Sesi destaca participação de industriários na São Silvestre

Juiz de Fora (MG), 9 de janeiro de 2012

Apoiados pelo Sesi, os corredores Waldir José da Silva e Celma Lourenço integraram o grupo de juiz-foranos que disputou a 87ª Corrida Internacional de São Silvestre, realizada em 31 de dezembro. Após resultados de destaque na Categoria Industriários da 1ª Corrida do Sesi, realizada em 14 de novembro – Waldir foi o 1º e Celma chegou na 2ª colocação -, ambos garantiram o direito de viajar à São Paulo com todas as despesas pagas.

Além de completarem os 15 km da principal prova de rua do país, que neste ano foi marcada por forte chuva, eles voltaram para Juiz de Fora com bons resultados. Waldir obteve o melhor resultado entre os locais. Ele completou o percurso em 53m31s, tempo com o qual garantiu a 97ª colocação diante dos mais de 21 mil homens inscritos. Celma também fez bonito ao cruzar a linha de chegada em 1h25m, terminando em 341ª entre 3.700 mulheres. À frente dela, apenas outras duas juiz-foranas: Lilian Moreira (97ª) e Ivani dos Santos (129ª). Veja os resultados de juiz-foranos na São Silvestre 2011.

Já de volta à rotina de trabalho, Celma comentou a participação em São Paulo. “Foi muito bom. Fiquei em 341ª primeira entre cerca de 3.700 mulheres. Completei os 15 km com 1h25m. Fui a única de Juiz de Fora a largar no pelotão de elite. Achei excelente. Apesar da chuva, o público estava animado, apoiando bastante e aplaudindo. Não achei o percurso tão puxado quanto diziam. Voltei motivada a continuar treinando”, disse.

Esse sentimento demonstrado por Celma é justamente um dos principais objetivos do Sesi ao realizar a prova e apoiar corredores. A técnica de Lazer do Sesi, Kátia Bontempo, ficou satisfeita com os resultados dos dois atletas. Ela espera que ambos possam servir de exemplo a outras pessoas. “Essa foi a primeira vez que o Sesi em Juiz de Fora possibilitou a participação de industriários na São Silvestre. Achei excelente a participação deles, principalmente por ter sido a primeira vez em que eles tiveram o incentivo. Isso motiva atletas locais a treinarem mais durante o ano para participarem novamente da São Silvestre”, comentou Kátia, revelando que ainda não recebeu relatório com a participação de todos os industriários – foram mais de 100.

Quanto à 2ª Corrida do Sesi, Kátia ainda aguarda contatos do departamento nacional para confirmar a realização do evento.

Deixe seu comentário