Cruzeiro e Atlético empatam em jogo quente: 2 a 2. Fla e Bota empatam em jogo frio: 0 a 0

Cruzeiro e Atlético Mineiro empataram em 2 a 2 no complemento da 19ª rodada – última do turno – do Campeonato Brasileiro, no início da noite deste domingo, 25, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, com mando de campo e torcida exclusiva da Raposa. O clássico foi movimentado e tumultuado, chegando a ficar paralisado por sete minutos no início do segundo tempo, quando objetos foram atirados no gramado.

O primeiro tempo terminou 1 a 1, gols de Wallyson (que substituiu Fabinho, contundido logo no começo da partida), aos 16, em contra-ataque, e do zagueiro Leonardo Silva, num golaço que nem parecia de zagueiro, já nos instantes finais, aos 47. No segundo tempo, o Atlético virou com Ronaldinho Gaúcho, numa jogada individual espetacular do meia, aos 45 minutos.

Como o jogo ficou paralisado, o árbitro Nielson Nogueira Dias (PE) deu sete minutos para repor o tempo, na confusão iniciada pela expulsão de Bernard, do Galo, e Leandro Guerreiro, da Raposa. Aos 52 minutos, acrescentou quatro, e ainda pediu mais um minuto, depois da expulsão de Pierre e do atendimento ao lateral Junior Cesar, que acabara de evitar o gol de empate após um escanteio. Com  56 minutos, àquela altura com dez contra oito, o Cruzeiro chegou ao empate, gol do zagueiro Mateus em jogada de Montillo pela esquerda. O Galo reclamou muito de uma falta na origem do lance, que teria sido cometida justamente pelo meia argentino.

No Engenhão, faltou emoção. Flamengo e Botafogo não saíram do empate em 0 a 0. Vágner Love chegou a ter um pênalti sobre ele marcado por Péricles Bassol, mas o árbitro voltou atrás quando aceitou a marcação de impedimento no início do lance. Na etapa final, Liedson cabeceou na trave. O Botafogo teve a sua principal chance numa falta cobrada por Seedorf que passou muito perto do gol.

No clássico do Pacaembu, o São Paulo derrotou o Corinthians de virada por 2 a 1, gols de Emerson Sheik e Luís Fabiano no primeiro tempo, e novamente Luis Fabiano na etapa final. O “Fabuloso” se juntou a Fred e Vágner Love, cada um com nove gols, empatados na artilharia da competição.

Já no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre, o Internacional não aproveitou o mando de campo e perdeu por 1 a 0 para o Grêmio, gol de Elano, ainda no primeiro tempo.

Os outros resultados de domingo foram: Figueirense 3×1 Coritiba, com três gols de Aloísio para o Figueira, Bahia 1×1 Atlético-GO e Sport 0x0 Náutico.

Ainda restando Flamengo x Atlético-MG, adiado para setembro, o Galo de BH termina o primeiro turno com a liderança assegurada, com um ponto a mais e um jogo a menos em relação ao vice-líder Fluminense. Grêmio e Vasco, este com queda de rendimento após a saída de vários jogadores, completam o G-4. Na zona de rebaixamento, estão Palmeiras (já classificado poara a Taça Libertadores por ser o campeão da Copa do Brasil), Atlético-GO, Sport e Figueirense.

Foto: site oficial do Cruzeiro

[wpfootball id_league=6 id_template=2]

Deixe seu comentário