando a entender que deseja ver o Tupi batendo de fora da área contra o Brasiliense no sábado, 13, às 16h, no Distrito Federal. Ao final do treino técnico, mais finalizações.

Poupados

Quatro importantes jogadores do elenco carijó ficaram de molho. Ademílson, que voltou a treinar após duas semanas no Departamento Médico, correu em volta do gramado. Allan, Léo Salino e Silvio foram poupados, sendo que os dois últimos fizeram aplicação do gelo. Segundo o médico César Esteves, a utilização de Ademílson depende de avaliação dos preparadores físicos. Os demais, ele acredita que não deverão ser problema para o técnico Roy.

“O Salino, o Silvio e o Allan foram poupados por sentirem dores musculares. Acredito que amanhã [quarta-feira] no treinamento do Estádio Municipal, eles vão participar normalmente. O Ademílson está voltando, ficou duas semanas parado, mas não está mais no Departamento Médico. Ele fica a cargo dos preparadores físicos”, diz.

Se depender da vontade dos jogadores, eles não ficarão de fora da partida contra o Brasiliense. “Não preocupa, não. Eu já estava com uma lesão nesta perna e vinha jogando assim. Depois do jogo senti um incômodo leve, nada que preocupe. Amanhã [quarta-feira] já volto a treinar normalmente e, se Deus quiser, isso não vai impedir que eu jogue”, afirma o zagueirão Silvio, discurso semelhante ao de Salino. “Acho terei condições de jogo para esta partida. Fui poupado por causa das dores no púbis. Na quinta e na sexta vou treinar para a gente conseguir essa vitória”.

Macaé e Madureira empatam

Macaé e Madureira empataram em 0 a 0 na noite desta terça-feira, em Macaé, em jogo adiado da 15ª rodada do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. O melhor resultado para o Tupi, na luta contra o descenso, seria a derrota do Madureira, mas o empate também evita que o tricolor suburbano fique muito acima do carijó na classificação – o Madureira tem 16 pontos, contra 14 do Tupi.

[wpfootball id_league=7 id_template=2]

Deixe seu comentário