Após fugir da ‘via-crúcis’, Tupi quer beliscar fora, mas tem 3 desfalques

Juiz de Fora (MG), 12 de março de 2012

Pouco a pouco a tranquilidade volta a reinar em Santa Terezinha. Com isso, o ambiente tenso observado após as três derrotas no início do Campeonato Mineiro vai dando lugar à esperança de que ainda é possível sonhar com a classificação para as semifinais. Depois das vitórias nos últimos dois jogos, o Tupi abriu dois pontos da zona de rebaixamento e está a apenas dois pontos do G4. Detalhe: o Carijó tem um jogo a menos que a maioria dos adversários. “Se não conquistássemos esses três pontos, o campeonato seria uma via-crúcis, um calvário para a gente”, disse o técnico Moacir Júnior após a vitória sobre o Boa Esporte, no último sábado, 10.

Inegavelmente, o principal responsável pela mudança no ambiente da equipe juiz-forana foi é o treinador, que chegou para apagar o “fogo” e tem conseguido colocar a equipe novamente dos trilhos. No sábado, 10, ele teve seu nome gritado pelos torcedores que compareceram ao Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Durante a entrevista coletiva, revelou que a vitória seria importante para que pudesse voltar a dormir, o que não estava conseguindo. Além disso, disse que sua pressão estava mais alta que o normal. Agora, parece que o coração dele e dos torcedores carijós já batem bem mais tranquilos.

Moacir gosta de traçar a estratégia das equipes que comanda dividindo o campeonato em etapas. Foi assim em sua primeira passagem pelo Carijó. Está sendo assim agora. No sábado, ele revelou que o Tupi já alcançou metade dos pontos necessários para se manter no Módulo I [tem seis e precisa de 12]. Para conseguir uma vaga às semifinais, o técnico disse que será preciso marcar, pelo menos, mais 11 pontos.

“Uma margem de 17 a 18 pontos [Para lutar pela classificação]. Dezoito pontos são quase 60%. Mas a gente vai fazer passo a passo. Os atletas já estão sonhando com isso. Eu, não! Não sou pessimista, sou realista. Como foi destacado no início da entrevista, agora que começamos a achar uma cara para equipe, temos desfalques importantes. Isso pode causar um dano sem precedentes nesse jogo de Teófilo Otoni. Eles também estão lutando pela classificação e querendo permanecer na primeira divisão. É uma luta muito grande. Até a pressão da gente nesses dias subiu, porque é uma responsabilidade enorme que está sobre as nossas costas. Vamos ver se a gente consegue cuidar da saúde e também da equipe, para que ela continue se esforçando, continue se doando (…) No final, o time, em momento nenhum sucumbiu. Jogou com inteligência. Tocou a bola, esperou os momentos certos. Tivemos com o Cassiano uma chance em que poderíamos ampliar. Se faz aquele gol fecharíamos com chave de ouro. Os jogadores estão de parabéns. Eles fizeram um grande trabalho e a eles é dedicado o mérito dessa vitória”, disse Moacir. Os desfalques a que ele se referiu durante sua fala são o lateral direito Flavio e os meio-campistas Jaílton e Léo Salino. Eles receberam o terceiro cartão amarelo diante do Boa Esporte e cumprem suspensão automática contra o América-TO sábado, 17, às 16h, em Teófilo Otoni.

O treinador revelou também que alguns jogadores do Tupi têm evitado até sair na rua em razão da cobrança de alguns torcedores. “Essa reação mostrou que eles estão com vergonha na cara e estão querendo tirar o Galo desse momento.” Em relação às peças para substituir os três desfalques por suspensão, Moacir disse que o Tupi ainda necessita de contratar, no mínimo, mais três jogadores. “As contratações que já fizemos foram para equilibrar o elenco. Hoje, o Tupi tem quatro zagueiros, quatro ou cinco atacantes. Com certeza o Tupi vai contratar. Já falei isso com a diretoria e a gente está tentando ser parceiro. Mas, a carência é iminente. Todo mundo sabe que temos que contratar um lateral-esquerdo, um volante… Vamos trazer. Essa semana tem que chegar”, cobrou o técnico.

Moacir disse ainda que, agora, é importante começar a pontuar fora de casa. “Vamos tentar beliscar fora. Se conseguirmos um pontinho em Teófilo Otoni está maravilhoso. Se trouxer três, aí começa a querer pensar em algo dentro dessa competição difícil que é o Campeonato Mineiro”, revelou.

Texto: Thiago Stephan

Veja programação de treinos do Tupi para a “semana do América de Teófilo Otoni”:

Segunda-feira (dia 12)

9h – Reapresentação, com treino físico em Santa Terezinha

15h – Trabalhos de musculação, na Academia Higéia, com complemento: treino técnico em Santa Terezinha

Terça-feira (13)

9h – Treino técnico, em Santa Terezinha

16h – Treino físico, em Santa Terezinha

Quarta-feira (14)

16h – Treino técnico-tático, em Santa Terezinha

Quinta-feira (15)

8h – Embarque para Teófilo Otoni

Sexta-feira (16)

16h – Treino em Teófilo Otoni (local a definir)

Sábado (17)

16h – Jogo contra o América-TO, pelo Campeonato Mineiro, no Estádio Nassri Mattar, em Teófilo Otoni

 Texto programação: assessoria do Tupi

Deixe seu comentário