Apesar da derrota, Joel elogia o time

O técnico do Cruzeiro, Joel Santana, deixou bem claro que não gostou do resultado do jogo deste sábado, contra o São Paulo, no Morumbi, mas ressaltou o bom desempenho do time mineiro, especialmente na segunda etapa, quando partiu para cima do adversário.

“Claro que não estou satisfeito com o resultado, ninguém gosta de perder. Nós respeitamos muito o adversário, principalmente no primeiro tempo. No segundo, jogamos uma partida igual e time grande tem que ser assim. Partimos para cima do São Paulo. Eles esperaram o nosso erro, time experiente e, a partir dos nossos erros, fizeram os gols. Brasileiro é assim, não pode vacilar”, comentou o treinador, que lamentou o terceiro cartão recebido pelo zagueiro Gil, que o tira do jogo contra o Bahia, no próximo domingo, em Sete Lagoas.

“Chato isso. Nós temos carência de zagueiro, um na seleção (uruguaia, Victorino) e outro contundido (Léo). A arbitragem foi muito rigorosa em termos de cartões. Foi muito rigorosa com a gente. Isso vai irritando jogador, irritando todo mundo. Mas é isso mesmo, nós vamos ter uma semana de trabalho, para trabalhar bem, pensar bem para vencer o Bahia”.

Além do próximo jogo, contra o time baiano, Joel Santana destacou ainda a importância dos dois jogos seguintes, ambos fora de casa, diante de Corinthians e Atlético-GO.

“Vamos ver se a gente continua nessa batida de vitória e vencer o Bahia e depois vamos pegar dois jogos fora. São três jogos perigosíssimos, sendo três pontos em casa e seis fora”, finalizou o comandante cinco estrelas.

 Texto: site oficial do Cruzeiro

Deixe seu comentário