Tupi é campeão do Interior e semifinalista do Mineiro. Novo encontro é domingo

A Federação Mineira divulgou as datas das semifinais do Campeonato Mineiro. Tupi e Atlético voltam a se enfrentar domingo, 22, às 16h, novamente no Estádio Mário Helênio. A partida de volta, dia 28, sábado, pode ser no Estádio Independência.

JOGOS DE IDA

 22/04 – Tupi x Atlético

Local: Mário Helênio / Juiz de Fora – 16h

22/04 – América x Cruzeiro

Local: Arena do Jacaré / Sete Lagoas – 18h30

JOGOS DE VOLTA

 28/04 – Atlético x Tupi – 18h30

Local: Arena do Jacaré / Independência (Aguardando homologação dos laudos do Ministério Público)

29/04 – Cruzeiro x América – 16h

Local: Arena do Jacaré / Independência (Aguardando homologação dos laudos do Ministério Público)

 

Galos “iguais”

Tupi e Atlético-MG ficaram no empate sem gols na tarde deste domingo, 15, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro, em jogo realizado no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. O resultado agradou as duas equipes. Para o Tupi, garantiu o título de campeão do interior e a vaga entre os semifinalistas. Essa é quarta vez que o Carijó chega ao posto de melhor equipe do interior e a quinta vez que figura entre os quatro primeiros do Estadual. Pelo lado do Atlético, o resultado garantiu o primeiro lugar geral na fase classificatória. Os dois times voltam a se enfrentar no próximo final de semana, mas dessa vez no primeiro jogo da semifinal. A outra semifinal será entre Cruzeiro e América-MG. Uberaba e Democrata-GV estão rebaixados para o Módulo II do Mineiro.

Clique aqui para ver galeria de fotos de Tupi x Atlético e os bastidores no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Bola rolando

O Tupi foi superior ao Atlético-MG nos 45 minutos iniciais da partida desde domingo. O Carijó dominou as ações e desperdiçou duas chances claras para abrir o placar, ambas salvas pelo goleiro Giovanni, que foi para o intervalo como principal nome da primeira etapa.

Mas, a primeira chance de gol foi do Atlético-MG. Aos nove minutos, Escudero chutou da meia lua para grande defesa de Rodrigo, que desviou para escanteio. Depois da cobrança, a bola sobrou para Danilinho, que isolou. Essa foi a principal chance do Galo da capital em todo o primeiro tempo.

O Tupi mostrava entrosamento e, com toques rápidos, conseguia envolver a defesa atleticana. Aos 15, Allan recebeu bola na defesa carijó e descolou excelente lançamento em profundidade para o veterano Ademílson. Mesmo aos 37 anos de idade, Adê ganhou na corrida dos zagueiros atleticanos, invadiu a área e chutou em cima do goleiro Giovanni.

A outra chance clara do Tupi aconteceu aos 34 minutos. Ademílson voltou para buscar jogo, arrancou e enfiou passe de trivela para Allan que, próximo à área, tocou de primeira para Léo Salino. O volante concluiu livre na marca do pênalti para grande defesa de Giovanni.

O jogo caiu de ritmo na segunda etapa e as chances de gol ficaram raras. Aos 27, Jailton dominou na intermediária, saiu de um marcador e chutou com perigo ao gol de Giovanni. A partir dos 30, os dois times passaram a demonstrar claramente que estavam satisfeito com o resultado. O Atlético-MG começou a tocar bola na defesa, enquanto todos os jogadores do Tupi se posicionavam antes da linha central. A situação irritou a torcida presente ao Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, que passou a ensaiar vaias. Mesmo assim, a situação não mudou dentro de campo. A única jogada mais incisiva saiu dos pés de Henrique. O jogador arricou da intermediária com a bola raspando o travessão. Final de jogo: 0 a 0.

Tupi: Rodrigo; Flávio, Silvio (William), Wesley Ladeira e Fabrício Soares (Assis); Jailton (Ulisses), George, Léo Salino e Henrique; Ademilson e Allan. Técnico: Moacir Júnior.

Atlético-MG: Giovanni; Carlos César, Luiz Eduardo, Rafael Marques (Lima) e Richarlyson; Rever, Fillipe Souto, Escudero (Neto Berola) e Bernard; Danilinho (Mancini) e André. Técnico: Cuca.

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva
Cartões amarelos: Leo Salino (Tupi) Danilinho, Rever e Neto Berola (Atlético)

Público: 14.942 pagantes
Renda: R$ 176.380,00

A campanha do Tupi

0 x 1 – Caldense, em Poços de Caldas
0 x 1 – Nacional, em Juiz de Fora
0 x 3 – Cruzeiro, em Sete Lagoas
2 x 1 – Uberaba, em Juiz de Fora, gols de Wesley Ladeira e Henrique
3 x 0 – Boa Esporte, em Juiz de Fora, gols de Ademilson/2 e Silvio
3 x 1 – América-TO, em Teófilo Otoni, gols de Henrique/2 e Ademilson
0 x 0 – Villa Nova, em Juiz de Fora
3 x 1 – Guarani, em Juiz de Fora, gols de Ademilson, Michel Cury e Allan
2 x 1 – América-BH, em Sete Lagoas, gols de Wesley Ladeira e Ademilson
1 x 2 – Democrata-GV, em Governador Valadares, gol de Henrique
0 x 0 – Atlético, em Juiz de Fora

Outros resultados da 11ª rodada

Cruzeiro 3 X 2 Uberaba Local: Arena do Calçado, em Nova Serrana
América 0 X 4 Guarani Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Villa Nova 0 X 2 Nacional / Nova Serrana Local: Castor Cifuentes, em Nova Lima
Boa 1 X 0 Caldense Local: Melão, em Varginha
América – Teófilo Otoni 2 X 0 EC Democrata Local: Nassri Mattar, em Teófilo Otoni

[wpfootball id_league=5 id_template=2]

Deixe seu comentário