Atlético empata mesmo com um a mais por 70 minutos. Flu empata, Fogo vence e Fla perde

O líder Atlético Mineiro empatou com o lanterna Atlético Goianiense em 1 a 1 na noite desta quarta-feira, 15, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ernandes marcou para o time da casa num belo chute de fora da área, sem marcação. Ainda no primeiro tempo, Bernard empatou. Mesmo fora de casa, os mineiros não comemoraram muito o resultado. É que o time atuou com um homem a mais desde os 21 minutos do primeiro tempo, quando Joilson foi expulso.

No Estádio Independência, em Belo Horizonte, Cruzeiro e Fluminense também ficaram no 1 a 1, e também com gols assinalados na etapa inicial. Welington Paulista, logo aos 2, e Fred, já no final, marcaram. A arbitragem de Paulo Henrique Godoy Bezerra conseguiu desagradar às duas equipes. Welington parece ter ajeitado a bola com a mão no lance do gol. A Raposa reclama pênalti não marcado sobre Everton, na etapa inicial. O tricolor protesta contra pelo menos três impedimentos mal marcados e também um pênalti no segundo tempo.

No Olímpico, o Grêmio perdeu por 2 a 1 para a Portuguesa. A Lusa chegou a abrir 2 a 0, gols de Ananias, no primeiro tempo, e Bruno Mineiro, na etapa final. Kleber descontou para o tricolor gaúcho, já aos 42.

No Engenhão, só no segundo tempo surgiram os gols da vitória do Botafogo por 2 a 0 sobre o Sport. Elkeson fez o primeiro, aproveitando-se de uma bola mal rebatida pela zaga do time pernambucano, e o craque holandês Seedorf ampliou, em jogada individual: arrancou depois de roubar uma bola na intermediária, e bateu firme para vencer o goleiro Magrão. Mesmo com a vitória, parte da torcida alvinegra protestou e pichou muros do estádio.

Em Campinas, a Ponte perdeu por 2 a 0 para o Bahia, gols de Gabriel e Souza.

Na Arena Barueri, o Flamengo perdeu Ibson, expulso aos 29 minutos do primeiro tempo pelo árbitro Celso Amorim, e o Palmeiras venceu o jogo por 1 a 0, gol de Barcos, também na etapa inicial, aos 32, em impedimento não assinalado.

Em Recife, o Náutico “atropelou” o São Paulo por 3 a 0, gols de Kieza, cobrando pênalti, e Araújo, estes no primeiro tempo, e um incrível gol contra de Rogério Ceni na etapa final. Depois de escanteio da direita, Ceni dá um soco na bola, que vai para trás e não toca em outro jogador antes de ganhar as redes.

O complemento da 17ª rodada prevê para esta quinta-feira, às 21h: Vasco x Coritiba, Figueirense x Santos e Corinthians x Internacional.

[wpfootball id_league=6 id_template=2]

Deixe seu comentário