Veja como foi a missa do centenário

Está na Bíblia e foi lido na Missa celebrada na manhã deste sábado (26/maio), na sede social do Tupi Futebol Clube, em louvor aos 100 anos do Galo: “A realeza do mundo passou agora e ele reinará pelos séculos dos séculos” (livro do Apocalipse, capítulo 11, versículo 15).

E estavam todos lá, do técnico eterno Geraldo Magela (85 anos) a Raphael Stopa Martins (13 anos, membro da torcida organizada Tribo Carijó), passando por ex-jogadores (João Pires, Murilo e Valdete), dirigentes atuais (Áureo Fortuna e Roberto Maranhas), jornalistas – a trabalho ou não –, vereadores (Isauro Calais, PMN) e ex-vereadores (Oliveira Tresse), parceiros do Galo (como a Astransp) e gente de muito longe, como o torcedor João Delvaux, vindo diretamente de Brasília-DF, para as comemorações.

Muito foi dito, por Áureo Fortuna e Geraldo Magela, principalmente. Palavras de agradecimento a quem fez o passado, a quem luta no presente e aqueles que serão o futuro. E pelo padre Sérgio Luís e Silva, da Paróquia Nossa Senhora da Glória. Enfatizando o dom e a importância do Esporte e a necessidade de uma “memória positiva”. E no primeiro evento do primeiro dia do Centenário marcaram também as palavras bíblicas, também na Carta de São Paulo aos Filipenses: “Ocupai-vos com tudo o que é verdadeiro, nobre, justo, puro, amável, honroso, virtuoso ou que de qualquer modo mereça o louvor”.

Texto e fotos: assessoria Tupi

Deixe seu comentário