A primeira convocação Borges não esquece

O matador Borges vive, certamente, um dos momentos de maior destaque da carreira. Perto de completar 31 anos (05/10), o artilheiro acaba de ser convocado pela primeira vez (Superclássico das Américas, contra a Argentina) para a Seleção Brasileira.

“Não tenho palavras para expressar minha felicidade”, essa foi a reação de Borges nos minutos após receber a notícia da convocação.

Com 18 gols – um deles abriu o caminho da vitória sobre o América-MG –, o atacante está no topo da tabela de artilheiros do Brasileirão. A marca foi alcançada em 21 jogos com a camisa do Peixe, o que lhe dá uma média de 0,85 tentos por partida.

O número é o quarto maior da história do clube e o melhor após a Era Pelé. No ranking da média de gols, Borges só está atrás de três grandes ídolos da história santista: Feitiço (1,43 gol por partida), Pelé (0,98) e Araken (0,92).

Neymar, Danilo e Rafael também foram chamados por Mano Menezes.

Texto: site oficial do Santos

 

 

Deixe seu comentário