São Paulo duas vezes no quase

Tudo conspirava a favor do São Paulo. A equipe vinha de duas vitórias no Campeonato Brasileiro e ainda contava com as estreias de Adilson Batista e Denilson, sem contar o retorno do meia Lucas. O gol logo no início marcado por Rhodolfo deu a sensação de que seria uma noite tranquila para a torcida.

Mas só pareceu. Mesmo com uma boa atuação na maior parte do jogo, o Tricolor Paulista ficou duas vezes na frente do placar, perdeu ótimas chances, mas cedeu o empate para Atlético-GO, neste sábado, no Morumbi, e ficou no 2 a 2, pelo Campeonato Brasileiro.

Foi o primeiro empate da equipe na competição. Com 22 pontos em 11 jogos, o São Paulo segue na vice-liderança do Brasileiro, mas pode ver o líder Corinthians se distanciar na ponta da tabela, caso o rival vença o Cruzeiro neste domingo.

GOL ANIMADOR

O técnico Adilson Batista entrou em campo com a escalação já esperada. O volante Denilson, outro estreante da noite, foi titular no meio de campo são-paulino. Desde o apito inicial, a torcida ficou com a sensação de que seria um jogo tranquilo para o São Paulo.

E de fato o começo foi. Aos oito minutos de partida, o atacante Dagoberto cruzou na cabeça de Rhodolfo, que não teve dificuldade para abrir o placar no Morumbi. Com mais posse de bola e controle do jogo, o Tricolor seguiu no ataque e Rogério Ceni era um mero espectador.

Dagoberto, por muito pouco, quase não ampliou o marcador. Mas o futebol é mesmo uma cixa de surpresa. E os são-paulinos foram surpreendidos aos 44 minutos, quando o Atlético-GO cobrou falta do meio de campo e Bida invadiu a área para deixar tudo igual no Morumbi.

FICOU NO EMPATE

No início do segundo tempo, uma alteração tática interessante. Lucas recuou para o meio de campo, enquanto Rivaldo foi ao ataque. E a mudança surtiu efeito. Aos oito minutos, Dagoberto, mais uma vez, cruzou na área e o camisa 10 cabeceou para o fundo da rede adversária.

O gol animou ainda mais o São Paulo. Primeiro Wellington, depois Dagoberto. A dupla quase ampliou o placar para delírio dos torcedores. Rivaldo, livre dentro da área, chutou muito alto e perdeu uma chance clara. E, aos 23, Anselmo pegou o Tricolor de surpresa mais uma vez e empatou o jogo.

Adilson, que já tinha colocado Rodrigo Caio na vaga de Denilson, também promoveu a entrada de Fernandinho no lugar de Carlinhos. Aos 31, Juan tabelou com Fernandinho e, sozinho na área, isolou. Minutos depois, Cícero entrou, Rivaldo saiu. Aos 47, Fernandinho fez linda jogada invidual e quase marca um golaço. E ficou nisso. Empate no Morumbi.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco tricolor está de folga neste domingo e voltará aos treinamentos na próxima segunda-feira, às 15h30, no CT da Barra Funda. Na quarta-feira, fora de casa, o Tricolor visitará o Coritiba. Para esta partida, Adilson Batista não tem problemas na escalação.

•Texto: site oficial do São Paulo

Deixe seu comentário