Cortês, hoje na seleção, já defendeu o União de Piraúba

Juiz de Fora (MG), 29 de setembro de 2011

Bruno Cortês, um dos principais destaques na vitória da seleção brasileira sobre a Argentina por 2 a 0, nesta quarta-feira, 28, no chamado Superclássico das Américas, em Belém do Pará, já defendeu o União, de Piraúba, próximo a Juiz de Fora, na Zona da Mata, na Copa Panorama de Futebol Amador, em 2009.

Naquela oportunidade, a equipe de Piraúba chegou à decisão, sendo derrotada pelo Sport Club Juiz de Fora, no estádio José Procópio Teixeira. Segundo informações de desportistas locais, como Beto Vidal, Cortês atuava como cabeça-de-área. Ele já defendia o Quissamã (RJ), mas eventualmente reforçava o União. “Uma pessoa muito tranquila, humilde, com muitos amigos no futebol, tenho certeza que todos estão muito felizes com seu sucesso agora”, definiu Beto, que teve a oportunidade, à época,  de estar algumas vezes com o hoje famoso lateral-esquerdo da seleção brasileira – ao ser substituído contra a Argentina, o jogador do Botafogo teve o nome gritado pela torcida em Belém do Pará.

Na foto, enviada ao blog pela colaboradora Danny Vidal, além de Cortês, em destaque, há outros nomes conhecidos do futebol e do futsal local, como Wesley Ladeira, titular absoluto da zaga do Tupi na Série D, o também zagueiro Romualdo, que acaba de se transferir para o futsal da Tailândia, Wesley Pipico, que defendeu  o Bangu no Campeonato Carioca de 2011, e  o atacante Sorato (ex Vasco).

Em 2009, segundo informações do blog Zona da Mata, o grupo de jogadores do União de Piraúba contava ainda com Alan Faria (na época no Vila Nova – MG), Neném (Ubá), Batata (Piraúba), Acelino (Cabofriense – RJ), Wesley Pipico (Quissamã – RJ), Marcondes (Tupi – JF), Tikinho (Rio Branco), Tatá (Matias Barbosa), Alex (Piraúba), Marco Antônio (Piraúba), William (Piraúba), Braúlio (Piraúba),  Riquim (Piraúba) e Fabiano (Rio Branco).

 

Deixe seu comentário