Memória do esporte local é resgatada em projeto inédito

Juiz de Fora (MG), 21 de dezembro de 2011

Chega ao final, após dois anos de muito trabalho, o projeto Higienização, Organização e Digitalização do Acervo da Secretaria de Esporte e Lazer de Juiz de Fora (SEL). O projeto foi realizado entre outubro de 2009 e dezembro de 2011 pela UFJF, com o apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e gestão financeira da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe).

As etapas, como limpeza, organização e armazenamento digital dos arquivos, foram realizadas pelos estudantes da faculdade de História da UFJF, sob a coordenação do secretário de Esporte e Lazer, e professor da UFJF Renato Miranda, e a supervisão de Antônio Walter Sena Júnior (Toninho Buda), responsável pelo Laboratório de Avaliação Física da SEL (Selab) e também professor da UFJF.

Na Secretaria de Esporte e Lazer foi montada uma equipe de apoio ao projeto para recuperação da memória do esporte na cidade através de mais de 80 mil documentos digitalizados. O fato que motivou o início do projeto foi a localização de um quadro histórico feito por Geraldo Gerheim em 30 de maio de 1981 (foto), em homenagem à realização de um marco na História do Esporte da cidade, que foi a construção do Centro de Apoio ao Esporte Amador Professor Caetano Evangelista (Cesporte), inaugurado exatamente nesta data.

Entre muitas curiosidades e histórias de personagens e eventos da cidade, é possível destacar o livro “Retrospectiva do Futebol em Juiz de Fora”, que resgata 60 anos de glórias do futebol municipal, período que vai de 1918 a 1978. A publicação relata, ainda, a história dos times profissionais da cidade, como o Tupi, Tupynambás e Sport Club, além de trazer informações sobre o primeiro Campeonato Mineiro profissional, realizado em 1933. Publicado no final da década de 1970 pelo pesquisador Geraldo Gerheim, o livro é resultado de uma pesquisa do Departamento de Esportes da Secretaria de Educação no governo do então prefeito Mello Reis, quando ainda não existia uma secretaria de esportes (criada na atual administração).

 Texto e informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Esporte e Lazer

Deixe seu comentário