“Jogadaça” de Bernard garante liderança do Brasileiro ao Atlético Mineiro

Uma bela jogada de Bernard, pela esquerda, que aplicou dois lençois consecutivos sobre zagueiros diferentes do Grêmio pela esquerda e cruzou para Jô marcar, sem deixar a bola quicar, garantiu a vitória do Atlético Mineiro no Estádio Olímpico por 1 a 0, e o resultado valeu a liderança do Campeonato Brasileiro ao Galo da capital mineira.

Ronaldinho Gaúcho, vaiado a cada toque na bola, comemorou em campo de maneira muito especial a vitória sobre seu ex-clube.

A sétima rodada teve três líderes diferentes em seu desenrolar. No sábado, o Fluminense, com grande atuação do goleiro Diego Cavalieri e dois gols do atacante Samuel, em jogadas iniciadas por Deco, venceu o Náutico em Recife por 2 a 0 e ali assumia a liderança.  Ainda no sábado, porém, o Vasco virou sobre a Ponte Preta – perdia por 2 a 1 e venceu por 3 a 2 – e “tomou” o primeiro lugar do tricolor carioca. Alecsandro, artilheiro da competição, Éder Luís e Diego Souza, este de pênalti, marcaram para o Vasco em São Januário.

O Cruzeiro perdeu, no Estádio Independência, para o São Paulo por 3 a 2, e a derrota afastou a Raposa da briga pela liderança na rodada.

No domingo, além da vitória do Atlético sobre o Grêmio, foram disputados mais cinco jogos: Flamengo 3×2 Atlético-GO, Coritiba 2×3 Sport, Portuguesa 0x0 Santos, Bahia 1×1 Internacional e Palmeiras 3×1 Figueirense.

O Flamengo teve como destaques um veterano e um jovem. Renato Abreu marcou dois belos gols de falta, o primeiro chutando forte e empatando o jogo na etapa inicial – o Atlético vencia por 1 a 0, gol de Felipe, e o rubro-negro jogava muito mal. Na etapa final, o jovem Adryan foi lançado, e o time subiu de rendimento. Adryan marcou o gol de desempate, emendando de primeira passe da direita, de Amaral. O terceiro gol foi de Renato, cobrando falta “colocada”. O Atlético ainda marcou mais um gol, com Felipe, mas não havia mais tempo para novo empate.

O Coritiba, com equipe mista em função das finais da Copa do Brasil, chegou a abrir 2 a 0 sobre o Sport, mas, mesmo em casa, permitiu a reação. Também finalista da Copa do Brasil, o Palmeiras, em Barueri, fez o inverso. Saiu perdendo, num golaço do atacante Júlio César, de voleio, e virou para 3 a 1, gols de Roman, ainda na etapa inicial, e dois gols depois dos 39 minutos do segundo tempo, ambos marcados pelo atacante Barcos.

A sétima rodada teve um jogo adiado. Corinthians e Botafogo tiveram o duelo adiado para 11 de julho, em função das finais da Taça Libertadores da América – o Timão empatou com o Boca Juniors em 1 a 1 na Bombonera e a decisão será na quarta-feira, 4, no Pacaembu.

[wpfootball id_league=6 id_template=2]

Deixe seu comentário