SARH e Guarda Municipal são as campeãs do 11º Campeonato Interno de Futebol da PJF

As equipes finalistas do 11º Campeonato Interno de Futebol da PJF entraram em campo, no último sábado, 28, para disputar o título do torneio, organizado e coordenado pelas secretarias de Administração e Recursos Humanos (SARH) e de Esporte e Lazer (SEL). Os jogos aconteceram pela manhã, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

O primeiro duelo foi entre os times da Secretaria de Administração (SARH) e da Secretaria de Obras (SO), pela categoria Veterana. A equipe da SARH saiu na frente, com os gols de Luciano Mendes e William Barroso, ainda no primeiro tempo. Conhecida pela habilidade em “virar o jogo”, a SO não deu descanso e pressionou nos últimos 35 minutos de partida, oferecendo perigo até o apito final.

Mesmo com uma disputa acirrada, a SARH conseguiu segurar o resultado, vencendo por 2 x 0. Para Wilhans Moraes, técnico da equipe e coordenador do Campeonato, “a humildade do time, a seriedade no jogo e a bola na rede” foram decisivas para que a SARH erguesse a taça de campeã.

Logo após a primeira decisão, foi hora da bola rolar para os times da SARH/ Guarda Municipal e da Secretaria de Obras, na categoria Adulto. A velocidade dos jogadores imprimiu ritmo à partida, marcada por jogadas perigosas que empolgaram a torcida e deram trabalho aos goleiros. A cada boa defesa, um grito de incentivo ou uma expressão de alívio nas arquibancadas.

Enquanto os torcedores faziam festa, empurrando os times, a Guarda Municipal marcava o primeiro gol com Cristian. Apesar de ter um bom ataque, a SO não conseguiu evitar que o adversário ampliasse o placar, dessa vez com Michel Passos. No intervalo, jogadores e comissões técnicas aproveitaram para acertar as táticas de jogo. No segundo tempo, os times voltaram com força total e a SO ainda marcou, com a cobrança de pênalti de Erivelto Acácio. Fim de jogo, vitória da SARH/ Guarda Municipal, por 2 a 1.

Para o capitão da equipe da SO, “o time jogou bem, mas no futebol os detalhes fazem a diferença”, argumentou. Nas palavras do técnico dos vice-campeões, José Geraldo Ferreira da Silva, “faltou sorte”. Mas ele ressalta o mérito da equipe: “nosso time estava desacreditado e, mesmo assim, chegamos à final. Agora é continuar trabalhando. Quem sabe no próximo…”, diz, demonstrando o desejo de chegar novamente a uma final do campeonato. Já o GM Santoro, técnico da equipe da Guarda, ressaltou o clima de paz e respeito que marcou o torneio. “O objetivo maior da competição foi alcançado: a integração entre os participantes”.

Confira, abaixo, as demais premiações do campeonato:

Artilharia:

Luzmar dos Santos Júnior – time Adulto do Demlurb – 8 gols

Márcio Alexandre Meirelles – equipe Veterana da SARH – 5 gols

 

Defesa menos vazada:

Categoria Adulto – SARH/ Guarda Municipal – Média 0,80

Categoria Veterana – SARH – Média 1,20

 

Taça Disciplina:

Categoria Adulto – SPDE – Média 0,25

Categoria Veterana – Demlurb– Média 0,67

 

Texto e informações: Assessoria de Comunicação da SARH

Deixe seu comentário