Flu vira o jogo com 3 gols em 8 minutos: para Abel, foi “épico”. Corinthians, Fla e Vasco perdem, São Paulo comemora

Volta Redonda (RJ), 4 de setembro de 2011

O Fluminense perdia o jogo, desperdiçara um pênalti e o Atlético Goianiense, 2 a 0 no placar, caminhava para a sexta vitória consecutiva no Brasileirão até os 37 minutos do segundo tempo. “Time sen vergonha”, protestavam torcedores no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, irritados ainda com Rafael He-Man, que havia chutado um pênalti no Irajá.

Aos 46 da etapa final, o coro da torcida era “time de guerreiros”. O placar mostrava Fluminense 3 a 2, gols de Rafael Sóbis (2) e Rafael Moura, agora herói. “Não jogamos bem, nem igual ao Atlético, mas a vitória em oito minutos foi epica”, definiu o treinador Abel, no vestiário.

Em Sete Lagoas, o Atlético Mineiro bateu o Avaí por 2 a 0, segunda vitória consecutiva do Galo. Em Florianópolis, o Figueirense perdeu por 2 a 1 para o São Paulo, destaque para um belíssimo gol de Rivaldo.

Os jogos abriram a 21ª rodada, segunda do returno do Brasileirão.

No domingo, 4, o Flamengo perdeu por 3 a 1 para o Bahia, no Engenhão, chegando a empatar o jogo com Renato Abreu. O Vasco fez pior. Juninho também chegou a empatar em 1 a 1, cobrando falta, mas o Coelho goleou por 4 a 1. O Coritiba venceu o Corinthians por 1 a 0. O Grêmio goleou o Atlético Paranaense por 4 a 0.

[wpfootball id_league=3 id_template=2]

Deixe seu comentário