Rivaldo evita a derrota: 2 a 2

São Paulo perdeu uma grande chance de assumir, mesmo que provisoriamente, a liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, no Morumbi, o Tricolor Paulista empatou com o Atlético-PR por 2 a 2 e ficou com 32 pontos.

Os gols da equipe foram marcados por Ilsinho e Rivaldo, este aos 44 do segundo tempo. Neste domingo, o São Paulo terá de torcer por tropeços dos rivais para não ver a distância para a liderança aumentar para quatro pontos.

 GOLAÇO DE ILSINHO

Com dores na coxa esquerda, Rhodolfo foi vetado diante do Atlético-PR. Com apenas João Filipe à disposição no elenco, Adilson Batista improvisou o garoto Zé Vitor na zaga tricolor. Mesmo com mais posse de bola, o Tricolor viu o rival abrir o placar no Morumbi.

Aos 20 minutos, Fransérgio subiu sozinho dentro da área são-paulina e cabeceou para o fundo da rede. Mas o São Paulo respondeu rapidamente. Ilsinho, que ficou com a vaga de Rivaldo, soltou um petardo de fora da área, aos 24, e deixou tudo igual.

O camisa 77 poderia ter ampliado aos 40, após receber bom passe de João Filipe. Na sequência do lance, Cícero teve boa oportunidade de cabeça. Um primeiro tempo que chances para ambas as equipes. Bom para a torcida, que compareceu em bom público no Morumbi.

 EMPATE NO MORUMBI

O São Paulo voltou do intervalo disposto a virar o jogo. Logo aos dois minutos, Lucas soltou a bomba e assustou o goleiro adversário. Mas aos dez, o volante Denilson sentiu dores musculares e teve de sair de campo. Jean foi o seu substituto.

O Tricolor seguiu pressionando o time paranaense. Aos 17, Cícero arriscou de longe, mas Renan Rocha defendeu com segurança. Um minuto depois, Lucas obrigou o goleiro rival fazer mais uma grande defesa. Aos 21, Adilson fez a segunda alteração na equipe.

Após pedidos da torcida, Rivaldo foi a campo na vaga de Ilsinho. Aos 31, o grito de gol ficou preso na garganta. Depois de boa troca de passe, Dagoberto acertou a trave. Mas foi o Atlético-PR, mais uma vez, que chegou ao gol. Edigar, aos 32. De tanto atacar, o Tricolor foi recompensado. Aos 44, Rivaldo deixou sua marca mais uma vez. E foi isso. Tudo igual no Morumbi.

Texto: site oficial do São Paulo

 

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário