Confirmado no Tupi, Moacir quer mais um jogador para cada posição

Jogadores e comissão técnica do Tupi se reapresentaram na manhã desta quinta-feira, 3, em Santa Terezinha. O momento é de planejar a participação na Série C do Campeonato Brasileiro, que tem início para o Carijó em 26 de maio, data em que o clube completa cem anos de fundação. A manutenção do técnico Moacir Júnior está garantida. O treinador acertou com o Alvinegro até o final da competição nacional. A manhã também marcou a entrega das medalhas referentes ao título de campeão do interior ao elenco.

O treinador iniciou a programação para a participação na Terceirona ainda na quarta-feira. Segundo ele, esta quinta-feira será dedicada à negociação entre diretoria e atletas. Entretanto, a base que vem desde a conquista da Série D deve ser mantida. Em entrevista à imprensa, ele destacou a necessidade de reforçar o elenco. “Dentro do orçamento do clube, será necessário reforçar alguns setores (…) Uma reformulação se passa em todos os setores. Se depender de mim vai chegar um goleiro, um lateral-esquerdo, um lateral-direito, um ou dois zagueiros, um segundo volante, um ou dois terceiro homem [meio de campo], mais um meia-atacante, um atacante de beirada, um atacante de área… Ou seja, praticamente um jogador por setor, com intuito de ajudar aqueles que aqui estão melhorarem o seu nível de performance”, revela.

Moacir disse que caberá à diretoria alvinegra decidir o futuro daqueles jogadores que têm contrato chegando ao fim. Entre está o polivalente Henrique, cujo contrato se encerra no próximo dia 15. “Até o dia 15 sou atleta do Tupi e tenho que cumprir com as minhas obrigações. Vamos sentar e conversar ao longo da semana para ver o que é melhor para ambas as partes. Tenho enorme carinho pelo Tupi e quero muito que esta equipe cresça cada vez mais e, em consequência, buscar a Série B. Se for dessa forma, devo continuar. Mas é o que eu falei: vamos conversar”, expôs.

Em relação à competição nacional, o atacante Allan acredita que o Tupi chega fortalecido após ser semifinalista do Campeonato Mineiro. “O respeito das equipes adversárias vai dobrar. A gente vem do título da Série D, depois termina o Campeonato Mineiro atrás apenas de Atlético, Cruzeiro e América… Acho que isso foi bom para o Tupi chegar com mais moral”, avaliou.

Opinião semelhante é a do zagueiro Wesley Ladeira. “Acho que o time entra mais forte. Agora, o professor Moacir vai ter a oportunidade de montar o seu grupo. Vamos fazer uma inter-temporada para entrar bem na Série C com grandes chances de subir para a Série B.

Confira a situação dos contratos de todos os atletas do elenco carijó

Vencimento em 15 de maio/2012
Henrique, Jailton e Ulisses

Vencimento em 23 de maio/2012
Evandro Paulista

Vencimento em 31 de outubro de 2012 (Final da Série C)
Bruno, Eládio, Fabrício Soares, Flávio, George, Jefferson, Léo Salino, Maguinho, Michel Cury, Renan, Rodrigo, Sílvio, Victor Hugo e Willian

Vencimento em 31 de dezembro de 2012
Cassiano e Paulinho

Vencimento em 15 de maio de 2013 (Final do Campeonato Mineiro)
Allan, Assis, Michel Loures e Wesley Ladeira

Vencimento em 30 de novembro de 2013
Ademílson

Novidades desta sexta

Deon, do Atlético de Alagoinhas (BA), é o nome do reforço que o Toque de Bola antecipou e mais tarde foi confirmado pela diretoria. Deon teria se destacado ao marcar oito gols nesta temporada.

O meia ofensivo Deon (José Aldeon Oliveira de Jesus) nestes primeiros meses de 2012 se destacou no Campeonato Baiano, atuando pelo Atlético de Alagoinhas. Ele tem 24 anos e passagens por Fluminense de Feira de Santana (BA) e Vila Nova (GO). A apresentação do atleta está marcada para quarta-feira, 10, em Santa Terezinha.

O nome anunciado antes, este oficialmente, foi do zagueiro Adalberto – formado no Tupi e campeão brasileiro da Série D em 2011 – está de volta. Ele estava no Americano, de Campos, e tem apresentação marcada para a tarde desta sexta, 4.

O meio-campista Ulisses – que pertence ao América-BH e tem contrato com o Tupi Futebol Clube até 15 de maio – não ficará em Santa Terezinha para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. Na manhã desta sexta-feira (4/maio), ele acertou oficialmente com a diretoria Carijó seu retorno ao clube de Belo Horizonte.

Outro que não deve permanecer no elenco é o zagueiro Willian, que manifestou sua intenção de regressar ao seu clube de origem, a Ponte Preta (SP).

 

Este post tem um comentário

  1. Eurico Moura

    Sempre bom ver um profissional competente, tradicional, carijó, fazendo um trabalho de divulgação do nosso tradicional e centenario representante no futebol, assim como em outras modalidades esportivas. Toda vez que temos a oportunidade de vê-lo no TOQUE e porque não, em aparições na mídia, ficamos orgulhosos de sua dedicação e competência. Com certeza, sua pessoa é figura carismática, semmspre defensora do glorioso TUPI FOOTBALL CLUB. Rumo a Série B por esse Brasil.

Deixe seu comentário