Atlético vence de virada e abre 2 pontos sobre vice-líder Vasco. Flu e Botafogo empatam, e Fla vence

O Atlético Mineiro deu mais uma demonstração de força neste início de Campeonato Brasileiro. Na abertura da nona rodada, sábado, 14, bateu o Figueirense em Florianópolis por 4 a 3, de virada, depois de estar perdendo por 3 a 1 já no segundo tempo. O resultado mantém o Galo da capital na liderança isolada, seja qual for o desfecho da rodada, neste domingo, 15.

Os outros jogos que abriram a rodada foram: Corinthians 2×1 Náutico, também de virada, e Ponte Preta 4×1 Coritiba, com três gols do atacante Roger.

Empate no clássico, Vasco e Flamengo vencem

Fluminense e Botafogo empataram em 1 a 1 na tarde de domingo, 15, no Engenhão. A partida foi marcada por muitos erros de passes das duas equipes. Os gols surgiram no segundo tempo. Fred, de cabeça, após escanteio da esquerda, abriu o placar, e Andrezinho, também de cabeça, empatou, após grande jogada do lateral Márcio Azevedo pela esquerda.

Em Pituaçu, o Flamengo venceu o Bahia por 2 a 1. No primeiro tempo, Hernani fez Fla 1 a 0 e o veterano e ex-rubro-negro Kleberson empatou. Ainda na etapa inicial, aos 44, Luis Antônio, atuando como lateral-direito, foi expulso. Na etapa final, pênalti inexistente sobre Ibson foi convertido por Renato Abreu, e o time de Joel Santana fechou o placar em 2 a 1.

Em São Januário, o Vasco suou para vencer o lanterna Atlético-GO por 1 a 0, gol de Alecsandro logo no início do jogo. O Atlético pressionou e chegou a acertar duas vezes a trave cruzmaltina, que, no entanto, somou três pontos e assumiu a vice-liderança.

Em Porto Alegre, Internacional e Santos, desfalcado dos craques que servem à “seleção olímpica”, como Neymar, Rafael e Leandro Damião, não saíram do 0 a 0. Em Belo Horizonte, o Cruzeiro perdeu para o Grêmio por 3 a 1, gols de Marcelo Moreno (2) e Kleber, descontando Welington Paulista, cobrando pênalti, este já nos instantes finais no Estádio Independência.

Em Recife, o Sport bateu a Portuguesa de Desportos por 2 a 1. No clássico entre Palmeiras e São Paulo, em Barueri, deu empate em 1 a 1, gols de Luís Fabiano para o tricolor, na etapa inicial, e Mazinho para o campeão da Copa do Brasil, no segundo tempo. Quando o resultado era de 1 a 0, Valdivia desperdiçou um pênalti.

Atlético vence com reação espetacular

Veja, abaixo, texto publicado no site oficial do Atlético Mineiro, classificação e jogos do Brasileirão:

O Atlético manteve a liderança isolada do Campeonato Brasileiro ao vencer o Figueirense de virada, por 4 a 3, neste sábado, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Os gols atleticanos foram de Ronaldinho, Leonardo Silva, Bernard e Guilherme, com Anderson Conceição, Júlio César e Ronny marcando para o time catarinense.

Com o triunfo em Santa Catarina, o 4ª consecutivo no Brasileirão, o Galo chegou a 22 pontos. Na próxima rodada, o adversário será o Internacional, quarta-feira, no Independência.

O jogo – A primeira chance do jogo foi do Atlético na jogada de Bernard pela esquerda e o goleiro Wilson saiu para interceptar o cruzamento. Aos seis minutos, Marcos Rocha arriscou de fora da área e a bola explodiu no travessão.

Aos 17 minutos, Marcos Rocha recebeu lançamento preciso de Ronaldinho pela direita, driblou seu marcador e cruzou, a bola encontrou Bernard do lado esquerdo e ele cruzou rasteiro para trás, encontrando o próprio Marcos Rocha, que sofreu pênalti. Ronaldinho fez a cobrança com categoria, no canto esquerdo do goleiro, e abriu o placar para o Galo: 1 x 0.

Aos 37 minutos, o Figueirense empatou com Anderson Conceição. O Atlético levou perigo na cobrança de escanteio de Ronaldinho, cortada pela defesa catarinense. Aos 45, Júlio César marcou para o Figueirense.

Segundo tempo – O Atlético retornou do intervalo com duas alterações: Leandro Donizete e Danilinho foram substituídos por Serginho e Guilherme, respectivamente.

Aos cinco minutos, Guilherme sofreu falta na entrada da área pela direita, Ronaldinho fez a cobrança e a bola bateu na rede pelo lado de fora.

O Atlético quase empatou no cruzamento rasteiro de Jô que Bernard não conseguiu completar por muito pouco. Aos 13 minutos, Ronny fez o terceiro do Figueirense. O Galo reagiu aos 20 minutos com o gol de cabeça de Leonardo Silva, completando cruzamento de Ronaldinho em cobrança de falta.

Aos 25, Jô recebeu lançamento de Ronaldinho pela esquerda e cruzou na medida para Bernard cabecear para o gol: 3 x 3.

O Galo virou o placar aos 30 minutos com Guilherme, que chutou de primeira depois do cruzamento rasteiro de Serginho pela direita. Dez minutos depois, Júnior César cruzou pela esquerda e Jô cabeceou para a defesa de Wilson.

Nos minutos finais, Ronaldinho deixou campo para a entrada de Richarlyson.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 3 x 4 ATLÉTICO

Motivo: Campeonato Brasileiro (9ª rodada)

Data: 14/7/2012

Estádio: Orlando Scarpelli

Cidade: Florianópolis (SC)

Gols: Ronaldinho (17’), Anderson Conceição (37’), Júlio César (45’), Ronny (58’), Leonardo Silva (65’), Bernard (70’), Guilherme (75’)

Árbitro: Luis Flávio de Oliveira (Asp. Fifa-SP)

Auxiliares: Vicente Romano Neto (Asp. Fifa-SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Cartões amarelos: Ronaldinho, Jô, Marcos Rocha, Guilherme, Serginho (Atlético); Coutinho (Figueirense)

Figueirense

Wilson; Coutinho, Anderson Conceição, Fred e Helder; Fabiano Silva, Doriva, Almir (Ronny) e Caio; Júlio César e Loco Abreu (Aloísio). Técnico: Argel.

Atlético

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rafael Marques, Leonardo Silva e Júnior César, Pierre, Leandro Donizete (Serginho), Bernard e Ronaldinho (Richarlyson); Danilinho (Guilherme) e Jô. Técnico: Cuca.

Texto: Toque de Bola, com informações do site oficial do Atlético Mineiro

Foto: reprodução www.espn.com.br

[wpfootball id_league=6 id_template=2]

 

Deixe seu comentário