Tupi vence Uberaba por 2 a 1. Veja gols e melhores momentos

Juiz de Fora (MG), 25 de fevereiro de 2012

O Tupi venceu o Uberaba por 2 a 1 e conquistou sua primeira  vitória no Campeonato Mineiro, na tarde deste sábado, 25, diante de um pequeno público no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Clique aqui para ver em nosso canal de TV os gols e melhores momentos de Tupi 2×1 Uberaba.

A equipe fez um bom primeiro tempo, quando marcou os gols com Wesley, de cabeça, e Henrique, cobrando falta. As chances desperdiçadas, e lamentadas pelo “reestreante em casa” , custaram caro. O Uberaba descontou com um gol de pênalti, sofrido e convertido por Clodoaldo, e o carijó passou por alguns sustos até o apito final, mesmo tendo novamente chances de ampliar.

Foram os primeiros pontos e os primeiros gols do campeão brasileiro da Série D no Campeonato Mineiro.

Veja, abaixo, o relato dos principais lances durante a partida

 Primeiro tempo

Depois de pressionar o adversário desde a saída de jogo, assim que o jogo começou, o Tupi foi premiado, aos 9 minutos.

Após falta cobrada da intermediária, falta técnica que ocasionou cartão amarelo ao meia Bruno Moreno, Wesley Ladeira se antecipou à zaga e cabeceou para marcar Tupi 1 a 0.

Logo em seguida, Henrique chuta e a bola desvia na zaga: escanteio não aproveitado pelo ataque carijó.

A melhor chance do Uberaba surgiu aos 20. Falta cobrada por Thiago Marin no ângulo, grande defesa de Vctor Hugo.

Aos 31 minutos, falta “cavada” por Ademilson na intermediária, pela esquerda. Henrique cobrou e o goleiro ficou esperando alguém desviar. Nenhum jogador do Tupi encostou na bola, e o goleiro acabou sendo batido. Gol de Henrique.

Primeiro tempo encerrado: Tupi 2 a 0.

Segundo tempo

Na volta para o segundo tempo, Moacir Júnior lamentou o Tupi não ter “matado” o jogo.

Depois de boas arrancadas de Ademilson pela esquerda, mas sem exigir do goleiro, o castigo veio. Pênalti aos 11, Flávio do Tupi sobre Clodoaldo, do Uberaba. Cobrança aos 13. Clodoaldo diminui: Tupi 2 a 1.

Substituições: no Uberaba, entra Tiaguinho (17) e sai Marlon (7).

Aos 22 minutos, no Tupi, entra Evandro Paulista (18) e sai Michel Curi (10)

Aos 25, em contra-ataque de novo puxado por Ademilson, quatro do Tupi contra dois do Uberaba, Leo Salino chutou a bola em cima do goleiro, perdendo mais uma chance à la Deivid.

Aos 30, nova mudança no Tupi. Sai Leo Salino (8) e entra Michel (14), este voltando de cirurgia, faz seu primeiro jogo na temporada. Leo sai vaiado pela torcida. Michel é aplaudido.

Aos 32, Uberaba tira Davis (10) e lança Diego (18)

Aos 35, falta perigosa contra o Tupi e cartão amarelo para zagueiro Silvio.

Thiago Marin cobra falta por cima. Pouco antes, entrou Nerylon (13) e saiu Eder (4) no Uberaba.

Aos 39, falta sobre Michel, novamente Henrique cobra. Na cobrança, um “me chuta” danado até a defesa tirar o perigo.

Arbitragem de Renato Conceição irrita o torcedor. Aos 43, entra Jefferson no Tupi, camisa 17, sai Ademilson, 9. Ídolo, Adê é aplaudido pelo esforço em campo.

Árbitro sinaliza três minutos de acréscimo.

Desfalque

Vetado em teste de vestiário, o goleiro Rodrigo novamente desfalca o Tupi. Victor Hugo entra em se lugar. Nas laterais, a opção foi por Flávio, na direita, e Henrique, na esquerda. Voltando de cirurgia, Michel fica no banco de reservas.

