Com gol de cabeça de Nem, Flu bate Santos e assume liderança. Palmeiras vence Sport

Desta vez, o Fluminense aproveitou. Na terceira oportunidade consecutiva de ultrapassar em número de pontos o Atlético Mineiro na liderança do Brasileiro, o tricolor carioca não vacilou. Jogando um bom primeiro tempo, o Flu fez 3 a 1 sobre o Santos, no Engenhão, no complemento da 22ª rodada, terceira do returno. O resultado coloca a equipe carioca com 47 pontos, dois a mais que o Atlético, que, no entanto, ainda tem um jogo a menos em relação ao líder – diante do Flamengo, dia 26, no Engenhão, partida adiada do turno.

Explorando bem as jogadas pela esquerda, com Carlinhos apoiando de forma eficiente e buscando também servir os companheiros, o Flu abriu o placar com Welington Nem. Carlinhos passou para Jean, que cruzou na medida para Nem abrir o placar, aos 20 minutos. Pouco depois, o Santos, que vinha ameaçando nos contra-ataques, empatou depois que André aproveitou furada do zagueiro Digão. Ainda no primeiro tempo, porém, após tabela com Carlinhos, o meia Wágner cruzou na pequena área, e o pequenino Nem desempatou, num gol de cabeça. Ele dividiu pelo alto com outro baixinho, o lateral Juan.

Na etapa final, o jogo caiu de produção, mas o torcedor tricolor foi presenteado com um belo gol do atacante Samuel, reserva imediato do ídolo Fred. Num contra-ataque, Thiago Neves lançou o atacante na esquerda. Samuel percebeu o goleiro Rafael, do Peixe, adiantado, e colocou por cobertura, surpreendendo até os companheiros que esperavam o passe para concluir o lance. Fluminense 3, Santos 1, e motivos de sobra para a torcida do clube carioca pegar no pé de Muricy, técnico hoje do Santos, que deixou as Laranjeiras de forma pouco elegante, criticando muito a falta de estrutura, segundo ele, do clube tricolor.

No Pacaembu, o Palmeiras fez 3 a 1 sobre o Sport, em jogo da parte de baixo da tabela. Os gols saíram no segundo tempo. Em falha de Magrão, goleiro que atravessa ótima fase, Corrêa fez 1 a 0 para o Porco, mas logo em seguida Rivaldo empatou, chutando de fora da área. Também pouco depois, Thiago Real desempatou para o Palmeiras, entrando por trás da zaga do time pernambucano e concluindo com eficiência na saída do goleiro. Obina fez o gol do alívio, fechando o placar em Palmeiras 3, Sport 1. Os dois times seguem na zona de rebaixamento.

Foto: site oficial do Fluminense

[wpfootball id_league=6 id_template=2]

Deixe seu comentário