Ficha técnica pré-jogo

Tupi x Uberaba com início às 17h valeu pela quarta rodada do Campeonato Mineiro.

Tupi:

1 Victor Hugo, 2 Flávio, 3 Wesley Ladeira, 4 Sílvio e 6 Henrique; 5 Jailton, 7 George, 8 Léo Salino e 10 Michel Cury; 11 Allan e 9 Ademilson. Treinador: Moacir Júnior .

Opções no banco:

12 Victor Hugo, 13 Fabrício Soares, 14 Michel, 15 Paulinho, 16 Cassiano, 17 Jefferson e 18 Evandro Paulista

Uberaba:

1 Fernando, 4 Eder, 6 Roberto Dias, 2 Alberto e 3 Gustavinho; 8 Gabriel Elói, 5 Bruno Moreno, 11 Thiago Marin e 10 Gabriel Davis; 7 Marlon e 9 Clodoaldo. Técnico: Nenê Belarmino

Opções no banco:

12 Alex, 13 Nerylon, 14 Toreti, 15 Carlão, 16 Guilherme, 17 Thiaguinho e 18 Diego Perão

Árbitro: Renato Cardoso Conceição, auxiliado por Celso Luiz da Silva e Pablo Almeida Costa (Federação Mineira de Futebol)

Ficha técnica pós-jogo

O Tupi jogou e venceu com Victor Hugo, Flávio, Wesley Ladeira, Sílvio e Henrique; Jailton, George, Leo Salino (Michel Benhami) e Michel Cury (Evandro Paulista); Ademilson (Jefferson) e Allan. Técnico: Moacir Júnior

O Uberaba atuou com Fernando, Éder, Alberto, Roberto Dias e Gustavinho; Bruno Moreno, Gabriel, Thiago Marin e Gabriel Davis; Marlon e Clodoaldo. Técnico Nenê Belarmino.

Árbitro: Renato Cardoso Conceição, auxiliado por Celso Luiz da Silva e Pablo Almeida Costa

Cartões amarelos: Jailton, Flávio, Silvio e George (Tupi), Bruno Moreno e Gabriel Elói (Uberaba)

Renda e público: R$ 17.552,50; 1.663 pagantes (total de pessoas presentes: 2.058)

  Valeu pelo primeiro tempo e pelos três pontos

O treinador Moacir Júnior, que manteve sua invencibilidade pelo Tupi no Estádio Mário Helênio, destacou o primeiro tempo do time, quando “poderia ter matado o jogo” pelas situações que foram criadas. Moacir disse que o momento de instabilidade depois do gol do Uberaba no segundo tempo foi típico de uma equipe que está em fase difícil na competição. “Mas o mais importante hoje foi conquistar os três pontos”.

O treinador ainda elogiou o comportamento do torcedor. “Ele tem todo o direito de se expressar quando vem ao estádio, só temos a agradecer e prometer mais trabalho. Já melhorou, mas ainda precisamos trabalhar muito, e ainda vamos tentar reforços junto à diretoria”, alertou.

Alguns torcedores hostilizaram Henrique na saída de campo. Ele não comemorou o gol e disse, em entrevista à Rádio Globo, que parte da torcida do Tupi é ingrata, não reconhece o trabalho que ele já apresentou pelo clube, campeão brasileiro da Série D. O capitão Ademilson disse, em seguida: “Vamos resolver tudo em conversas internas, o torcedor merece o nosso respeito, está sempre nos apoiando”, disse o capitão, aplaudido quando foi substituído. Leo Salino foi vaiado no momento da substituição. Ele já vinha sendo perseguido, e a situação piorou quando ele desperdiçou uma chance clara de gol, num contra-ataque de quatro carijós contra dois adversários.

 Informações e fotos: Toque de Bola e assessoria Tupi

[wpfootball id_league=5 id_template=2]

 

Deixe seu comentário